Dictum et factum

Emília Real

Emília Real

ACI Ciências

O que fazem e o que pensam alguns membros da comunidade de Ciências? O Dictum et factum de novembro é com Emília Real, assistente técnica do Departamento Física (DF) de Ciências.

Quando era criança já sabia que profissão gostaria de ter no futuro?

Emília Real (EM) - Olá! Em criança queria ser tudo… Mas as profissões que me lembro mais de querer ser eram estilista e advogada.

Qual foi o 1.º emprego?

EM - O 1º emprego foi monitora de crianças, na altura das colónias de Verão, adorei, principalmente porque havia muitas crianças desfavorecidas por pertencerem a bairros problemáticos e aqueles dias eram um sonho…

Como surgiu a hipótese de trabalhar em Ciências?

EM - Eu trabalhava no Instituto Nacional de Engenharia e Tecnologia Industrial (INETI), no Laboratório das Atividades Aeroespaciais (LAER), que fica no campus do Lumiar. Entretanto com a mudança de ministério foi integrado na Faculdade, presentemente Laboratório de Ótica, Lasers e Sistemas (LOLS) que pertence ao DF e entretanto fui convidada a mudar-me fisicamente para cá.

Há quantos anos trabalha na Faculdade?

EM - Na Faculdade trabalho desde dia 2 de janeiro de 2010, há sete anos. Mas trabalho na função pública há 22 anos.

O que começou por fazer quando aqui chegou?

EM - Fui integrada no DF e foi um choque porque não sabia minimamente como funcionava uma Faculdade, vinha de um Laboratório de Estado, onde tudo é diferente, mas acho que me adaptei bem, comecei a trabalhar com os mestrados e doutoramentos do DF e também fazia o apoio financeiro dos mesmos. Aproveito para agradecer a muitas pessoas daqui que me apoiaram aquando da minha chegada, não preciso dizer quem são porque elas sabem… Não foi fácil.

E agora como é o seu dia-a-dia?

EM - O meu dia-a-dia nunca é igual, porque há sempre situações que surgem que podem ser mais urgentes e que lhes tenha que dar prioridade, mas para dar um bocadinho a conhecer o meu trabalho, além de apoiar os mestrados e doutoramentos do DF, contribuo para o suporte de todos os processos financeiros em que o DF está envolvido e dou auxílio à gestão financeira e contratações dos grupos/centros de investigação do Departamento, trabalhando assim diariamente com a Fundação da Faculdade.

O que é que mais gosta de fazer na unidade onde está inserida?

EM - Gosto de fazer tudo, não há nada em específico que eu diga que gosto mais ou menos, trabalho é trabalho e o que há para fazer faz-se! Gosto muito de lidar com os professores, alunos, colegas e ajudar em qualquer coisa que seja preciso. No que diz respeito aos docentes e investigadores gosto imenso de conversar com eles e conhecer o que cada um faz.

Há alguma coisa que não aprecia na sua rotina profissional?

EM - Não gosto de mau ambiente, pessoas mesquinhas, com má vontade para ajudar o próximo. Para mim, se houver harmonia é “meio caminho andado” para o trabalho correr bem, tudo se faz, com maior ou menor dificuldade.

Na sua opinião o melhor da Faculdade é…?

EM - Conhecimento, aprendizagem! É tão bom ver os miúdos entrarem no 1.º ano da faculdade (completamente eufóricos, a tentar absorver tudo e depois acompanhar, passo a passo, o percurso) e quando terminam e vêm aqui entregar a tese, ver a alegria estampada na cara!

E saber que um bocadinho de todos nós, desde os docentes até aos funcionários da limpeza, contribuímos para que cada aluno saia daqui com o coração cheio e pronto para enfrentar o mundo lá fora!

E o melhor da Administração Pública, o que é?

EM - Na minha opinião o melhor é a estabilidade.

Se tivesse que escolher um adjetivo para se descrever, qual seria a palavra escolhida?

EM - Brincalhona!

Porquê?

EM - Porque adoro rir e fazer rir, acho que a vida já é tão difícil e complicada nos tempos que correm que se não tiver uma pitadinha deste “condimento” não tem o mesmo sabor!!

Ana Subtil Simões, Área de Comunicação e Imagem de Ciências
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Conferência por Isabel Sacramento Grilo, Department of Geological Sciences SDSU, San Diego, California. EUA.

No âmbito do Ano Internacional de Estatística, a Sociedade Portuguesa de Estatística (SPE)  e o Centro de Estatística e Aplicações da Universidade de Lisboa (CEAUL)  promovem uma

Visitantes e colaboradores do Dia Aberto em Ciências comentam a iniciativa que em 2013 reuniu cerca de 1400 pessoas, entre alunos do básico e secundário e seus professores.

