Hortas de Lisboa, Almada Negreiros e o Mosteiro da Batalha distinguidos pela APOM

Abstrato dourado

A 26.ª edição dos Prémios APOM galardoou “Hortas de Lisboa. Da Idade Média ao século XXI” e “Almada Negreiros e o Mosteiro da Batalha – quinze pinturas primitivas num retábulo imaginado”

Storyblocks

A 26.ª edição dos Prémios da Associação Portuguesa de Museologia (APOM) galardoou “Hortas de Lisboa. Da Idade Média ao século XXI” com o Prémio Exposição Temporária e “Almada Negreiros e o Mosteiro da Batalha – quinze pinturas primitivas num retábulo imaginado” com uma Menção Honrosa do Prémio Investigação.

“Hortas de Lisboa. Da Idade Média ao século XXI” foi produzida pelo Museu de Lisboa em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa. Ana Duarte Rodrigues, professora do Departamento de História e Filosofia das Ciências (DHFC) e coordenadora do Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia (CIUHCT), foi a consultora científica da mostra, tendo realizado os textos para o catálogo da exposição e que incluiu dois núcleos inspirados no livro Horticultura para Todos (BNP, 2017). A exposição contou ainda com a colaboração de vários investigadores do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais e guardiões da HortaFCUL.

 

 

A exposição “Almada Negreiros e o Mosteiro da Batalha – quinze pinturas primitivas num retábulo imaginado” - inaugurada a 20 de dezembro de 2020 - foi, entretanto, prolongada até março de 2022. A exposição é organizada pelo Mosteiro da Batalha e pela Direção-Geral do Património Cultural ecomissariada por Simão Palmeirim. No âmbito da exposição foi lançado ainda um livro “Almada Negreiros e o Mosteiro da Batalha – quinze pinturas primitivas num retábulo imaginado”, da autoria de Simão Palmeirim e Pedro Freitas, professor do DHFC e investigador do CIUHCT, que comissariou juntamente com Simão Palmeirim uma outra exposição “Almada Negreiros e os Painéis", patente ao público no Museu Nacional de Arte Antiga. A este propósito vale a pena recordar a crónica “Abstracionismo geométrico”.

Lisboa Romana | Felicitas Iulia Olisipo  também foi distinguida com os Prémios APOM 2021.

GJ Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Mestrados DBA 2013-2014

Investigadores do projeto “Climate Change Iniciative – Ocean Colour”

A equipa do projeto “Climate Change Iniciative – Ocean Colour” esteve reunida na FCUL, nos dias 21 e 22 de maio. Os investigadores avaliaram as ações em curso e discutiram alguns assuntos com a comunidade de end-users.

Jorge Manuel Ribeiro Rezende galardoado com o prémio “Abordagem Inovadora”

Intervenção na cerimónia de entrega dos Prémios 'SOS Azulejo' 2012:

Sessões dias 24 e 25 de junho 2013

"Gás de Xisto"?! Sim? Não? Porquê? Como? Onde?

Cerimónia de escritura do Instituto do Petróleo e do Gás

A transferência de conhecimento e tecnologia para a sociedade faz-se mediante o reforço das relações entre as comunidades científica e empresarial. Para J. M. Pinto Paixão, diretor da FCUL, esta é a oportunidade ideal para constituir parcerias suportadas no conhecimento e no exercício de uma cidadania plena.

Acções de Formação em Geologia na FCUL / 2013

Departamento de Geologia da FCUL

Informações sobre o procedimentos de escolha de ramo na Licenciatura em Geologia, 2013-14, do Departamento de Geologia da FCUL.

Alunos de Estatística Aplicada da FCUL

Atualmente, o uso e a aplicação da estatística têm a sua razão de ser não apenas na legitimação da indução, mas também na possibilidade de incorporar a incerteza nas suas conclusões: outro testemunho da sua proximidade ao real.

 

O Departamento de Informática (DI), da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), convida as empresas e instituições para o estabelecimento de Parcerias e a submeter propostas de trabalhos na área de Engenharia Informática e da Seguranç

Sessão de esclarecimento dia 31 de maio 2013, 11h, anfiteatro 2.4.16

Colocação por unidade curricular- informação atualizada

 

Conhece as reais causas das expulsões de 1947? Como eram as relações da Faculdade de Ciências com o Instituto Superior Técnico? Uma das últimas edições da FCUL procura responder a estas e a outras questões.

Alexandre Ribeiro, criador do jogo Fangz destacado recentemente na App Store dos EUA, voltou àquela que foi a sua instituição de ensino superior, a FCUL, para partilhar experiências, curiosidades e dificuldades vivenciadas ao longo da conceção do jogo, aproveitando para responder às dúvidas dos interessados.

Conferência por Isabel Sacramento Grilo, Department of Geological Sciences SDSU, San Diego, California. EUA.

No âmbito do Ano Internacional de Estatística, a Sociedade Portuguesa de Estatística (SPE)  e o Centro de Estatística e Aplicações da Universidade de Lisboa (CEAUL)  promovem uma

Visitantes e colaboradores do Dia Aberto em Ciências comentam a iniciativa que em 2013 reuniu cerca de 1400 pessoas, entre alunos do básico e secundário e seus professores.

Inquéritos Pedagógicos. 2.º Semestre de 2012-13

Os Inquéritos Pedagógicos são uma ferramenta fundamental para a avaliação da qualidade do ensino na FCUL

Fangz, jogo criado por aluno da FCUL que conquistou a Apple

Alexandre Ribeiro, antigo aluno do Departamento de Informática da FCUL, é o primeiro português a conseguir destacar uma aplicação nacional na App Store dos EUA. Para além deste destaque, foi eleito jogo da semana no fórum da Touch Arcade, “o site de maior reputação no mundo dos jogos para plataformas móveis”.

Sessões de esclarecimento/apresentação

Secção Autonoma de História e Filosofia das Ciências da FCUL

A Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências - SAHFC

 

DESAFIO SOCIETAIS 1, 2 E 5: HEALTH, BIO-ECONOMY, CLIMATE ACTION

Páginas