Ciências ULisboa dinamiza iniciativas de promoção da segurança

Primeiro simulacro no MARE

Exercício público de preparação para o risco sísmico

4 pessoas com colete refletor

O exercício contou com a colaboração de diversas entidades

ACI Ciências ULisboa

O Gabinete de Segurança, Saúde e Sustentabilidade da Ciências ULisboa promoveu a realização de um simulacro no edifício do Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE), no passado dia 10 de novembro. O exercício foi realizado neste edifício pela primeira vez, e contou com a participação das equipas de evacuação e gestão de emergência da Faculdade, Polícia de Segurança Pública, Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa, Proteção Civil Municipal e elementos dos serviços de Sistemas de Informação, Segurança e Proteção Civil da Junta de Freguesia de Alvalade.

Neste exercício foi simulada uma explosão num equipamento informático, com consequente incêndio na garagem do edifício e evacuação geral do edifício. Também foi testada a resposta da equipa de primeiros socorros da Faculdade, face à ocorrência de um ferido com ferimentos ligeiros no rosto causados por estilhaços do equipamento.

Em situação de emergência

Coloque-se em segurança;

Ligue o número de emergência na Faculdade (ext. 20000, tlf. 217 500 600);

 Indique o tipo de ocorrência e o local exato;

Consulte as instruções gerais de segurança.

A Terra Treme

No passado dia 5 de novembro, Ciências ULisboa voltou a participar no exercício nacional de preparação para o risco sísmico - “Exercício Público de Preparação para o Risco Sísmico - A Terra Treme”.

Esta iniciativa promovida pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil visou chamar a atenção para o risco sísmico e para a importância dos comportamentos simples que os cidadãos devem adotar em caso de sismo.

Nunca é demais lembrar que os locais mais seguros durante um sismo são vãos de portas, cantos das salas, debaixo de mesas, camas ou outras superfícies resistentes; os locais mais perigosos são elevadores, junto a janelas, espelhos, chaminés, no meio das salas ou perto de saídas.

Existem ainda outras medidas de autoproteção em caso de sismo e que passam, por exemplo, por não colocar objetos a obstruir ou dificultar o acesso a vias de evacuação e saídas de emergência; colocar objetos pesados, de vidro ou de grande volume, nas prateleiras mais baixas ou no chão; e nos laboratórios da Faculdade, onde existam janelas com abertura para o exterior, o acesso a pelo menos uma delas dever ser mantido desobstruído e facilitado para poder ser utilizada por meios externos de socorro em caso de necessidade.

Em caso de evacuação

Ao som do alarme, abandone o edifício;

Siga os percursos de evacuação até à saída de emergência mais próxima;

Cumpra as indicações das equipas de evacuação;

Dirija-se ao ponto de reunião indicado;

Aguarde no ponto de reunião até receber a indicação de regresso à normalidade;

Não utilize os elevadores e não volte para trás;

Consulte as instruções gerais de evacuação.

Prevenir é importante

O objetivo de todos estes exercícios é simular situações de perigo, de forma a preparar a resposta a eventuais situações de crise real, que possam ocorrer no futuro.

Os planos de segurança visam, por isso mesmo, reduzir a probabilidade de ocorrência de um incêndio; limitar o desenvolvimento de eventuais incêndios; facilitar a evacuação e o salvamento dos ocupantes em risco; permitir a intervenção eficaz dos meios de socorros.

O primeiro simulacro na Faculdade ocorreu em dezembro de 2013. Até agora já foram realizados 19 simulacros, em diferentes cenários.

A comunidade da Faculdade deve conhecer as plantas de emergência afixadas nos edifícios de modo a identificar com facilidade os percursos de evacuação, as saídas de emergência e a localização dos pontos de reunião, em caso de risco.

ACI Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas