“O Mundo em Pessoa”

Projeto dá conta da contemporaneidade da obra de Fernando Pessoa

Fernando Pessoa em destaque nas Redes Sociais
Fotografia de Filipe Freitas

Cento e vinte e cinco anos após o seu nascimento, Fernando Pessoa, um dos maiores poetas da língua portuguesa e da literatura universal, é homenageado por professores e alunos da FCUL e por profissionais do SAPO Labs, através do projeto “O Mundo em Pessoa”.

Tendo como ponto de partida a recolha de citações da sua autoria nas redes sociais Facebook e Twitter, o objetivo do projeto é “mostrar a dimensão universal do autor e a contemporaneidade das suas obras. [Pretendemos] identificar quais os versos e frases de Fernando Pessoa que mais inspiram os seus leitores de todo o mundo e, ao mesmo tempo, conduzir todos aqueles que usam as palavras de Pessoa aos seus textos originais”, explica Francisco Couto, professor do Departamento de Informática da FCUL e coordenador do projeto.

De acordo com o comunicado emitido pelo SAPO Labs, “sempre que é citado um texto de Fernando Pessoa no Twitter ou em páginas públicas do Facebook, "O Mundo em Pessoa" identifica e mostra essa mensagem num interface próprio. Para validarmos se um texto é uma citação da obra de Fernando Pessoa recorremos a arquivos da obra do poeta disponíveis online”.


Fonte: Fotografia de Filipe Freitas
Legenda: O poeta das várias personalidades literárias marca encontro nas redes sociais com utilizadores de diferentes cantos do mundo

“O Mundo em Pessoa” surgiu no âmbito da disciplina de Aplicações na Web do mestrado em Engenharia Informática, lecionada na FCUL desde o ano letivo 2006/2007. No seu desenvolvimento estiveram envolvidos os alunos dessa disciplina - João Martins, Carlos Barata e Tiago Aparício -, os professores Francisco Couto, Luís Carriço e Tiago Guerreiro e a equipa do SAPO Labs – Pedro                Torres, Bruno Tavares, Sara Ribas, Ana Gomes - , um laboratório pertencente ao portal SAPO que ao longo dos anos se tem relacionado com diversas instituições de ensino superior com o intuito de potenciar projetos em estado embrionário, tornando-se num parceiro de desenvolvimento e investigação.

Para Pedro Torres, coordenador da equipa SAPO Labs neste projeto, a cooperação entre o laboratório e a FCUL, entre outros aspetos, foi também importante “por ter sido bem recebida pelo público e pelos media e por ter um cariz simultaneamente educacional, de diversão e interação social”.
 

O projeto foi concebido em quatro meses sendo que houve um estudo prévio sobre a vida e a obra do autor, tendo sido particularmente interessante para a equipa da FCUL a “exploração das várias "pessoas" (heterónimos) em Pessoa e a relevância dada aos seus textos (…)”.

Para os alunos da FCUL, a mais-valia deste trabalho passou por “permitir aos utilizadores do website [“O Mundo em Pessoa”] explorarem a obra de Fernando Pessoa de uma forma rápida e divertida, desde conhecerem os heterónimos mais importantes, a conhecerem quais as obras mais citadas”. Os estudantes puderam “entrar em contacto com um conjunto de pessoas, que trabalha para uma grande empresa e que desenvolve aplicações na web, uma área com elevado interesse e que poderá constituir uma oportunidade futura”.


Fonte: Cedida o Pedro Torres
Legenda: Para os alunos da FCUL, a mais-valia deste trabalho passou por “permitir aos utilizadores do website [“O Mundo em Pessoa”] explorarem a obra de Fernando Pessoa de uma forma rápida e divertida

Entre os muitos poemas e versos partilhados, “Tabacaria”, de Álvaro de Campos, ganha destaque. Vários são os utilizadores que fazem posts (publicações) nas redes sociais Facebook e Twitter com as mensagens do heterónimo, distinto pelo seu pessimismo decadentista e que o autor definia como sendo “o mais histericamente histérico de mim”, entre elas:

“Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.”

