Ciências ULisboa galardoada com troféu da Ordem dos Engenheiros

Um século da Engenharia Geográfica ao serviço da sociedade

Lançamento de ebook "100 Anos Engenharia Geográfica|Geoespacial"

Troféu

A Faculdade foi galardoada com o Troféu OE pelo centenário da criação da licenciatura Engenharia Geográfica/Geoespacial

ACI Ciências ULisboa

Ciências ULisboa foi a primeira instituição de Portugal, por decreto-lei de 15 de fevereiro de 1921, a lecionar o curso de Engenheiro Geógrafo, precursor da licenciatura em Engenharia Geográfica, formação que desde o ano letivo de 2015/2016 se passou a denominar Engenharia Geoespacial.

Em 2021 a Ordem dos Engenheiros (OE) celebrou 85 anos e 152 anos enquanto associação representativa destes profissionais portugueses. Durante as comemorações, esta sociedade pública profissional distinguiu Ciências ULisboa com o Troféu OE pelo centenário da criação da licenciatura Engenharia Geográfica/Geoespacial, um dos 12 que foram atribuídos durante a Gala 85 Anos OE.

“A atribuição deste prémio à Faculdade é uma distinção que muito nos honra e que traduz o reconhecimento como instituição de referência na investigação e ensino em Engenharia Geográfica há mais de 100 anos”, diz João Catalão, professor do Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia e um dos organizadores da efeméride na Faculdade, acrescentando ainda que “este prémio constitui um reconhecimento público da relevância da Engenharia Geográfica no suporte às demais áreas da engenharia, na produção de cartografia para o planeamento e gestão do território e no desenvolvimento de soluções geoespaciais, tais como os serviços de posicionamento e os serviços de mapas, essenciais, hoje em dia, à sociedade em geral”.

Luis Carriço na Gala 85 Anos OE
Luis Carriço recebeu o troféu durante a Gala 85 Anos OE
Fonte OE

Carlos Mineiro Aires, bastonário da OE, também saúda o Colégio Nacional de Engenharia Geográfica (CNEG) da OE pela escolha do vencedor. “No ano em que a OE celebra 85 anos de história ao serviço do país e da engenharia nacional, comemoramos o centenário da criação do curso de Engenharia Geográfica, na ULisboa, efemérides que têm o prestígio e a excelência como denominadores comuns”, declara.

A Gala 85 Anos OE decorreu no Pátio da Galé, no passado dia 27 de novembro.

"100 Anos Engenharia Geográfica|Geoespacial"

Por ocasião do centenário do curso de Engenharia Geográfica em Portugal, o CNEG da OE editou a obra "100 Anos Engenharia Geográfica|Geoespacial", com o intuito de preservar as memórias e as experiências da profissão de engenheiro geógrafo/geoespacial, assim como as vivências e expectativas científicas, tecnológicas e técnicas destes profissionais. Segundo notícia publicada no site da OE, o objetivo deste livro impresso e disponível também no formato digital é “ajudar a divulgar e promover uma profissão pouco conhecida, essencial e determinante na sua intervenção na comunidade, mas muitas vezes esquecida e subestimada e menos bem tratada pelos poderes governativo e decisório”.

São vários os contributos presentes no livro (índice), destaque para as palavras de Luís Carriço, diretor da Faculdade e de António Serra, reitor da Universidade ( página 51); e de outros membros da comunidade da Faculdade como é o caso de João Catalão (páginas 52, 76 e 84), Carlos Antunes (página 76), Cristina Catita (página 120), Carolina Rocha (página 228).

Capa do livro
Por ocasião do centenário do curso de Engenharia Geográfica em Portugal, o CNEG da OE editou a obra que está dsiponível em formato digital

“Nestes 100 anos, a ULisboa formou a maioria dos engenheiros geógrafos responsáveis pela elaboração da rede geodésica e da cartografia de base do País e das antigas colónias, designadas então províncias ultramarinas, uma das prioridades que levaram à instituição do Curso. Os campos de ação alargaram-se ao fornecimento da base cartográfica para grandes projetos de construção de infraestruturas (autoestradas, linhas férreas, pontes, túneis, etc.) e sua monitorização em fase de exploração (dragagens de portos, redes de energia elétrica, barragens hidroelétricas). O surgimento dos satélites de posicionamento global e de observação da Terra nas últimas décadas do século XX, deram um grande impulso às atividades da Engenharia Geográfica levando a sua ação ao desenvolvimento dos sistemas de posicionamento automóvel (vulgo GPS) e dos globos virtuais (por ex. Google Earth©) que democratizaram a cartografia, colocando-a literalmente na mão do cidadão comum, por meio de um telemóvel. Os métodos desenvolvidos pela Engenharia Geográfica têm atualmente aplicação em campos tão diversos como a agricultura de precisão ou a robótica.”
Luís Carriço e António Serra in "100 Anos Engenharia Geográfica|Geoespacial"

Ana Subtil Simões, Área Comunicação e Imagem Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Cem anos a desenhar a Terra

 

O histórico de aluno no Portal da FCUL foi atualizado e renovado.