Inquéritos Pedagógicos. 2.º Semestre de 2012-13

Os Inquéritos Pedagógicos são uma ferramenta fundamental para a avaliação da qualidade do ensino na FCUL

Fangz, jogo criado por aluno da FCUL que conquistou a Apple

Alexandre Ribeiro, antigo aluno do Departamento de Informática da FCUL, é o primeiro português a conseguir destacar uma aplicação nacional na App Store dos EUA. Para além deste destaque, foi eleito jogo da semana no fórum da Touch Arcade, “o site de maior reputação no mundo dos jogos para plataformas móveis”.

Sessões de esclarecimento/apresentação

Secção Autonoma de História e Filosofia das Ciências da FCUL

A Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências - SAHFC

 

DESAFIO SOCIETAIS 1, 2 E 5: HEALTH, BIO-ECONOMY, CLIMATE ACTION

IV Jobshop

“Os alunos e os responsáveis pelos recursos humanos das empresas participantes poderão dialogar e assim trocar informações úteis acerca dos métodos, oportunidades e critérios de recrutamento utilizados”, informa o presidente da AEFCL, Eduardo Matos.

Logotipo Cost

A próxima reunião do Comité COST, área de Chemistry and Molecular Sciences and Technologies realiza-se em  setembro, em Lisboa. Durante esse acontecimento a organização local prevê estudar, juntamente com os atuais e os antigos delegados a ações COST, novas formas de incrementar a participação portuguesa no Horizonte 2020.

“A parceria que temos [com a FCUL] contribuiu em larga escala para o desenvolvimento da Science4you”, comenta Miguel Pina Martins, a propósito do sucesso da empresa que soma novos galardões: o “Business Internationalization Award” e os Prémios Novos, na categoria Empreendedorismo.

Instituto Dom Luiz – University of Lisbon and the Center of Geophysics of the University of Coimbra invite applications for one Post-Doctoral research position. The post-doctoral researcher will be integrated in project QuakeLoc‐PT.

Sessão de esclarecimento sobre os mestrados no GeoFCUL 2013/14

Sessão de esclarecimento sobre os mestrados em Geologia 2013/2014 do GeoFCUL

 

17 Maio (sexta-feira), 10h00-11h30, sala 6.2.47

 

Terá a presença dos coordenadores:

Rosto de Luísa Canto e Castro Loura

Conciliar e anonimizar as mais extensas bases de dados da Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência é uma tarefa com várias etapas, que se prevê estar finalizada no decorrer do quarto trimestre de 2013.

Aldeia mineira do Lousal

Até ao momento os Prémios GeoConservação já distinguiram a ação das autarquias de Idanha-a-Nova, Valongo, Cantanhede, Arouca, Porto, Alcanena, Rio Maior e das associações de municípios Natureza e Tejo e dos Açores.

Anfiteato 3.2.14

Durante a sessão comemorativa do 102.º aniversário da FCUL, alguns dos melhores alunos da FCUL sorriram e encantaram com os seus depoimentos, num trabalho multimédia apresentado durante o evento.

Cerca de 93 alunos, agrupados em equipas de três elementos, realizaram as provas teóricas e experimentais nas instalações da FCUL.

No âmbito da disciplina de Estatística Ciência e Sociedade, a Profª Dirce Monteiro do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Universidade Técnica de Lisboa, proferirá, no dia 23 de Abril (3ª feira) pelas 14:30, na sala 6.4.30,&n

Logotipo Dia da FCUl 2013

A FCUL foi criada no século XX, a 19 de abril de 1911, pouco mais de cem anos após o surgimento da primeira escola classificada como tal, a Universidade de Berlim, na Alemanha, em 1810. Em 2013 Ciências comemora 102 anos.

 

Manuel Nunes Marques

Manuel Nunes Marques, antigo diretor do Observatório Astronómico de Lisboa e professor aposentado do Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia da FCUL, faleceu durante a madrugada de 18 de abril. A missa de corpo presente realiza-se esta quinta-feira, pelas 19h00, na Igreja Nossa Senhora Conceição dos Olivais Sul, em Lisboa. O funeral realiza-se a 19 de abril, pelas 15h00, na Igreja de Santo António das Areias, no concelho de Marvão. Aos familiares, amigos e colegas, a FCUL apresenta as sinceras condolências.

património + educação = identidade

A Geometria na Politécnica, no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

Páginas