Crónicas em Ciências

Em busca de novos conhecimentos e soluções

30th International Carbohydrate Symposium: primeiro em Lisboa, entre 10 e 15 de julho online

Mesa com vários oradores no grande auditório da Faculdade

A sessão de abertura foi gravada na Faculdade*

Imagem cedida por APR
Guitarristas no grande auditório da Faculdade
Os guitarristas do Grupo “Três Bairros” Ricardo Gama e João Correia a tocar na sessão de abertura
Imagem cedida por APR

30th International Carbohydrate Symposium é um evento organizado pela International Carbohydrate Organisation (ICO), a qual reúne 33 países a nível mundial, nos quais se inclui Portugal. Tem início no próximo dia 10 de julho e será um evento online, que reúne especialistas de academias e empresas, investigadores e estudantes e cobre áreas de grande relevância para problemas societais em vários domínios que incluem a saúde, o ambiente e a energia. A sessão de abertura foi antecipada e presencial, tendo sido gravada em Ciências ULisboa, para ser apresentada internacionalmente no primeiro dia do simpósio.

A sessão de abertura teve um momento musical de guitarra portuguesa, por Ricardo Gama, e guitarra clássica, por João Correia, músicos que pertencem ao Grupo “Três Bairros”, e que enriqueceram a sessão com a cultura musical portuguesa.

Amélia Pilar Rauter e Yasuhiro Kajihar
Atribuição da placa de premiação do Roy L Whistler International Award in Carbohydrate Chemistry a Yasuhiro Kajihara por Amélia Pilar Rauter
Imagem cedida por APR

Durante esta sessão foram atribuídos dois prémios científicos de grande renome mundial. Yasuhiro Kajihara, da Universidade de Osaka no Japão, foi galardoado com o prémio “Roy L Whistler International Award in Carbohydrate Chemistry 2020”, pois não houve ICS2020 devido à pandemia COVID-19.

Este prémio é dado a um cientista reconhecido pelas suas contribuições de excelência no domínio da Química e/ou da Bioquímica dos Glúcidos, e que tenha a possibilidade de continuar a produzir contribuições que sejam significativas.

O prémio também tem um contributo financeiro. A lição plenária do premiado intitulada “N-Glycans on proteins” descreve o seu trabalho na área de oligossacáridos ligados a proteínas, a sua síntese e importância no enrolamento e dinâmica de proteínas.

Amélia Pilar Rauter e Daniel Kracher
Atribuição da placa de premiação do ICO Young Researcher Award a Daniel Kracher por Amélia Pilar Rauter
Imagem cedida por APR

O prémio “ICO Young Researcher Award” foi criado em 2014 sob proposta da representante portuguesa. Pretende incentivar os jovens investigadores e premiar o seu trabalho nas áreas da Glicoquímica e/ou Glicobiologia. Em 2020 foi atribuído  a Daniel Kracher, da Technische Universität Graz, na Áustria. A sua lição plenária intitula-se “Polysaccharide-degrading oxidoreductases” e versa a degradação de polissacáridos por oxidoreductases, enzimas que catalisam a transferência de eletrão de uma molécula dadora de eletrão para outra que é aceitadora de eletrão.

A parte social deste evento em Lisboa consistiu num jantar de confraternização no Estoril Palace Hotel, na véspera da gravação da sessão de abertura, que teve como convidados individualidades da academia e de empresas portuguesas bem como jovens investigadores e estudantes, e ainda jovens profissionais da cultura musical portuguesa.

e trio Marisa Mendonça, Silvia Marpuri e João Borges numa das suas atuações, após o jantar
Trio Marisa Mendonça, Silvia Mirpuri e João Borges numa das suas atuações, após o jantar de congraternozação
Imagem cedida por APR

Sob a direção do coreógrafo e bailarino João Borges, o trio constituído por ele, Silvia Mirpuri e Marisa Mendonça ofereceu ainda um magnífico espetáculo de dança e canto, que abrilhantou o jantar de confraternização, e sem dúvida demonstrou que “Há química na dança e arte na química!”.

