3.ª edição

Prémio de Doutoramento em Ecologia 2019

Teses premiadas nas três edições contaram com a orientação de professores de Ciências ULisboa e investigadores do cE3c

Prémio Doutoramento em Ecologia

O Prémio de Doutoramento em Ecologia visa valorizar o trabalho desenvolvido por recém-doutorados ao longo dos seus programas doutorais

unsplash - Franck V.

“Do ponto de vista biológico, nesta tese usámos dados de High Throughput Sequencing para tentar perceber até que ponto a seleção natural atua ao nível do genoma do sobreiro, bem como para caracterizar o seu fundo genético. Com estes dados exploramos também como poderá o sobreiro responder do ponto de vista adaptativo às alterações climáticas.”
Francisco Pina Martins

Francisco Pina Martins é doutorado em Biologia e Ecologia das Alterações Globais, um programa doutoral de Ciências ULisboa em associação com a Universidade de Aveiro, e foi orientado por Octávio Paulo, professor do DBA e investigador do polo de Ciências ULisboa do cE3c;  e Georgios Pappas Jr, professor da Universidade de Brasília, no Brasil.

Adrià López-Baucells doutorou-se em Biodiversidade, Genética e Evolução (BIODIV), um programa doutoral assegurado por Ciências ULisboa, pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, com a colaboração do cE3c, do Centro de Biodiversidade e Recursos Genéticos, do Instituto de Biologia Molecular e Celular e do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular. Jorge Palmeirim, professor do DBA e investigador do polo de Ciências ULisboa do cE3c e Christoph Meyer, colaborador do cE3c e investigador na Universidade de Salford, no Reino Unido, foram os seus orientadores.

Francisco Pina Martins, Adrià López-Baucells e Inês Gomes Teixeira são os vencedores do Prémio de Doutoramento em Ecologia 2019, organizado pela Sociedade Portuguesa de Ecologia (SPECO), com o apoio da Fundação Amadeu Dias.

Francisco Pina Martins, investigador do Departamento de Biologia Animal (DBA) de Ciências ULisboa e do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais (cE3c); Adrià López-Baucells, investigador do Museu de Ciências Naturais de Granollers, na Catalunha, e colaborador  do cE3c e Inês Gomes Teixeira, investigadora do Centro de Estudos Ambientais e Marinhos – CESAM, polo da Universidade de Aveiro, foram distinguidos com os 1.º, 2.º e 3.º lugares respetivamente, de acordo com notícias publicadas nos sites da SPECO e do cE3c.

Os premiados vão apresentar os seus trabalhos no 18.º Encontro Nacional de Ecologia, durante o 15.º Congresso Europeu de Ecologia, que terá lugar entre 29 de julho e 2 de agosto em Ciências ULisboa.

Os galardoados serão distinguidos com prémios monetários no valor de €3000, €2000 e €1500 atribuídos aos 1.º, 2.º e 3.º lugares, respetivamente, recebendo ainda um bónus de dois anos de quotas pagas enquanto membros da SPECO.

O Prémio de Doutoramento em Ecologia visa valorizar o trabalho desenvolvido por recém-doutorados ao longo dos seus programas doutorais. Na edição deste ano o júri recebeu nove candidaturas elegíveis, de doutorados com teses defendidas nas Universidades de Lisboa, Coimbra, Aveiro e Minho. Nas três edições do Prémio foram distinguidas teses de programas doutorais, que contaram com a orientação de professores de Ciências ULisboa e investigadores do cE3c.

“Para mim, este [Guia de Campo para os Morcegos da Amazónia] é um dos resultados mais importantes da minha tese de doutoramento. É um guia baseado em chaves de identificação previamente publicadas, modificadas com base em descrições das espécies na literatura, mas com bastante conteúdo baseado em observações pessoais. E inclui a primeira chave de identificação acústica de morcegos da Amazónia, com espectrogramas dos sons emitidos pela maior parte das espécies da região.”
Adrià López-Baucells

Imagens dos galardoados
Francisco Pina Martins, Adrià López-Baucells e Inês Gomes Teixeira, vencedores do Prémio de Doutoramento em Ecologia 2019
Fonte SPECO

 

ACI Ciências ULisboa com cE3c
info.ciencias@fc.ul.pt
Capa da Agenda FCUL 2012/2013

- Qual é coisa, qual é ela? É retangular e a cor varia normalmente todos os anos. Tem argolas e mais de 200 páginas. Pode-se usar todos os dias ou só em determinadas ocasiões. Sim, é fácil adivinhar! É a Agenda FCUL 2013/2014 e já “anda de mão em mão”…

Fórum Bolsas UL/FAD

“Numa época de crise e com falta de emprego, a solução por vezes é mais simples do que emigrar: criar o próprio emprego e gerar emprego. Este projeto "lançou-me" não só a nível académico (…) como profissional, estando neste momento a desenvolver uma empresa”, informou o antigo aluno do mestrado integrado em Engenharia Biomédica e Biofísica da FCUL, Ricardo Santos.

