Prémio Científico ULisboa/CGD 2019: Cláudio M. Gomes

“A promoção e reconhecimento da qualidade da investigação científica tem um impacto muito positivo dentro e fora da própria Universidade”

Rede de formação avançada na área da biotecnologia e biomedicina de amilóides pode estar para breve

Agregação amilóide na doença de Alzheimer e mecanismos neuronais de proteção

Agregação amilóide na doença de Alzheimer e mecanismos neuronais de proteção

Imagem cedida por CMG

“Esta menção honrosa representa um importante reconhecimento da qualidade da investigação realizada no laboratório que coordeno no BioISI/FCUL. Estamos há cinco anos na ULisboa e tratando-se de um prémio que valoriza o impacto e a produção científica de qualidade especificamente em publicações com afiliação pela ULisboa, este reconhecimento tem um significado muito especial para mim e para a minha equipa, por valorizar o que aqui fizemos neste período.”
Cláudio M. Gomes

Cláudio M. Gomes
Cláudio M. Gomes
Imagem cedida por CMG

“Estou muito grato por este reconhecimento que nos impele a fazer mais e melhor”, conta Cláudio M. Gomes, professor do Departamento de Química e Bioquímica e investigador do BioISI - Instituto de Biossistemas e Ciências Integrativas, onde é vice-coordenador da linha temática Biomedicina, a propósito da menção honrosa que recebeu no âmbito dos Prémios Científicos Universidade de Lisboa (ULisboa)/Caixa Geral de Depósitos (CGD) 2019.

Para Cláudio M. Gomes os prémios científicos e as menções honrosas são iniciativas que reforçam a centralidade da investigação científica na Universidade e por isso são muito importantes numa instituição de ensino e de ciência como a ULisboa. “A promoção e reconhecimento da qualidade da investigação científica tem um impacto muito positivo dentro e fora da própria Universidade, também sobre os nossos alunos, pelo que estes investimentos têm rapidamente um retorno muito ampliado”, refere.

Cláudio M. Gomes é doutorado em Bioquímica e coordena o laboratório de investigação Protein Misfolding and Amyloids in Biomedicine, onde investiga aspetos da bioquímica estrutural de proteínas, doenças do enrolamento proteico e bioquímica da neurodegeneração.

Cláudio M. Gomes publicou 118 artigos científicos em revistas internacionais com +3500 citações e detém um índice h de 34 (Scopus). É membro do Conselho Pedagógico e leciona na licenciatura e no mestrado em Bioquímica, coordenando este último desde 2018.

O laboratório de Cláudio M. Gomes investiga de que forma as alterações bioquímicas e estruturais em proteínas se relacionam com doenças humanas, como a doença de Alzheimer. Nestas patologias ocorre uma alteração no processo de enrolamento tridimensional, que resulta na formação de proteínas disfuncionais ou em agregados. É o que acontece na doença de Alzheimer, em que a formação, no cérebro, de agregados amilóide formados pelas proteínas Tau e amilóide beta resulta em neurodegeneração. “Estas são duas das proteínas que estudamos, e, nos últimos cinco anos publicamos descobertas importantes relacionadas sobre a forma como estes processos de agregação amilóide são regulados ao nível bioquímico e molecular. A mais significativa terá sido a identificação de um novo mecanismo de proteção mediado por proteínas da resposta inflamatória, que atuam na sinapse onde se acumulam agregados proteicos, e que verificamos atrasarem a agregação amilóide e diminuírem a sua neurotoxicidade. Esta descoberta teve impacto na comunidade científica e até nos média, e constituiu um avanço importante para a compreensão da complexidade molecular e bioquímica da Doença de Alzheimer”, explica Cláudio M. Gomes.

Equipa de Cláudio M. Gomes
Cláudio M. Gomes e a sua equipa
Imagem cedida por CMG

A equipa de Cláudio M. Gomes investiga a formação vários tipos de amilóide e o modo de atuação das proteínas inibidoras, em modelos celulares, como ponto de partida para testes em animais modelo de Alzheimer; também estão a testar anticorpos desenvolvidos anteriormente, e que atuam sobre as proteínas reguladoras e sobre o processo de agregação. “Queremos compreender os mecanismos moleculares destes processos, dado que este conhecimento é vital para desenvolver terapias que possam evitar a agregação e mitigar a doença”, conta Cláudio M. Gomes acrescentando que estão muito empenhados em gerar avanços significativos nesta área. “É para mim um privilégio estar a coordenar os esforços de um consórcio internacional composto pelos maiores especialistas em amilóides e com a participação de empresas farmacêuticas globais, no sentido de obtermos financiamento europeu que nos permita, a médio prazo, estabelecer uma rede de formação avançada na área da biotecnologia e biomedicina de amilóides”, conclui.

