FCUL recebe delegação russa

FCUL recebe delegação russa
GCIC-FCUL

Abordar a organização do modelo educativo e dos centros de investigação, a cooperação e integração institucional e internacional da FCUL, foi o principal objetivo do encontro realizado com a delegação de professores e reitores de nacionalidade russa.

Durante o encontro ocorrido a 25 de novembro, o vice-presidente da FCUL, António Sá Fonseca, abordou a nova realidade da ULisboa e o papel da FCUL enquanto parte integrante da mesma. De forma geral, foi apresentada a Faculdade em números (nomeadamente o seu público discente - 3500 alunos de 1.º ciclo, 1000 alunos de 2.º ciclo e entre 400 a 500 alunos de doutoramento), e foi feita uma apresentação dos seus cursos e unidades de investigação.

A dar a conhecer a sua área de ensino, estiveram presentes no evento os representantes dos Departamentos de Biologia Animal, Biologia Vegetal, Estatística e Investigação Operacional, Física, Informática, Matemática e de Química e Bioquímica. Durante as apresentações, os professores abordaram, entre outros aspetos importantes, a estrutura de ensino do seu departamento, a importância da investigação neles desenvolvida, as oportunidades de intercâmbio existentes e as mais-valias de estudar na FCUL.

Para o professor do Departamento de Química e Bioquímica, Carlos Farinha, “o encontro teve sobretudo um carácter informativo, permitindo à FCUL apresentar a sua oferta formativa e linhas gerais de investigação e manifestar também a sua disponibilidade para acolher estudantes da Rússia. Penso que este tipo de contactos (exploratórios) são da maior importância, uma vez que podem contribuir para uma maior internalização da UL (e da FCUL, em particular), particularmente para áreas fora do contexto da União Europeia”.

Os 14 representantes de nacionalidade russa vieram de 13 organizações distintas, sediadas em Moscovo, São Petersburgo, Tambov, Krasnoyarsk, Belgorod, Kaliningrad, Vladivostok, Pyatigorsk, Kamchatski, Barnaul. Como áreas de ensino, identificam-se a Economia, Aeroespaço, Artes e Cultura, Tecnologias e Gestão, Farmácia e Medicina.

À delegação russa, após as explicações, interessou saber se existe mobilidade de professores de outras universidades na FCUL, qual o número de alunos de licenciatura a prosseguir a sua formação pós graduada nesta Faculdade, quantos estudantes estrangeiros estudam nela e, sobretudo, se haveria interesse em receber alunos russos.

“Achei o encontro muito interessante. Na Rússia não há muito conhecimento sobre a educação em Portugal e hoje descobrimos muitos aspetos interessantes que podemos vir a aplicar na nossa estrutura de ensino. Depois do encontro, tive oportunidade de falar com a presidente do Departamento de Biologia Vegetal e percebi que havia muita coisa em comum em relação ao ensino e investigação das nossas áreas e, por isso, gostava de iniciar uma colaboração”, comentou Predybaylo Bladislav, representante do diretor da Pyatigorsk Medico-Fharmaceutical Institute of the Volgograd State Medical University.

Embora não exista um acordo formal entre os dois países, a FCUL mostrou abertura para eventuais intercâmbios, no âmbito de protocolos estabelecidos entre a UL e as instituições russas de ensino superior. Dos dois lados manifestou-se interesse em que esse intercâmbio seja dirigido aos graus de ensino de mestrado e doutoramento.

Raquel Salgueira Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt

FCUL promove sessão de informação sobre oportunidades de financiamento no âmbito dos Desafios Societais 2 e 5.

“O principal objetivo é precisamente mostrar o que o EMBL tem para oferecer aos investigadores portugueses (e aos da FCUL, muito em particular) e também demonstrar o que pode ser feito em cooperação com o [laboratório].”, declara Margarida Amaral, docente da FCUL e membro do conselho de organização do evento.

