Entrevista com Ana Nunes e Ana Simões

Lições de Professores Cientistas

relógios

"É preciso dar mais visibilidade a estas Lições para que, mais do que reações, elas promovam novas ações, isto é, novas propostas de publicação de outras Lições", defendem Ana Nunes e Ana Simões

Unsplash - Alex Guillaume

As professoras Ana Nunes e Ana Simões apresentam em entrevista os objetivos do repositório digital de cursos e apontamentos de antigos professores da Ciências ULisboa, nomeadamente João Andrade e Silva, Noémio Macias Marques, José Vassalo Pereira, António Almeida Costa e José Sebastião e Silva.

Porque é que decidiram disponibilizar ao público este repositório digital de cursos e apontamentos de antigos professores da Faculdade?

AN e AS - Este projeto surgiu da confluência de várias ideias e acontecimentos. Entre estes, destacamos o recente desaparecimento de vários professores que nos marcaram, e a constatação de que, passadas décadas sobre as suas últimas aulas, muitos colegas os identificam também como referência da sua experiência como alunos da Faculdade.

Entre as primeiras, a ideia de reforçar a identidade e a cultura de partilha na Ciências ULisboa. Uma escola é sempre um projeto de longo termo, e um processo cumulativo, de passagem de testemunho. No entanto, e com a honrosa exceção do Departamento de Matemática, não existe na Ciências ULisboa uma cultura de divulgação dos materiais pedagógicos que vão sendo produzidos.

Pareceu-nos particularmente oportuno lançar este projeto na altura da comemoração do 110.º aniversário da Faculdade. Quando a FCUL comemorou os seus 90.º e 100.º aniversários foram publicadas as Memórias de Professores Cientistas e as Novas Memórias de Professores Cientistas. Não queríamos deixar de assinalar esta data tão importante e de a relacionar com o perfil comemorativo das duas últimas décadas. Daí que chamássemos a este projeto Lições de Professores Cientistas. Esperamos que as Lições possam ainda ser complementadas com um volume comemorativo do 110.º aniversário assinalando-se as especificidades das experiências que todos os membros da Ciências ULisboa (docentes, investigadores, alunos e pessoal não docente) tiveram nos anos de pandemia.

O primeiro objetivo é o de guardar memória de uma vertente importante da história da Ciências ULisboa, e por isso os cursos dos professores cientistas são acompanhados por uma breve nota biográfica que enquadra a carreira de cada autor. São em geral percursos ligados a grupos importantes nas respetivas especialidades, e em que se lê também a articulação da história da Faculdade com a da ciência internacional contemporânea.

Temos ainda consciência que para além da memória que urge preservar, os cursos assim resgatados do esquecimento serão fontes indispensáveis para uma história da Ciências ULisboa em tempos de democracia. Este foi o nosso segundo objetivo. Estamos conscientes que a proximidade temporal não facilita necessariamente o trabalho do historiador, tanto mais que há uma cultura deficitária ou inexistente de preservação de espólios, quaisquer que sejam as suas tipologias, incluindo as iconográficas que, apesar de vivermos a era do visual por excelência, são ainda mais esquivas que as impressas ou manuscritas.

Que outras lições/ professores esperam apresentar no futuro?

AN e AS - Este projeto seguirá o seu próprio rumo. Estas primeiras Lições e os contactos feitos tanto com colegas como, e principalmente, com os familiares dos professores cujas Lições agora publicamos, e a quem agradecemos publicamente o entusiasmo e apoio concedidos, já nos permitiram resgatar mais cursos que serão disponibilizados em breve. E, estamos certas, que outros se lhes seguirão, não só associados ao Departamento de Física como a outros departamentos da Ciências ULisboa. Assim, exortamos todos os colegas que disponham de textos em condições de serem divulgados nos mesmos termos que nos contactem para que este projeto se alargue a todas as áreas científicas da Faculdade.