 Mestrados do DEIO 2013-14

“Com um simples azulejo” é uma iniciativa do Departamento de Matemática da FCUL dirigida a alunos do 1ºciclo e 2ºciclo do Ensino Básico e destinada a explorar transformações geométricas no plano.

Ana Margarida Fortes

A experiência profissional da cientista iniciou-se na casa que a formou, a FCUL, em 1999, enquanto doutoranda. Nessa altura, exercia funções de investigadora e supervisora de projetos de alunos de licenciatura. Atualmente, o percurso profissional, “continua dentro de casa”.

Trial do Journal of Visualized Experiments

Cacho de Touriga Nacional ainda no estado verde

“ (…) Pretendo fazer investigação aplicada, em particular na área da Biotecnologia Vegetal, que possa contribuir para a sociedade e para a economia do país”, refere a investigadora da FCUL que acaba de lançar um artigo na “Food Chemistry, Ana Margarida Fortes.

Isabel Fraga Alves

A Teoria dos Valores Extremos e a Inferência Estatística daí decorrente, têm vindo a invadir de forma transversal um largo espectro de áreas aplicadas e que vão desde ciências ambientais às financeiras, numa interface din&aci

Livros e giz

Um programa alicerçado na preocupação do axiomatizar, que valoriza o “formalismo pelo formalismo”, que rejeita a possibilidade de compreensão de conceitos e procedimentos, dificulta a tarefa do professor, para além de se distanciar das orientações dos programas do Reino Unido, de Singapura e dos EUA.

No seguimento da nomeação de Carlos Nieto de Castro como delegado nacional no Domínio da Química e Ciências Moleculares, em março deste ano, esta é a primeira reunião a ter lugar no campus da FCUL, em Lisboa.

FCUL desenvolve inquérito a antigos alunos

Conhecer o percurso académico e profissional dos alunos alumni é um dos interesses de Ciências. Para isso, a Faculdade desenvolveu um inquérito que permanece ativo no portal.

Em 2012, a Universidade de Lisboa, através do Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MUHNAC), participou pela primeira vez na Noite

A extraordinária comunhão entre a Geometria e a Arquitectura… volta a ser este o mote de mais um Diálogo na Exposição Formas & Fórmulas, patente no Museu de História Natural e da Ciência (MUHNAC).

Na manhã de 16 de Setembro a partir das 8h45 vai realizar-se a Sessão de Boas Vindas aos novos alunos do Departamento de Informática.

Técnicas Geoquímicas aplicadas à Exploração de Petróleo e a Problemas Ambientais

Cooperação FCUL/Univ. Federal do Rio de Janeiro. Convite à participação!

Curso de verão a realizar de 16 a 27 de Setembro de 2013 das 17H00 às 20H00.

Convénio de Cooperação Académica entre o Instituto de Geociências da USP e o GeoFCUL.

Na sexta-feira, a Direção-Geral do Ensino Superior do Ministério da Educação e Ciência anunciava que, este ano, concorreram à 1.ª Fase do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior Público 40419 estudantes, sendo que 37415 alunos foram admitidos.

Ivette Gomes

 A sessão especial proferida por Ivette Gomes ocorre no último dia do evento, a 11 de setembro e intitula-se “Penultimate Approximations: Past, Present . . . and Future?”.

Estão abertas inscrições para as seguintes acções de formação:

Conferência no GeoFCUL: Induced passive margin reactivation in the Gulf of Cadiz

Conferência no dia 9 de Setembro

Regina Bispo, professora do Departamento de Estatística e Investigação Operacional (DEIO) da FCUL integrou a equipa vencedora, composta também por Elisa Duarte e cuja coordenação esteve a cargo de Bruno Cecílio de Sousa e Dulce Gomes, ambos ex-alunos daquele Departamento.

A Exigo pretende recrutar candidatos com Licenciatura ou grau académico superior nas áreas de matemática ou informática, com experiência prévia em consultoria e/ou na indústria.

Imagem de uma criança

– Mas do que é que tu gostas, Ana Isabel!? Tirando o bife, o frango e as batatas fritas, de que é que tu gostas, rapariga? Não comes feijão porque enfarta e com o grão é a mesma desculpa.

O primeiro grupo do exame de Química deste ano incluiu um excerto do livro “Química 12.º ano”, editado em 2001 e da autoria de Alda Pereira e de Maria Filomena Camões.

Páginas