“É para mim um privilégio estar a coordenar os esforços de um consórcio internacional composto pelos maiores especialistas em amilóides e com a participação de empresas farmacêuticas globais, no sentido de obtermos financiamento europeu que nos permita, a médio prazo, estabelecer uma rede de formação avançada na área da biotecnologia e biomedicina de amilóides.”
Cláudio M. Gomes

Ana Subtil Simões, Área Comunicação e Imagem Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Fangz, jogo criado por aluno da FCUL que conquistou a Apple

Alexandre Ribeiro, antigo aluno do Departamento de Informática da FCUL, é o primeiro português a conseguir destacar uma aplicação nacional na App Store dos EUA. Para além deste destaque, foi eleito jogo da semana no fórum da Touch Arcade, “o site de maior reputação no mundo dos jogos para plataformas móveis”.

Sessões de esclarecimento/apresentação

Secção Autonoma de História e Filosofia das Ciências da FCUL

A Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências - SAHFC

 

DESAFIO SOCIETAIS 1, 2 E 5: HEALTH, BIO-ECONOMY, CLIMATE ACTION

IV Jobshop

“Os alunos e os responsáveis pelos recursos humanos das empresas participantes poderão dialogar e assim trocar informações úteis acerca dos métodos, oportunidades e critérios de recrutamento utilizados”, informa o presidente da AEFCL, Eduardo Matos.

Logotipo Cost

A próxima reunião do Comité COST, área de Chemistry and Molecular Sciences and Technologies realiza-se em  setembro, em Lisboa. Durante esse acontecimento a organização local prevê estudar, juntamente com os atuais e os antigos delegados a ações COST, novas formas de incrementar a participação portuguesa no Horizonte 2020.

“A parceria que temos [com a FCUL] contribuiu em larga escala para o desenvolvimento da Science4you”, comenta Miguel Pina Martins, a propósito do sucesso da empresa que soma novos galardões: o “Business Internationalization Award” e os Prémios Novos, na categoria Empreendedorismo.

Instituto Dom Luiz – University of Lisbon and the Center of Geophysics of the University of Coimbra invite applications for one Post-Doctoral research position. The post-doctoral researcher will be integrated in project QuakeLoc‐PT.

Sessão de esclarecimento sobre os mestrados no GeoFCUL 2013/14

Sessão de esclarecimento sobre os mestrados em Geologia 2013/2014 do GeoFCUL

 

17 Maio (sexta-feira), 10h00-11h30, sala 6.2.47

 

Terá a presença dos coordenadores:

Rosto de Luísa Canto e Castro Loura

Conciliar e anonimizar as mais extensas bases de dados da Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência é uma tarefa com várias etapas, que se prevê estar finalizada no decorrer do quarto trimestre de 2013.

Aldeia mineira do Lousal

Até ao momento os Prémios GeoConservação já distinguiram a ação das autarquias de Idanha-a-Nova, Valongo, Cantanhede, Arouca, Porto, Alcanena, Rio Maior e das associações de municípios Natureza e Tejo e dos Açores.

Anfiteato 3.2.14

Durante a sessão comemorativa do 102.º aniversário da FCUL, alguns dos melhores alunos da FCUL sorriram e encantaram com os seus depoimentos, num trabalho multimédia apresentado durante o evento.

Cerca de 93 alunos, agrupados em equipas de três elementos, realizaram as provas teóricas e experimentais nas instalações da FCUL.

No âmbito da disciplina de Estatística Ciência e Sociedade, a Profª Dirce Monteiro do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Universidade Técnica de Lisboa, proferirá, no dia 23 de Abril (3ª feira) pelas 14:30, na sala 6.4.30,&n

Logotipo Dia da FCUl 2013

A FCUL foi criada no século XX, a 19 de abril de 1911, pouco mais de cem anos após o surgimento da primeira escola classificada como tal, a Universidade de Berlim, na Alemanha, em 1810. Em 2013 Ciências comemora 102 anos.

 

Manuel Nunes Marques

Manuel Nunes Marques, antigo diretor do Observatório Astronómico de Lisboa e professor aposentado do Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia da FCUL, faleceu durante a madrugada de 18 de abril. A missa de corpo presente realiza-se esta quinta-feira, pelas 19h00, na Igreja Nossa Senhora Conceição dos Olivais Sul, em Lisboa. O funeral realiza-se a 19 de abril, pelas 15h00, na Igreja de Santo António das Areias, no concelho de Marvão. Aos familiares, amigos e colegas, a FCUL apresenta as sinceras condolências.

património + educação = identidade

A Geometria na Politécnica, no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

 

Carlos Rafael Borges Mendes

O interesse pelas ciências e tecnologias surgiu ainda no liceu, tendo optado por prosseguir os estudos na área da Biologia, em parte por influência de duas professoras dessa disciplina.

Visitas guiadas à  Exposição Formas & Fórmulas

13 de abril 11h30-13h00

11 de maio 11h30-13h00

Diálogos com Formas & Fórmulas

11 de abril 18h

Páginas