HortaFCUL

Internally, we developed as an informal project that self organizes in a non-hierarchical way in an academic context. The results were great so far, much of it due to the innovative way we organise ourselves (so far voluntarily) and using decision-making processes based on sociocracy.

We invite you to look at Nature. Find those secret corners, pieces that were left over, the apparently abandoned spots of a garden (yours or nearby). You may be surprised by finding a web of interactions. If you look at natural systems, you rarely find plants growing in evenly spaced out straight lines – instead, polycultures are Nature’s way of cultivating. Moreover, besides plants, there is an intricated web of life and relationships between them, animals (especially insects) and fungi. In all these relations, there is competition, parasitism, and symbiosis.

Let us take you on a trip where we introduce our permaculture garden in the Faculty of Sciences of the University of Lisbon.

Video by Earth Collectiv ● Vasco Pissarra 

Levar a permacultura para casa

Um grupo de guardiões da HortaFCUL realizou várias oficinas intituladas “Permacultura de Levar para Casa” no Centro Cultural de Belém, integradas na exposição “Agricultura e Arquitetura: Do Lado do Campo”. Durante a exibição da exposição, realizaram-se 24 oficinas, abrangendo um total de 500 alunos de diversas idades, desde a pré-primária ao 9º ano de escolaridade (dos 4 aos 14 anos).

Um estágio na HortaFCUL

“O meu estágio foi muito desafiante”, conta Marissa Verhoeven, estudante de Biologia Aplicada na Holanda, após a experiência no projeto de permacultura experimental da HortaFCUL. Na crónica sobre esta experiência partilha os resultados da sua investigação sobre a produção e o uso do vermicomposto, bem como um livro infantil sobre a importância das abelhas.

Exibição de documentário sobre Permacultura

Um documentário que retrata a experiência de um PDC, um Curso Certificado de Design em Permacultura. 10 dias de trabalho de regeneração do solo interno e externo, com os guias Tierra Martinez da Argentina e Beatriz Ramirez do México, do Instituto de Permacultura Naluum. Rita Pimenta expressa com esta sequência um pouco do que sentiu nestes dias, sendo também uma participante da viagem que aconteceu no projeto familiar Paraíso Tipu Tipu.

Páginas