 

A ocupar o segundo lugar no top das citações (de acordo com a informação alcançada até ao dia 2 de junho), surge o poema “II – O meu olhar é nítido como um Girassol” de Alberto Caeiro, citado 119 vezes:

“Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe por que ama, nem o que é amar ...
Amar é a eterna inocência,
E a única inocência não pensar...”

 

“Somos Morte” de Bernardo Soares, citado 17 vezes (segundo a informação obtida até ao dia 2 de junho), ocupa o terceiro lugar:

“O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela.
Povoamos sonhos, somos sombras errando através de florestas impossíveis, em que as árvores são casas, costumes, ideias, ideais e filosofias.”

Desde o lançamento do portal, o número médio de citações por semana tem oscilado entre as 500 e 700, sendo que o coordenador do projeto do SAPO Labs alerta para o facto do “algoritmo utilizado, por razões técnicas, não recolher todas as citações que aparecem nas redes sociais, não havendo, neste momento, uma estimativa da percentagem que não está a ser considerada”.


Fonte: Fotografia de Filipe Freitas
Legenda: Através do projeto, os utilizadores do website ficam não a conhecer Fernando Pessoa ortónimo, como também os seus heterónimos. Entre os muitos poemas e versos partilhados, “Tabacaria”, de Álvaro de Campos, ganha destaque.

No mês de junho, foram contabilizadas 2210 citações, sendo 479 delas pertencentes a Fernando Pessoa, 488 a Alberto Caeiro, 413 a Álvaro de Campos, 206 a Bernardo Soares e 124 a Ricardo Reis.

Bernardo Soares era, no dia 28 de junho, o mais citado com uma vantagem de mais de 200 citações face aos restantes heterónimos e a Fernando Pessoa ortónimo.

Pedro Torres afirma ainda que “a maior parte das citações são [de utilizadores registados] em Portugal e no Brasil, sendo Pessoa largamente mais citado no Brasil”.

Nos dias que correm, em que as tecnologias fazem parte do dia-a-dia dos cidadãos e em que as relações humanas se constroem também (e cada vez mais) no mundo virtual, o poeta das várias personalidades literárias marca encontro nas redes sociais com utilizadores de diferentes cantos do mundo. É neste contexto que Francisco Couto destaca a importância das redes sociais no processo de difusão da cultura portuguesa e das suas figuras emblemáticas. "Uma das razões deve-se ao facto de que as citações nas redes socias são tendencialmente pequenos excertos, de fácil leitura mas condensados na mensagem a transmitir e que podem assim, em grande escala, cativar novos leitores que de outra forma nunca o seriam. No caso concreto de Fernando Pessoa, a atualidade, a universalidade e a qualidade da sua obra fazem desta o exemplo ideal de como podemos usar as novas tecnologias para difundir a nossa cultura”, conclui.
 
A iniciativa irá continuar. Segundo Francisco Couto, entre as “muitas ideias que podem aumentar o âmbito do projeto”, a abordagem a outros autores pode ser uma realidade.

Raquel Salgueira Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt
Equipa do projeto 'Ciências em Harmonia'

Esta terça-feira, 28 de maio, o projeto ‘Ciências em Harmonia’ assinalou o seu primeiro ano de atividades: um marco comemorado com um convívio informal com a comunidade, que

António Branco

António Branco, docente do Departamento de Informática de CIÊNCIAS, foi um dos oradores convidados da conferência que

Sabemos que no futuro um sismo de magnitude significativa voltará a atingir Lisboa. Não sabemos é quando. E se o pudéssemos prever? E se existisse uma probabilidade forte de ser já em 2027?

Ana Santos, finalista 3MT ULisboa

Ao longo dos próximos dias, daremos a conhecer os quatro finalistas de CIÊNCIAS que irão participar na final da competição

Painel e sessão de Perguntas & Respostas | Estreia de documentário

Perto de 120 pessoas assistiram este sábado, 25 de maio, à estreia do documentário ‘O que se esconde na luz? A ciência da missão espacial Euclid’, produzido pelo Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA).

Investigadores do Instituto Dom Luiz, de CIÊNCIAS, instalaram um sismómetro na Escola Básica Professor Delfim Santos, que se encontra a menos de um quilómetro do Estádio da Luz, em Lisboa, onde vão ter lugar os concertos.

