2013 Ano Internacional da Estatística

Um olhar sobre as Estatísticas da Educação e Ciência

Rosto de Luísa Canto e Castro Loura
Luísa Canto e Castro Loura

Gostaria de partilhar convosco a minha experiência de pouco mais de ano e meio na “casa” das Estatísticas da Educação e Ciência, convidando-vos para me acompanharem numa visita virtual pelos seus espaços e recantos.

Aqui, estas primeiras salas, são as da gestão dos sistemas de informação. Todo o equipamento tecnológico tem de estar em perfeitas condições e todos os protocolos de comunicação de dados têm de estar afinados para acolher os registos com informação detalhada sobre os alunos e docentes de todas as escolas e de todos os outros organismos responsáveis pela educação e formação. Há um trabalho contínuo de validação e comunicação com as escolas para garantir a qualidade dos dados recolhidos.
Livros e giz
Fonte: iStockphoto.com
Legenda: Através da página da DGEEC já é possível aceder a algumas estatísticas  que se encontram com acesso livre

Passemos agora para o grande espaço onde estão as equipas que se dedicam aos apuramentos e organização dos dados. A azáfama é grande porque são muitos os pedidos da tutela – quantos alunos temos no ensino secundário, por ano e modalidade, em cada uma das NUTS III? Qual a percentagem de docentes doutorados em cada instituição do ensino superior? Como se distribuem geograficamente os alunos com necessidades educativas especiais? Como evoluiu o número de inscritos no 1.º ano, 1.ª vez, em licenciaturas da área das Artes e Humanidades? – É aqui também que se desenvolvem e aplicam todos os algoritmos de pesquisa e validação para apuramento das estatísticas oficiais da educação. A Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC) é a entidade delegada do INE e, como tal, tem na sua missão garantir a boa articulação com este organismo, cumprindo com o código de conduta para as Estatísticas Europeias e disponibilizando nos prazos acordados todos os indicadores estatísticos da Educação, da Ciência, da Inovação e da Sociedade de Informação.

Por falar em Ciência, Inovação e Sociedade de Informação, olhemos agora para o que têm em mãos as equipas responsáveis por essas áreas. Aqui, estão a finalizar a análise dos dados reportados por empresas e instituições, no âmbito do IPCTN, quanto à sua atividade em I&D durante 2011 (que impactos terá tido a crise financeira?) enquanto, ao lado, já se prepara o novo inquérito a lançar muito em breve. E há também o inquérito aos Doutorados (CDH) e o inquérito sobre o uso dos recursos TIC pelas entidades públicas, a participação em projetos comunitários sobre Inovação e sobre indicadores bibliométricos e, ainda, a coordenação e publicação do relatório sobre Sociedade da Informação em Portugal.

Bastante recolhida, lá mais ao canto, está a equipa dos estudos. Os projetos em curso são, essencialmente, dedicados à análise estatística de alguns dos dados coligidos na DGEEC – Perfil dos doutorados em Portugal; Análise dos trajetos escolares e profissionais dos estudantes do ensino secundário; Modelos estatísticos para comparação dos resultados escolares tendo em conta o contexto socioeconómico das escolas; Previsão da evolução do número de alunos no ensino básico e secundário; Análise da produção científica na área da saúde – entre outros.
Tabela
Fonte: DGEEC/MEC, OTES: Estudantes à saída do secundário 2011/2012
Legenda: Expetativas de percurso escolar dos estudantes do ensino secundário

São todos pequenos projetos porque reduzidos (em números) são também os recursos humanos afetos à equipa. Mas os dados são muitos, totalmente desagregados, de grande qualidade e têm, certamente, muito a revelar! É urgente disponibilizá-los à comunidade científica mas, para isso, é necessário todo um trabalho delicado e moroso de conciliação e anonimização das bases de dados.

Bom, mas aqui estão dois investigadores visitantes que assumiram exatamente a tarefa de conciliar e anonimizar as mais extensas bases de dados da DGEEC – as que têm toda a informação recolhida sobre os alunos das escolas públicas nos anos letivos de 2007/2008 a 2011/2012. Trata-se de uma tarefa com várias etapas que se prevê estar finalizada no decorrer do quarto trimestre de 2013. Na página da DGEEC serão nessa altura disponibilizadas indicações precisas quanto às formas de acesso a esta grande base de dados por parte dos investigadores. E, até lá, por que não uma abordagem inicial ao tema recorrendo aos dados que se encontram com acesso livre na página?

Luísa Canto e Castro Loura, professora do DEIO-FCUL, em comissão de serviço na DGEEC
Vela

Aos familiares, amigos e colegas a FCUL apresenta as sinceras condolências.

Adultos e criança em atividade da Ciência Viva no Verão

Até 15 de setembro, a iniciativa Ciência Viva no Verão percorre o País organizando mais de 1700 atividades científicas gratuitas para toda a população. As inscrições permanecem abertas até 15 de setembro, de acordo com o calendário de atividades. Nesta altura, já são mais de 20 mil os inscritos.

