Incêndio

Em 2018, a Direção de Ciências assinala o 40.º aniversário do incêndio da Escola Politécnica, ocorrido na madrugada do dia 18 de março de 1978. A exposição está patente no átrio do C6.

E agora?

Agora era diferente. No fim da Ferreira Borges surgia sempre a mesma dúvida que me tolhia o passo: onde são as aulas hoje? E eu, traído pela minha própria desorganização, fazia todos os dias o mesmo esforço para encontrar uma qualquer lógica que me ajudasse a decidir para onde ir naquele dia. Politécnica? 24 de Julho? É claro que ter um horário comigo ajudaria...

Na madrugada do dia 18 de março de 1978 registou-se um incêndio de grandes proporções na Faculdade de Ciências, na altura situada na Rua da Escola Politécnica. Foi considerado um dos maiores incêndios ocorridos na cidade de Lisboa, pela extensão, pela importância dos bens consumidos pelo fogo e pela perigosidade dos materiais armazenados. O incêndio, que faz parte da memória coletiva da instituição, teve um forte impacto no dia-a-dia de docentes, não-docentes e alunos. Em 2018, a Direção de Ciências assinala o 40.º aniversário do incêndio.

Incêndio em Ciências: 40 anos depois

Na madrugada do dia 18 de março de 1978 registou-se um incêndio de grandes proporções na Faculdade de Ciências, na altura situada na Rua da Escola Politécnica. Foi considerado um dos maiores incêndios ocorridos na cidade de Lisboa, pela extensão, pela importância dos bens consumidos pelo fogo e pela perigosidade dos materiais armazenados. O incêndio, que faz parte da memória coletiva da instituição, teve um forte impacto no dia-a-dia de docentes, não-docentes e alunos. Em 2018, a Direção de Ciências assinala o 40.º aniversário do incêndio.

Páginas