Estão abertas as candidaturas à edição de 2013 do Prémio Academia Lx, destinado a trabalhos de investigação e estudos sobre temas com relevância prática para a cidade de Lisboa.  

Aceitam-se candidaturas de docentes para inclusão numa  Bolsa de Recrutamento, para a Área de Finanças e Economia - Secção Autónoma de Estatística, d

FCUL promove cooperação com EMBL

A passagem do diretor-geral do EMBL pela FCUL, foi registada através de uma reportagem multimédia. Fique a saber mais sobre esta visita bem como os pormenores do evento “Molecular Biology in Portugal and EMBL”!

De 8 de Julho a 30 de Agosto as bibliotecas do C4 e C8 têm alteração nos horários de funcionamento

Doctorate in Applied and Engineering Physics

Programa Doutoral em Física Aplicada e Engenharia Física

Arthur Vieira, estudante do mestrado integrado em Engenharia Física e Emiliano Pinto, aluno de mestrado em Física Nuclear e Partículas, são os diretores da revista trimestral do Departamento de Física da FCUL e  que integra uma equipa editorial constituída por outros 16 discentes.

Challenge4you desafiou estudantes dos cinco aos vinte anos

“Aquilo que aqui aprendemos faz parte da cultura geral e todos nós devemos ter algumas ideias sobre o local onde estamos inseridos e sobre esta união de que todos fazemos parte e que tanto nos ajuda”. A declaração é da estudante e participante Adriana Pereira de 17 anos.

Para uma crítica das perspectivas recentes da União Europeia sobre o Ensino Superior

Recomendações para melhorar a qualidade do ensino e da aprendizagem.

Implicações no Quebramento do Gondwana e sua Correlação com as bacias da Margem Atlântico Sul e Atlântico Central

É crucial que estatísticos e investigadores em Ciências do Ambiente mantenham uma colaboração estreita, para que continuem a ser desenvolvidos métodos estatísticos e computacionais adequados que permitam dar resposta continuada aos desafios presentes e futuros.

Está disponível a edição de 2012 do JCR (Journal Citation Reports).

O trabalho de cinco investigadoras portuguesas foi distinguido no início de junho em Boston, nos EUA. O congresso mundial contou com mais de 800 cientistas de 50 países.

[Tec Labs]i – Potenciar a Inovação

“Os alunos da FCUL tiveram uma experiência única que não vão esquecer ao longo da sua vida académica e profissional”, denota Rui Ferreira, administrador do Tec Labs – Centro de Inovação da FCUL.

Visita de Estudo à nova Universidade de Lisboa

“[Viveu-se um ambiente] muito propício ao debate onde o intercâmbio de ideias e de boas práticas foram muito gratificantes e uma mais-valia para os participantes e oradores do evento”, declarou Luísa Cerdeira, pró-reitora da Universidade de Lisboa e presidente do FORGES.

Álvaro de Campos

TABACARIA

O Departamento de Informática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (DI-FCUL) vai organizar a 3 de julho deste ano a primeira edição do 

“Eu sempre gostei de fazer desenho geométrico e sempre me interessei pelos azulejos e seus painéis e pela calçada portuguesa pela sua beleza, pela arte, e porque têm potencialidades científicas, estéticas e didáticas praticamente ilimitadas”, conta o investigador do Grupo de Física-Matemática, distinguido recentemente com o Prémio Abordagem Inovadora “SOS Azulejo 2012”.

As bibliotecas do C4 e C8 têm horários alargados durante a época de exames de 1 a 29 de Junho.

Mestrados DBA 2013-2014

Investigadores do projeto “Climate Change Iniciative – Ocean Colour”

A equipa do projeto “Climate Change Iniciative – Ocean Colour” esteve reunida na FCUL, nos dias 21 e 22 de maio. Os investigadores avaliaram as ações em curso e discutiram alguns assuntos com a comunidade de end-users.

Pages