No dia da gravação da sessão, o jantar foi no Chapitô, onde os convidados se deliciaram com a gastronomia típica portuguesa e com a magia e malabarismo, exemplos ilustres da dedicação de Portugal à cultura e educação circense.

A parte social foi pois concebida não só para demonstrar a importância da ligação da ciência à cultura artística, mas também para ser sentido um reconhecimento mútuo dos valores de ambas pelos seus players.

Várias pessoas posam para fotografia
Grupo de cientistas e estudantes que participaram no jantar no Chapitô
Imagem cedida por APR

Enquanto presidente da ICO aqui fica também um sincero agradecimento aos nossos sponsors, em particular à Sociedade Portuguesa de Química (SPQ), ao United States Advisory Committee for the International Carbohydrate Symposium, à Fundação Jacqueline Dias de Sousa, à Ordem dos Engenheiros Técnicos e à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Santarém.

O 30th International Carbohydrate Symposium, excecionalmente realizado online, cobre as áreas de síntese, glicobiologia, estrutura e análise de glúcidos, polímeros de glúcidos e ciência dos materiais, novos desenvolvimentos em glicociências, glúcidos em medicina e diagnose, glicoconjugados e vacinas, sendo apresentadas as invenções e descobertas mais recentes, muitas delas relevantes para a sociedade dos dias de hoje, com problemas graves de saúde pública (doenças incuráveis), ambiente e energia. As soluções estão em curso! Lanço pois o desafio de participarem neste evento, de 10 a 15 de julho, em busca de novos conhecimentos e novas soluções.

Vários momentos durante o jantar de confraternização
Jantar de confraternização no Hotel Estoril Palace
Imagens cedidas por APR

Nota de redação referente à legenda*

Composição da mesa: Maria Soledade Santos, vice-presidente do Departamento de Química e Bioquímica, Ciências ULisboa; Adelino Galvão, secretário-geral da SPQ; Pedro Almeida, subdiretor da Ciências ULisboa; Peter Andreana, secretário/tesoureiro da United States Advisory Committee for the International Carbohydrate Symposium, University of Toledo, USA; Amélia Pilar Rauter, presidente da ICO e coordenadora do Grupo dos Glúcidos do Centro de Química Estrutural (CQE), Ciências ULisboa; Zbigniew Witczak, presidente cessante da ICO, Wilkes University, USA;  Ivone Carvalho, presidente eleita da ICO, Universidade de S. Paulo, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto, Brasil; Celso Reis, coordenador do Grupo dos Glúcidos da SPQ, Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto; José Nuno Canongia Lopes, coordenador do CQE, Técnico ULisboa

Amélia Pilar Rauter, representante portuguesa e presidente da International Carbohydrate Organisation, coordenadora do Grupo dos Glúcidos do Centro de Química Estrutural, polo Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Bandeira de Marrocos

Atualmente a equipa prossegue com os trabalhos de correção de falhas e de afinação do CuCo de modo a dar apoio às sete faculdades marroquinas e a prepará-lo também para entrar em operação no DI-FCUL já no próximo ano letivo.

José Afonso

Chama-se galáxia IRAS 08572+3915 e é a mais luminosa do universo local. José Afonso é um dos membros da equipa de astrónomos internacionais, que anunciou recentemente a descoberta. O investigador da FCUL e dirigente do CAAUL é muito otimista quanto ao presente e futuro desta área científica.

Consulte informação adicional aqui.

Bill Fyfe foi um grande amigo de Portugal. Orientou ou coorientou vários doutoramentos de portugueses, acerca de temas relevantes para Portugal e fomentou as ligações científicas entre Portugal-Brasil-Canadá. Em 1990 a Universidade de Lisboa outorgou-lhe o grau de doutor honoris causa.

Uma das consequências do aumento da disponibilidade de fontes laser de maior potência, compactas e a baixo preço é o aumento da sua má utilização.

Circo Matemático

“O objetivo do Circo é mostrar que é possível utilizar resultados matemáticos para produzir resultados espetaculares e para divertir e motivar as pessoas”, explicou o professor da FCUL, Pedro Freitas.

