Biodiversidade

Diversidade das Plantas: uma abordagem Taxonómica e Evolutiva

Curso livre, a decorrer de 18 a 22 de junho, organizado ao abrigo do protocolo de colaboração entre a Academia das Ciências de Lisboa e a Universidade de Lisboa.

Tem como objetivo oferecer uma panorâmica atualizada sobre a diversidade das plantas privilegiando uma abordagem no âmbito da Sistemática Molecular, área do conhecimento biológico dedicada ao estudo da biodiversidade integrando dados de Taxonomia e de Biologia Evolutiva.

Esta sessão decorreu no dia 17 de maio de 2018, no Caleidoscópio e teve como orador Patrícia Tiago, dourorada em Biologia pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e membro fundador do projeto BioDiversity4All e da Associação Europeia de Ciência Cidadã.

Ciência Cidadã: O que posso eu fazer pela Biodiversidade?

Durante uma hora vamos conversar sobre ciência cidadã e descobrir como podem os cidadãos colaborar com o trabalho científico. Ficaremos a conhecer o projeto BioDiversity4All, que está online desde 2010. Este projeto foi pioneiro na área da ciência cidadã em Portugal e procura envolver todos os cidadãos no conhecimento e registo da biodiversidade nacional.

O que é a biodiversidade?

Reflexões a partir dos livros “Filosofia da Biodiversidade” (Colibri) e “Biodiversidade. O que é e porque é importante” (Gradiva), apresentados por:

Helena Freitas, UNESCO Chair in Biodiversity and Sustainable Development, UCoimbra

Maria José Varandas, Sociedade de Ética Ambiental, Lisboa

Iniciativa realizada no âmbito do Projeto FCT [PTDC/IVC-HFC/1817/2014], intitulado “BIODECON - Que definição de biodiversidade para a conservação da biodiversidade?” da responsabilidade da Professora Doutora Elena Casetta.

 

Biodiversity and Wind Farms in Portugal

Esta apresentação contará com a participação de diversos oradores convidados, especialistas nesta matéria.

Um dos capítulos conta com a participação de Francisco Petrucci-Fonseca, docente da FCUL e presidente do Grupo Lobo e intitula-se "The Indirect Impacts of Wind Farms on Terrestrial Mammals: Insights from the Disturbance and Exclusion Effects on Wolves (Canis lupus)".

“A ciência em Portugal pode ser mais diversa”

Uma das melhores decisões de Ricardo Rocha foi estudar Biologia em Ciências. Aqui fez amigos e aprendeu. Na entrevista que se segue fica a conhecer o antigo aluno de Ciências, membro do cE3c e investigador pós-doutorado da Universidade de Cambrigde, galardoado com o 1.º lugar do Prémio de Doutoramento em Ecologia - Fundação Amadeu Dias, lançado este ano pela primeira vez pela Sociedade Portuguesa de Ecologia.

Da Taxonomia ao Conhecimento da Biodiversidade

Estes cursos breves, dirigidos aos alunos de licenciatura (e mestrado) em Biologia da FCUL, têm como objetivo complementar o seu plano curricular e a oferta já existente para este público-alvo, e decorrem sobretudo aos fins de semana e feriados para evitar sobreposição com compromissos académicos de alunos e docentes.

Os custos de inscrição foram mantidos tão baixos quanto possível para que este fator não represente uma barreira para os estudantes.

Páginas