Nos dias 9 e 10 de Agosto a plataforma Moodle da FCUL vai estar inacessivel devido a uma manutenção de rotina.

As nossas desculpas pelos possiveis incómodos causados.

Liliana Caldeira junto aos posters

A investigação sempre foi um objetivo, que ganhou força após o prémio para melhor poster ser-lhe atribuído numa importante conferência internacional. Até ao final do ano, Liliana Caldeira, aluna de doutoramento em Engenharia Biomédica e Biofísica da FCUL, deverá defender a tese.

Pontos de interrogação

"Aquando da candidatura, o projeto estava numa fase embrionária e foi o Programa de Estímulo à Investigação da FCG que deu força e motivação para avançar”, diz Jocelyn Lochon, um dos vencedores da edição 2011 do Programa de Estímulo à Investigação.

Aluna entrevistada, sentada numa rocha

“O mais importante é saber gerir o tempo, ter alguma disciplina, definir os objetivos a alcançar e não dispersar”. A declaração pertence a Ana Bastos, jovem investigadora da FCUL e uma das vencedoras em 2011 do Programa de Estímulo à Investigação da Fundação Calouste Gulbenkian (FCG).

Cara do aluno entrevistado

“Acredito que o meu projeto vá ter efeitos na área da Saúde Pública. Ainda que não seja já nesta fase, espero poder contribuir para evoluções, por exemplo, ao nível da vacinação”, refere Tomás Aquino, um dos vencedores da edição de 2011 do Programa de Estímulo à Investigação.

A Bial, procura um Bioestatista para a oportunidade de emprego que pode ser visualisada em maior detalhe na página através do link:

Information dissemination in unknown radio networks with large labels

Professor Shailesh Vaya,
Xerox Research Centre, India,

July 20 at 10h00 on room 6.3.38

Estudantes sentados, junto a uma mesa

O pedido de apoio à formação pós-graduada na área da Geologia do Petróleo deve ser apresentado até 15 dias úteis, após o último dia do prazo de inscrição no respetivo curso.

Já é possível solicitar a criação de Unidades Curriculares na plataforma Moodle para o ano letivo 2012/2013.

Os pedidos podem ser realizados no Portal da FCUL, após inicio de sessão.

O Centro de Informática terminou, no passado dia 12 de Julho, a migração de um equipamento central na rede da FCUL.

A excelência de sempre na construção do futuro. Escolhe um dos nossos cursos de Física, Astronomia e Astrofísica, Engenharia Física, ou Engenharia Biomédica e Biofísica. [ + ]

Alunos da FCUL no pátio do C6

O “6th SPJ-OCS” realiza-se pela primeira vez em Portugal. Os organizadores do evento acreditam que “este congresso contribui para dar uma imagem do potencial científico de Portugal” nesta área.

Chieko Asakawa and Hironobu Takagi

17 Julho 2012 - 10h30
Anfiteatro da Fundação da FCUL

Chieko Asakawa and Hironobu Takagi

17 Julho 2012 - 10h30
Anfiteatro da Fundação da FCUL

Pormenor de obra artística

Os promotores do FP7 acreditam que “centenas de instituições científicas de toda a União Europeia irão apresentar propostas” e esperam captar novos participantes, nomeadamente pequenas e médias empresas, incrementando dessa forma a competitividade europeia.

Carlos Miguel Farinha, bioquímico docente do DQB e investigador do BioFIG , foi premiado em Junho com o Romain Pauwels Research Award, atribuído pela European Respiratory Society.

 

2ª fase de candidaturas:  15 a 22 de Julho.

O mestrado em Matemática para Professores é uma excelente oportunidade para consolidar,  recordar e aprender muitos temas relacionados com a matemática escolar.

No dia 12 de Julho foram feitas as apresentações de quatro trabalhos feitos no âmbito da disciplina de Projecto em Matemática para o Ensino do Mestrado em Matemática para Professores.

A Universidade de Lisboa e a Fundação Amadeu Dias estão a atribuir bolsas aos alunos de 1º Ciclo de qualquer área do saber, leccionado na Universidade de Lisboa e que já tenham concluído o 1.º ano curricular, ou alunos que frequentem&n

Em 18 anos, o Programa de Estímulo à Investigação premiou 34 jovens investigadores e 19 instituições da Universidade de Lisboa. Na última edição, dos oito premiados, três são jovens cientistas da FCUL. As candidaturas à próxima edição decorrem até 21 de setembro.

Cartaz do Seminário

No dia dia 16 de Julho, pelas 11H00, na sala 6.4.30, realizar-se-á um Seminário organizado pelo Centro de Investigação Operacional com o título 'Lagrangian-Based Branch-and-Bound for Two-Echelon Uncapacitated Facility Location with Single Assignment Cons

Os resultados das experiências ATLAS e CMS divulgados recentemente pelo CERN, também foram apresentados publicamente na FCUL, numa sessão organizada pela professora do Departamento de Física Amélia Maio, a responsável pela participação portuguesa na experiência ATLAS.

Páginas