Temos sido pioneiros de muito boas práticas no ensino superior. Uma excelente escola e nós, que cá estamos, sabemos isso. E os alunos também. Os que cá estão e os que já cá estiveram. Mas hoje não chega. Temos que saber responder aos desafios e temos que exportar as nossas mais-valias.

Inscrições 2013/2014

Atualmente estudam na FCUL mais de cinco mil alunos, a maioria conhece bem os cantos da casa centenária, outros nem tanto, por isso é especialmente importante o acolhimento dado durante o arranque do ano letivo, que o digam a Catarina, a Leonor e o Ricardo!

Joaquim Dias

Num planeta com mais de 7000 milhões de pessoas, vão ser necessárias quantidades enormes de alguns recursos naturais que começam a escassear. Chegará em breve a era da mineração submarina? Existe tecnologia adequada? Será possível a mineração em condições de preservar a diversidade natural dos ecossistemas marinhos?

Ana Bastos

Através de diversas atividades práticas vamos aprender qual o papel do sol na dinâmica da atmosfera e do oceano, qual a importância dos oceanos, das calotes polares e da vegetação, como se formam as nuvens e os sistemas meteorológicos, e como funciona o ciclo da água.

Foi a 26 de Outubro que se realizou a Maratona Inter-Universitária de Programação, 2013, (MIUP2013).

Uma das surpresas do Dia Internacional passa pela exposição do concurso de fotografia lançado recentemente e alusivo ao tema “Mobilidade Internacional”.

Maria Inês Cruz

Atualmente, para além do “básico” lápis de grafite com que todos ainda escrevemos, até o desenvolvimento dos carros híbridos está dependente da evolução e extração dos recursos da nossa “casa”.

Susana Custódio

Como é que são gerados os tremores de Terra? E os tsunamis? Como é que nós reconhecemos no terreno a existência de tsunamis antigos? Porque é que na Nazaré vemos ondas tão grandes? Todos estes fenómenos são o reflexo de um enorme dinamismo do nosso planeta.

SCOPUS é também uma ferramenta para estudos bibliométricos e avaliações de produção científica.

Na cobertura dos edifícios da Universidade de Lisboa foi recentemente instalada a maior central fotovoltaica da cidade de Lisboa. Para além da bela vista sobre o Jardim do Campo Grande, vamos poder apreciar os desafios e o potencial dos telhados urbanos para produção de eletricidade solar.

A empresa SISCOG – Sistemas Cognitivos, SA, procura candidato para integrar a sua equipa.

J. A. Quartau

Na verdade, considerando apenas as abelhas, se estas fossem recompensadas pelo seu trabalho na polinização dos pomares e de outras plantas cultivadas, teríamos que lhes pagar como fatura anual global pelo menos setenta mil milhões de euros, a que seria ainda necessário adicionar várias centenas de milhões pelos lucros adicionais com a produção de mel e de cera.

Livre acesso a trabalhos dos cientistas laureados com o Prémio Nobel 2013

Palmira Carvalho, Raquel Barata e David Felismino

O Jardim Botânico deve, mais do que nunca e no futuro, ser encarado como um espaço de coesão urbana, fundamental e complementar ao espaço edificado e à sua articulação com a envolvente, em termos ecológicos, estéticos, culturais, históricos, sociais e económicos.

As aulas de Projeto Empresarial começam em fevereiro de 2014. Enquanto o 2.º semestre não chega, a FCUL desafia os alunos a testarem ideias no passatempo do Tec Labs Centro de Inovação da FCUL e quem sabe participar na 2.ª edição do YA Bootcamp.

8 de Novembro no GeoFCUL. Campo Grande, Lisboa.

Torre meteorológica

Para comemorar o seu aniversário, o IDL organizou uma pequena exposição com o título “160 anos do IDL: 150 anos do Observatório” a decorrer até ao dia 22 de novembro, no hall do edifício C6 da FCUL.

Páginas