Banner Bênção de Finalistas & Queima das Fitas 2024

Este fim de semana a Alameda da Universidade de Lisboa vai voltar a encher-se de finalistas de CIÊNCIAS e de tantas outras faculdades e universidades. A cerimónia de Bênção de Finalistas decorre amanhã dia 25 de maio, a partir das 11h30.

 

3MT ULisboa 2024

Quatro dos doze finalistas da competição ‘Três Minutos de Tese – Universidade de Lisboa’ são de CIÊNCIAS.

Pinguins-de-adélia

Num artigo agora publicado na Science, investigadores de instituições de renome a nível mundial propõem uma estratégia para envolver todas as partes interessadas na governança do Oceano Antártico através de um processo de ordenamento do espaço marinho (OEM) inteligente do ponto de vista climático.

Impressão artística da missão Euclides no espaço.

A 25 de maio (sábado), às 21h00, vamos ver e compreender as novas imagens de entre as maiores alguma vez feitas do Universo, no Grande Auditório de CIÊNCIAS (Edifício C3). A entrada é livre.

Redes Doutorais Marie Curie Projeto PROMOTE

CIÊNCIAS vai participar numa das propostas vencedoras do concurso 2023 das Redes Doutorais de Ações Marie Skłodowska-Curie (MSCA DN).

Foto de entrega de prémio aos vencedores

No âmbito do projeto Invasives e como atividade inserida na

Dia Nacional dos Cientistas - 16 de maio

O Dia Nacional dos Cientistas foi instituído em 2016 por Resolução da Assembleia da República com o objetivo de reconhecer e celebrar a contribuição vital dos cientistas para o progresso da sociedade.

CIÊNCIAS e OKEANOS em parceria para monitorizar biodiversidade e alterações dos ecossistemas marinhos

Projeto internacional SEAGHOSTS visa a monitorização e conservação das populações de painhos, as aves marinhas mais pequenas do planeta.

Reitoria da ULisboa

O CWUR 2024 avaliou de entre 20.966 instituições de ensino superior e atribuiu à ULisboa o 211.º lugar (top 1.1%) e a 80.ª posição no panorama europeu.

Fotografia de participantes na Training School

CLEANFOREST na vanguarda da compreensão dos efeitos dos extremos climáticos e poluição nas florestas Europeias

Participantes no Dia Aberto

O campus ganhou vida, cor e energia proveniente do entusiasmo dos cerca de 2000 alunos de 170 escolas de norte a sul do País.

CIÊNCIAS esteve presente nesta edição, com a participação dos docentes do Departamento de Física: Alexandre Cabral, no painel de abertura “À conversa sobre carreiras espaciais” e

Semana Internacional da Compostagem

Uma das transformações necessárias às entidades que querem progredir pelo caminho da sustentabilidade é fecharem os seus ciclos de materiais, nomeadamente o orgânico.

A VicenTuna - Tuna da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa - completou 30 anos em janeiro de 2024. Para comemorar, realizou no dia 30 de abril de 2024, a Festa da Primavera, um espetáculo de música e divertimento dedicado à comunidade de CIÊNCIAS e ao público em geral.

Celebrações dos 50 anos do 25 de abril de 1974 da Academia das Ciências de Lisboa

A 9 de maio realiza-se a segunda de duas jornadas de debate académico e científico organizadas pela Academia das Ciências de Lisboa, que tem por objetivo ‘analisar e discutir a evolução do panorama científico português de forma prospetiv

Lançamento do projeto Barrocal-Cave marca um novo capítulo na Conservação da Biodiversidade em Portugal

O prestigiado Palácio Gama Lobo foi o cenário escolhido para o lançamento do projeto Barrocal-Cave, financiado pelo Prémio Fundação Belmiro de Azevedo 2023.

No passado dia 10 de abril, tivemos a honra de receber um grupo de estudantes e dois professores da Universidade de Leiden, na Holanda. Com um total de 40 estudantes, todos da área das bio farmacêuticas, a visita prometia ser entusiástica.

Pages