Saúde

6.º Encontro Anual do cE3c

O evento realiza-se online, via Zoom, nas tardes dos dias 1 e 2 de outubro de 2020.

A sessão de 2 de outubro será dedicada ao tema Approaching and Fighting COVID-19 e é aberta a todos os interessados mediante inscrição prévia.

A tarde de 1 de outubro será reservada aos investigadores do centro, que entre si vão apresentar e discutir os projetos mais recentes e explorar colaborações.

Avaliação do Risco Cardiovascular na Atividade Seguradora

Por Joana Fernandes (MULTICARE).

Hoje em dia, as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte e incapacidade em Portugal. Tal como acontece na maioria dos países desenvolvidos, em Portugal tem-se verificado um envelhecimento demográfico da população, como resultado do declínio da natalidade e do aumento da longevidade. Face a esta realidade, as seguradoras de saúde têm de ser capazes de adequar a sua oferta à evolução demográfica.

Estatística e Análise de Dados em Saúde

O curso pretende fornecer as ferramentas necessárias para que o investigador na área da saúde consiga desenvolver autonomia para o desenvolvimento de trabalhos de investigação científica utilizando a metodologia estatística apropriada.

Pretende-se que, no final do curso, o formando consiga aplicar técnicas de análise descritiva e inferencial, bem como identificar a metodologia estatística apropriada de acordo com diferentes desenhos experimentais e interpretar os resultados. O software a abordar é o SPSS.​

Estudantes da ULisboa premiados na SensUs Student Competition

Uma equipa de nove estudantes da ULisboa - LxUs -, supervisionados por Hugo Ferreira, professor do Departamento de Física e investigador do Instituto de Biofísica e Engenharia Biomédica da  Ciências ULisboa, ganhou o Translation Potential Runner-Up Award na 5.ª edição do SensUs Student Competition, 2.º lugar na categoria de potencial de translação, um prémio que valoriza a capacidade de criação de um modelo de negócio, viável e com qualidade.

“Ao fazer previsões para dois países - Holanda e Portugal - podemos aprender e testar a robustez do nosso modelo”

Ganna Rozhnova trabalha em modelação epidemiológica na UMC Utrecht, na Holanda. A antiga aluna de doutoramento em Física Estatística da Faculdade, continua a colaborar com o BioISI e é a investigadora principal de um projeto da FCiências.ID, financiado no âmbito do Apoio especial a projetos Research 4 COVID-19.

Amostragem aleatória

O mundo de hoje é completamente dominado pela necessidade imperiosa de saber recolher e analisar dados, escrevem os cientistas Tiago A. Marques e Soraia Pereira. Leia o artigo dedicado ao roteiro serológico nacional, uma iniciativa promovida pelo Instituto Gulbenkian de Ciência e que conta com a colaboração do Centro de Estatística e Aplicações da Universidade de Lisboa, da autoria destes investigadores.

Páginas