Entrevista com Ana Nunes e Ana Simões

Lições de Professores Cientistas

relógios

"É preciso dar mais visibilidade a estas Lições para que, mais do que reações, elas promovam novas ações, isto é, novas propostas de publicação de outras Lições", defendem Ana Nunes e Ana Simões

Unsplash - Alex Guillaume

As professoras Ana Nunes e Ana Simões apresentam em entrevista os objetivos do repositório digital de cursos e apontamentos de antigos professores da Ciências ULisboa, nomeadamente João Andrade e Silva, Noémio Macias Marques, José Vassalo Pereira, António Almeida Costa e José Sebastião e Silva.

Porque é que decidiram disponibilizar ao público este repositório digital de cursos e apontamentos de antigos professores da Faculdade?

AN e AS - Este projeto surgiu da confluência de várias ideias e acontecimentos. Entre estes, destacamos o recente desaparecimento de vários professores que nos marcaram, e a constatação de que, passadas décadas sobre as suas últimas aulas, muitos colegas os identificam também como referência da sua experiência como alunos da Faculdade.

Entre as primeiras, a ideia de reforçar a identidade e a cultura de partilha na Ciências ULisboa. Uma escola é sempre um projeto de longo termo, e um processo cumulativo, de passagem de testemunho. No entanto, e com a honrosa exceção do Departamento de Matemática, não existe na Ciências ULisboa uma cultura de divulgação dos materiais pedagógicos que vão sendo produzidos.

Pareceu-nos particularmente oportuno lançar este projeto na altura da comemoração do 110.º aniversário da Faculdade. Quando a FCUL comemorou os seus 90.º e 100.º aniversários foram publicadas as Memórias de Professores Cientistas e as Novas Memórias de Professores Cientistas. Não queríamos deixar de assinalar esta data tão importante e de a relacionar com o perfil comemorativo das duas últimas décadas. Daí que chamássemos a este projeto Lições de Professores Cientistas. Esperamos que as Lições possam ainda ser complementadas com um volume comemorativo do 110.º aniversário assinalando-se as especificidades das experiências que todos os membros da Ciências ULisboa (docentes, investigadores, alunos e pessoal não docente) tiveram nos anos de pandemia.

O primeiro objetivo é o de guardar memória de uma vertente importante da história da Ciências ULisboa, e por isso os cursos dos professores cientistas são acompanhados por uma breve nota biográfica que enquadra a carreira de cada autor. São em geral percursos ligados a grupos importantes nas respetivas especialidades, e em que se lê também a articulação da história da Faculdade com a da ciência internacional contemporânea.

Temos ainda consciência que para além da memória que urge preservar, os cursos assim resgatados do esquecimento serão fontes indispensáveis para uma história da Ciências ULisboa em tempos de democracia. Este foi o nosso segundo objetivo. Estamos conscientes que a proximidade temporal não facilita necessariamente o trabalho do historiador, tanto mais que há uma cultura deficitária ou inexistente de preservação de espólios, quaisquer que sejam as suas tipologias, incluindo as iconográficas que, apesar de vivermos a era do visual por excelência, são ainda mais esquivas que as impressas ou manuscritas.

Que outras lições/ professores esperam apresentar no futuro?

AN e AS - Este projeto seguirá o seu próprio rumo. Estas primeiras Lições e os contactos feitos tanto com colegas como, e principalmente, com os familiares dos professores cujas Lições agora publicamos, e a quem agradecemos publicamente o entusiasmo e apoio concedidos, já nos permitiram resgatar mais cursos que serão disponibilizados em breve. E, estamos certas, que outros se lhes seguirão, não só associados ao Departamento de Física como a outros departamentos da Ciências ULisboa. Assim, exortamos todos os colegas que disponham de textos em condições de serem divulgados nos mesmos termos que nos contactem para que este projeto se alargue a todas as áreas científicas da Faculdade.

As Lições poderão interessar a muitos. Estamos convictas que todos aqueles que como nós foram alunos destes professores terão enorme prazer em recordar as suas aulas. Mas interessarão também a outros colegas, aos estudantes atuais, da Faculdade e de outras instituições universitárias nacionais e, ainda, a estudantes e historiadores no espaço da lusofonia.

Daquelas que estão apresentadas neste repositório, qual é na vossa opinião a lição mais marcante?

AN e AS - A resposta a esta pergunta é necessariamente subjetiva e dependerá das memórias que estas Lições convocarem naqueles que assistiram a elas. Cada uma de nós, e cada um daqueles que revisitar agora estas Lições, responderá de maneira diferente, em função do contexto em que as viveu e das memórias que suscitarem, num processo semelhante à experiência da Madalena relatada por Marcel Proust no A La Recherche du Temps Perdu.

Que reações têm recebido a propósito do lançamento do Lições de Professores Cientistas?

AN e AS - Até agora foram poucas, mas entusiastas. Por isso mesmo é que nos parecia importante que lhes fosse dado mais protagonismo. É preciso dar mais visibilidade a estas Lições para que, mais do que reações, elas promovam novas ações, isto é, novas propostas de publicação de outras Lições.

