Saúde, alimentação, agricultura. Chegou o Nutriageing

No site do Projeto, para além dos vídeos, há receitas escritas, ideias para fazer jardins domésticos e jogos para aprender enquanto se distrai

Programa "Saúde & Alimentos"

O Nutriageing começou a ser “cozinhado” no Departamento de Química e Bioquímica (DQB) de Ciências, mas tal como anuncia o comunicado de imprensa emitido recentemente, rapidamente juntou outros departamentos e grupos de investigação de Ciências e de outros organismos, como o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge.

No portal do projetovídeos, receitas escritas, ideias para fazer jardins domésticos e jogos didáticos.

A implementação deste projeto foi possível graças ao apoio de dois projetos: o 7.º Programa Quadro da União Europeia, e o International Union of Pure and Applied Chemistry (IUPAC), dedicados à divulgação da importância dos ingredientes funcionais para uma vida saudável e um envelhecimento ativo.

O site é parte integrante do trabalho desenvolvido pelo consórcio, aprovado pela European Innovation Partnership on Active and Healthy Ageing, e que se dedica à prevenção do declínio funcional.

Amélia Pilar Rauter, professora do DQB Ciências e líder deste consórcio, não tem dúvidas quanto à utilidade do portal e dos conteúdos aí expostos. “Toda a informação, todas as conversas são baseadas em estudos. Tudo tem base científica e só é apresentado o que de mais recente há na literatura. A ideia do projeto é trazer a ciência até junto da população. Todos devem ficar com maior conhecimento e devem fazê-lo de uma forma simples e divertida”, diz.

Por exemplo, se quer ficar imune experimente cozinhar robalo marinado em sumo de lima e limão com fio de azeite, cubos de tomate sobre esmagado de brócolos e pimentão confitado.

É deste tipo de explicações e dicas nutricionais que se fala nos vídeos em que professores, investigadores e estudantes de Estatística, Geologia, Biologia e doutras áreas, se sentam à mesa para conversar com o chef Hélio Loureiro.

A investigação científica sobre os condimentos e alimentos cozinhados é da autoria de alunos e investigadores de Ciências. Já o site foi desenhado e desenvolvido pelo professor António Ferreira e pela investigadora Marta Sousa e Silva, também do DQB.

Há muito para descobrir no Nutriageing. Se ficou curioso, não perca mais tempo para se deliciar com o conhecimento sobre alimentação que aqui existe.

Boas refeições, boas descobertas!

“O projeto foi feito de raiz por uma equipa chave e é um produto da Faculdade.” ,  Amélia Pilar Rauter

 

Raquel Salgueira Póvoas, Área de Comunicação e Imagem
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro esto abertas inscries para a admisso de novos voluntrios.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avanados" com mais quatro instituies universitrias portuguesas e brasileiras.

Fotografia de alunos procuram informações junto a uma banca no átrio do C3

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estgios e Insero Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edio do curso realiza-se j em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas