Do incêndio da Politécnica aos C´s

Sexta-feira, 17 de março de 1978

Papel ardido

Fiquei sem chão, chegada à FCUL (o que na altura me levava duas horas) um caos, uma desolação, um frio daqueles próprios do medo e do desgosto, gelou-me! Nada restava do pavilhão que ocupava o local do jardim de inverno. Apenas carvão!

Rui Santos, aluno do 3.º ano de Biologia, ano letivo 1977/1978
Rosto de Maria de Lurdes Duarte
Maria de Lurdes Duarte

Saí da FCUL ao fim da tarde rumo ao meu fim de semana. Para trás ficou um edifício imponente a fervilhar de vida, e ao mesmo tempo já a minha casa! A casa que nos ampara, nos ensina e, a mim, permitia uma entrada num mundo tão fortemente diferente do vivido por mim noutro lugar.

Naquela época não tinha televisão e como (até hoje) gosto pouco de rádio, não vi ou ouvi qualquer notícia. Gostava de comprar jornais, mas naquele fim de semana não comprei! No domingo já de noite, um amigo disse-me: então? a tua Faculdade ardeu? Respondi convicta, ser impossível! E lembrei-me que fora do seu lugar estavam dezenas de livros antigos, que uma colega andava a catalogar…fiquei inquieta e na segunda-feira, cedo, assim que passei pelos primeiros jornais lá estavam em grandes letras pretas relatos da tragédia. Fiquei sem chão, chegada à FCUL (o que na altura me levava duas horas) um caos, uma desolação, um frio daqueles próprios do medo e do desgosto, gelou-me! Nada restava do pavilhão que ocupava o local do jardim de inverno. Apenas carvão! As lágrimas não me deixavam ver.

Todo o acervo bibliográfico atirado para uma sala de aula (graças às funcionárias Angelina Miguel e Ana Miranda, que morando em Lisboa acudiram ali para ajudar). Tudo aberto, desventrado, devassado, tetos furados para evitar que abatessem e consequentemente a encharcar as salas de baixo. O anfiteatro da Matemática destruído. A Mineralogia, o Instituto D. Luís, parte da Zoologia, etc. tinham desaparecido, apenas paredes a quem o fogo tinha comido todo o seu revestimento. Por entre o carvão, investigadores da Zoologia procuravam restos de animais que conservavam em frascos para os seus trabalhos.

Mas como já na altura sabia, nada pode parar, e o objetivo de pôr a biblioteca e a secretaria a funcionar nas duas únicas salas de aula que restaram ilesas foi conseguido após algumas semanas de trabalho árduo e a ajuda de um pequeno grupo de alunos (lembro-me particularmente de um que se chamava Sérgio).

Permanecemos na Rua da Escola Politécnica até março de 1979, quando finalmente transferimos estes serviços para as instalações da Av. 24 de Julho, onde já decorriam as aulas.

Até hoje há uma emoção, um relembrar dos meus primeiros anos de trabalho na FCUL, sempre que por qualquer motivo passo por aquele edifício, do qual fui afastada abruptamente por tão imensa tragédia.

Maria de Lurdes Duarte, funcionária da Secção de Matemática Pura
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

O que faz o profissional que passa os seus dias no laboratrio? E quem se dedica a resolver equaes ou a estudar animais e plantas? Cinquenta alunos da associao EPIS descobriram as respostas a estas e a outras questes.

Servidor da FCUL

O projeto de reestruturao do Centro de Dados da FCUL, iniciado em junho, dever estar concludo no prximo ms de setembro.

Duas pessoas fazem uma experiência no laboratório

A Faculdade de Cincias abre as portas dos seus laboratrios a 50 jovens, vindos de diferentes pontos do Pas, para mais uma edio da “Rota das Vocaes de Futuro” da EPIS.

Apesar de ser uma das áreas mais recentes da FCUL, atualmente é uma vertente da ciência portuguesa em franca expansão.

“Um trabalho que reflita sobre o passado de uma instituição, ou o passado da ciência em Lisboa ou em Portugal, é sempre algo de muito importante para repensarmos o nosso trajeto”. A afirmação feita pela historiadora das ciências, Ana Simões, a propósito de um dos muitos projetos em curso é reveladora da importância, que a preservação do património científico tem na sua vida.

Kostas Gavroglu e Ana Simões assinam o primeiro livro “Neither Physics nor Chemistry: A History of Quantum Chemistry” sobre a emergência da disciplina Química Quântica, o pretexto ideal para conversar com a autora portuguesa.

O Grupo Azevedos oferece estágio profissional remunerado a recém licenciado na área da Estatística ou Matemática. Os interessados devem enviar a candidatura para

A edição deste ano d´O Botânico, uma revista propriedade da Associação Íbero-Macaronésica de Jardins Botânicos já se encontra online.

O Centro de Informática migrou todo o sítio antigo para o novo Portal da FCUL.

O Centro de Informática colocou em produção, durante a ultima semana de Maio, um equipamento de rede central na arquitectura de comunicações da FCUL.

Na Licenciatura em Matemática (LM) da FCUL, o leque de opções do 3º ano da LM foi alargado e passou a incluir as seguintes disciplinas, que estarão já disponíveis no ano lectivo de 2012/13:

Em exibio no:

MUSEU NACIONAL DE HISTRIA NATURAL E DA CINCIA

1 de Junho de 2012 a 28 de Abril de 2013

Os cadernos e ascomisses eleitorais esto publicitados no portal da FCUL, assim como o Despacho D/101/2012, que integra o calendrio de eleies.

A eleição do Presidente do Departamento de Física  terá lugar de 3 a 5 de Julho de 2012

Comissão Eleitoral

Informações úteis:

Constituição da Comissão Eleitoral

A festa dos finalistas de Geologia juntou familiares, amigos, colegas e professores.

Conforme o despacho D/101/2012,  as eleições para a Presidência do Departamento de Informática, irão decorrer entre 3 e 5 de Julho de 2012 na secretaria do departamento.

 

Estão abertas as inscrições para o ‘Mestrado em Matemática para Professores’ (1ª fase de candidaturas até dia 15 de Junho)

 

No âmbito do nº 3 do artigo 9º do Regulamento Eleitoral, e de acordo com o calendário de eleições para Presidentes dos Departamentos, já se encontra disponível o 

A Eleio do Presidente do Departamento de Biologia Animal ter lugar de 3 a 5 de Julho de 2012 na Secretaria do Departamento

A inscrição nos exames dos dias 4 e 5 de junho podem ser excecionalmente realizadas até às 23h59m de 1 de junho.

Aeleio do Presidente do DBV ter lugar de 3 a 5 de Julho de 2012

Matéria escura

Um grupo de 19 cientistas, 14 deles investigadores do Centro de Fsica Nuclear da UL e do Instituto Tecnolgico e Nuclear da UTL, publicaramrecentemente novos resultados que contrariam as alegadas descobertas sobre a matria escura.

Páginas