ULisboa

Rumo à reciclagem de dióxido de carbono

Um grupo de investigadores da ULisboa está cada vez mais perto de conseguir criar um processo economicamente viável de reciclagem do dióxido de carbono responsável pelo efeito de estufa. ​Paulo N. Martinho, investigador de Ciências ULisboa, coordenou este trabalho, que dada a relevância dos resultados obtidos foi capa recentemente de uma das edições da conceituada revista Chemistry – A European Journal.

Rebecca Bell em Ciências ULisboa

Rebecca Bell, professora do Imperial College London, no Reino Unido, é a oradora da palestra do distinguished lecturer programme do European Consortium for Ocean Research Drilling (ECORD), coorganizada pelo Instituto Dom Luiz Ciências ULisboa. A especialista em Tectónica irá falar sobre um novo tipo de sismos, os chamados sismos lentos.

Mar de (bio)plásticos: como podem as bactérias marinhas salvar o dia?

Num mundo cada vez mais desperto para os perigos e consequências que a excessiva utilização de plásticos representa nas nossas vidas, deparamo-nos com a necessidade de produzir alternativas mais sustentáveis e de encontrar formas eficientes de as degradar. Uma das soluções mais viáveis poderá estar no oceano, em enzimas produzidas por bactérias marinhas. Nesta sessão irá descobrir por que razão podem estas enzimas ser consideradas uma alternativa na degradação de novos bioplásticos. Que bactérias as produzem? Onde as podemos encontrar?

Sessão de apresentação dos resultados do II Grande Inquérito sobre Sustentabilidade em Portugal

O II Grande Inquérito sobre Sustentabilidade promovido pela Missão Continente, com coordenação científica do ICS-ULisboa, procura compreender o envolvimento dos cidadãos com o desenvolvimento sustentável, nomeadamente no que respeita a atitudes e comportamentos, bem como identificar as ações com maior potencial de aceitação junto dos cidadãos.

O lado brilhante do Universo

O dia 29 de maio marcou o centenário das observações do eclipse solar total de 1919, em Sobral (Brasil), e na ilha do Príncipe (São Tomé e Príncipe), observações de que resultou a confirmação de uma das previsões da teoria da relatividade geral de Einstein.

Cem anos depois, a nossa visão do Universo é extraordinariamente mais vasta do que aquilo que era conhecido ao tempo de Einstein. O astrónomo americano Edwin Hubble mostrou entretanto que a nossa galáxia é apenas uma num oceano cósmico povoado por outras galáxias.

Páginas