Ana Subtil Simões, Área Comunicação e Imagem Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Um grupo de membros de Instituições do Ensino Superior, onde se inclui CIÊNCIAS, está reunido em frente a um jardim, em visita à Siemens

 A iniciativa teve como objetivo aproximar a academia do tecido empresarial.

Nuno Gonçalves alcança o segundo lugar na competição 3MT ULisboa.

Nuno Gonçalves foi distinguido com o segundo lugar, na final da competição ‘Três Minutos de Tese – 3MT ULisboa’, que se realizou esta quint

Inês Ventura

Inês Ventura, a desenvolver o seu doutoramento no Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE) e no Instituto de Biossistemas e Ciências Integrativas (

Universidade de Lisboa

A Universidade de Lisboa alcança a 260ª posição no QS World University Rankings (SUR) 2025, tornando-se na universidade portuguesa mais bem classificada neste ranking.

Signatários do acordo

Dia 5 de junho foi assinado o acordo para a construção do espectrógrafo ANDES (ArmazoNes high Dispersion Echelle Spectrograph – Espectrógrafo Echelle de alta dispersão do Armazones), entre o Observatório Europeu do Sul (

 Luís Carriço, Diretor de CIÊNCIAS, e David Gonçalves, Dean do Instituto da Ciência e do Ambiente da Universidade de São José (USJ) assinam acordo sentados a uma mesa

CIÊNCIAS assinou no dia 5 de junho um acordo de cooperação com o Instituto da Ciência e do Ambiente da Universidade de São José (USJ), com vista à cooperação científica em várias áreas de interesse comum.

Equipa do projeto 'Ciências em Harmonia'

Esta terça-feira, 28 de maio, o projeto ‘Ciências em Harmonia’ assinalou o seu primeiro ano de atividades: um marco comemorado com um convívio informal com a comunidade, que

António Branco

António Branco, docente do Departamento de Informática de CIÊNCIAS, foi um dos oradores convidados da conferência que

Sabemos que no futuro um sismo de magnitude significativa voltará a atingir Lisboa. Não sabemos é quando. E se o pudéssemos prever? E se existisse uma probabilidade forte de ser já em 2027?

Ana Santos, finalista 3MT ULisboa

Ao longo dos próximos dias, daremos a conhecer os quatro finalistas de CIÊNCIAS que irão participar na final da competição

Painel e sessão de Perguntas & Respostas | Estreia de documentário

Perto de 120 pessoas assistiram este sábado, 25 de maio, à estreia do documentário ‘O que se esconde na luz? A ciência da missão espacial Euclid’, produzido pelo Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA).

Investigadores do Instituto Dom Luiz, de CIÊNCIAS, instalaram um sismómetro na Escola Básica Professor Delfim Santos, que se encontra a menos de um quilómetro do Estádio da Luz, em Lisboa, onde vão ter lugar os concertos.

Banner Bênção de Finalistas & Queima das Fitas 2024

Este fim de semana a Alameda da Universidade de Lisboa vai voltar a encher-se de finalistas de CIÊNCIAS e de tantas outras faculdades e universidades. A cerimónia de Bênção de Finalistas decorre amanhã dia 25 de maio, a partir das 11h30.

 

3MT ULisboa 2024

Quatro dos doze finalistas da competição ‘Três Minutos de Tese – Universidade de Lisboa’ são de CIÊNCIAS.

Pinguins-de-adélia

Num artigo agora publicado na Science, investigadores de instituições de renome a nível mundial propõem uma estratégia para envolver todas as partes interessadas na governança do Oceano Antártico através de um processo de ordenamento do espaço marinho (OEM) inteligente do ponto de vista climático.

Impressão artística da missão Euclides no espaço.

A 25 de maio (sábado), às 21h00, vamos ver e compreender as novas imagens de entre as maiores alguma vez feitas do Universo, no Grande Auditório de CIÊNCIAS (Edifício C3). A entrada é livre.

Redes Doutorais Marie Curie Projeto PROMOTE

CIÊNCIAS vai participar numa das propostas vencedoras do concurso 2023 das Redes Doutorais de Ações Marie Skłodowska-Curie (MSCA DN).

Foto de entrega de prémio aos vencedores

No âmbito do projeto Invasives e como atividade inserida na

Dia Nacional dos Cientistas - 16 de maio

O Dia Nacional dos Cientistas foi instituído em 2016 por Resolução da Assembleia da República com o objetivo de reconhecer e celebrar a contribuição vital dos cientistas para o progresso da sociedade.

CIÊNCIAS e OKEANOS em parceria para monitorizar biodiversidade e alterações dos ecossistemas marinhos

Projeto internacional SEAGHOSTS visa a monitorização e conservação das populações de painhos, as aves marinhas mais pequenas do planeta.

Reitoria da ULisboa

O CWUR 2024 avaliou de entre 20.966 instituições de ensino superior e atribuiu à ULisboa o 211.º lugar (top 1.1%) e a 80.ª posição no panorama europeu.

Páginas