Relembramos que pode utilizar os vários meios ao dispor para deixar comentários ou sugestões sobre os serviços da FCUL.

Bruno Almeida, doutorado em História das Ciências pela Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências da FCUL e membro do Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia, ganha "Prémio Cultura 2012" atribuído pela Sociedade de Geografia de Lisboa.

Alunos informam-se sobre programas de mobilidade internacional

“É uma grande oportunidade que estou a ter, a Faculdade dá um grande apoio aos alunos. (…) Estou a gostar do convívio com os colegas, das aulas, das disciplinas e da cultura portuguesa”, sublinha Daniel Martins, aluno oriundo do Brasil a estudar Biologia na FCUL.

Pela 2.ª vez, o Dia Internacional proporcionou a divulgação de programas de mobilidade internacional junto dos alunos, esclarecendo dúvidas e curiosidades. Durante o acontecimento, trocaram-se experiências, conheceram-se hábitos e tradições de diferentes países e, acima de tudo, enalteceu-se o espírito de convívio em ambiente "além-fronteiras".

Candidaturas para Base de Recrutamento de Professores Auxiliares Convidados do DF

“MARAVILHAR-SE: reaproximar a criança da Natureza” 

Foi duplicado o espaço de armazenamento nas áreas de alunos. A nova quota é agora de 1 Gb.

 

Com o intuito de inovar e proporcionar os melhores temas aos alunos da Faculdade de Ciências no que diz respeito às novas tecnologias, a

David Luz e Pedro Machado, investigadores do Centro de Astronomia e Astrofísica da UL, fazem parte de uma equipa de investigadores que ao fim de dois anos conseguiu medir os ventos da atmosfera de Vénus a partir da Terra. Até então, só era possível fazê-lo recorrendo a sondas espaciais.

À semelhança dos anos anteriores o Departamento de Química e Bioquímica vai promover a realização de Ações de Formação para os professores do Ensino Básico e Secundário na modalidade oficina.

Encontram-se abertos concursos para recrutamento postos de trabalho de Professor Auxiliar, nas áreas disciplinares de Meteorologia, de Geofísica, de Engenharia Geográfica e de Oceanografia Física, Astronomia e Astrofísica, constantes do mapa de pessoal docente d

Empresa Outmind trabalha o conceito de marketing sensorial aliado à tecnologia

“Queremos dar a conhecer um novo espaço, uma nova marca, uma nova estratégia para o Tec Labs e também, claramente, incentivar as pessoas a terem uma atitude diferente face ao empreendedorismo”, sublinhou Luís Matos Martins, presidente do Conselho de Administração do Tec Labs.

Imagem alusiva à extração de óleos essenciais

Aquele que é hoje conhecido como o ISEO teve início em setembro de 1969, quando quatro cientistas da área da farmacognosia se reuniram, informalmente, em Leiden, na Holanda, para discutir problemas comuns, relacionados com a análise de óleos essenciais. Docentes/investigadores da FCUL participam, desde 1989, nesse congresso e já o organizaram por duas vezes.

Membros de uma tuna, durante uma atuação

Diário de bordo da nave Esperança. Uma viagem por um dos acontecimentos musicais da comunidade académica com especial tradição…

Pormenor de obra de arte

Invest in our future, invest in science”. A mensagem é clara, concisa e direta. Por um mundo melhor, um grupo de personalidades do Champalimaud Neuroscience Programme lançou recentemente um blogue no qual procuram sensibilizar a comunidade para a importância da ciência nas nossas vidas.

Está aberto concurso, até ao dia 07 de dezembro de 2012, para admissão de voluntários para a prestação de serviço em regime de contrato na Categoria de Oficial Técnico Superior Naval (TSN) e Oficial Técnico Naval (TN).

A sessão de encerramento contou com uma breve troca de ideias acerca dos novos desafios e possibilidades oferecidos pelo software Open Source, em particular, pela cada vez maior procura de formação em Quantum GIS.

Actividade no NanoLab do GeoFCUL

Dinâmica das zonas costeiras: conhecer para gerir

O Microsoft Windows 8 e Microsoft Office 2013 já estão disponiveis para download no seu Perfil de Utilizador (apenas Docentes e Funcionários).

Páginas