As Lições poderão interessar a muitos. Estamos convictas que todos aqueles que como nós foram alunos destes professores terão enorme prazer em recordar as suas aulas. Mas interessarão também a outros colegas, aos estudantes atuais, da Faculdade e de outras instituições universitárias nacionais e, ainda, a estudantes e historiadores no espaço da lusofonia.

Daquelas que estão apresentadas neste repositório, qual é na vossa opinião a lição mais marcante?

AN e AS - A resposta a esta pergunta é necessariamente subjetiva e dependerá das memórias que estas Lições convocarem naqueles que assistiram a elas. Cada uma de nós, e cada um daqueles que revisitar agora estas Lições, responderá de maneira diferente, em função do contexto em que as viveu e das memórias que suscitarem, num processo semelhante à experiência da Madalena relatada por Marcel Proust no A La Recherche du Temps Perdu.

Que reações têm recebido a propósito do lançamento do Lições de Professores Cientistas?

AN e AS - Até agora foram poucas, mas entusiastas. Por isso mesmo é que nos parecia importante que lhes fosse dado mais protagonismo. É preciso dar mais visibilidade a estas Lições para que, mais do que reações, elas promovam novas ações, isto é, novas propostas de publicação de outras Lições.

Ana Subtil Simões, Área Comunicação e Imagem Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Medicamentos

Ao longo dos últimos dias, vários colegas da Ciências ULisboa e de outras faculdades entraram em contacto com Manuel Carmo Gomes, professor do Departamento de Biologia Vegetal, manifestando disponibilidade para contribuir com o seu conhecimento e meios no auxílio à análise dos dados, modelação e projeção do futuro da epidemia.

O Conselho Pedagógico da Ciências ULisboa preparou um conjunto de orientações relacionadas com as ferramentas de apoio ao ensino à distância, disponíveis no site da Faculdade e que visam ajudar os professores, investigadores e alunos durante este período de tempo sem aulas presenciais, uma medida implementada no âmbito do Plano de Contingência em Ciências COVID-19.

Imagem gráfica associada ao Plano de Contingência em Ciências COVID-19

A Direção da Ciências ULisboa determinou um conjunto de medidas que pretendem contribuir para a contenção da propagação do novo coronavírus e que vigoram até ao próximo dia 27 de março, podendo ser ajustadas conforme a necessidade e a evolução da situação.

Reunião de arranque do Colégio POLAR2E

O POLAR2E tem como objetivo criar sinergias em áreas como as ciências da criosfera, a modelação climática, a ecologia de ambientes extremos, a deteção remota, a construção em ambientes extremos, a astrobiologia e a engenharia aeroespacial dentro da Universidade.

Grupo de campus ambassadors da Jerónimo Martins, de diferentes faculdades de todo o país

No ano letivo de 2019/2020, todos os estudantes da Faculdade com interesse e dúvidas quanto aos Young Talent Programmes da Jerónimo Martins (JM) poderão contactar Catarina Bernardo, por email ou via LinkedIn! A aluna finalista de Biologia da Faculdade está disponível para responder a dúvidas sobre as várias oportunidades da JM para jovens universitários.

Imagem gráfica da rubrica Radar Tec Labs

Segunda rubrica Radar Tec Labs, dedicada às atividades do Centro de Inovação da Faculdade. A empresa em destaque é a UpHill.

Na sequência das orientações da Direção-Geral da Saúde e procurando evitar desta forma alarmismos desnecessários, sem descurar uma atuação prudente e responsável, Ciências ULisboa elaborou o Plano de Contingência em Ciências COVID-19.

Primeira reunião do IDEA-FAST

Tiago Guerreiro, professor do DI e investigador do LASIGE Ciências ULisboa, participa no IDEA-FAST, um projeto inovador na área da saúde digital, com um orçamento de 42 milhões de euros.

Estatística

“O CEAUL tem pessoas com uma contribuição notável para a Estatística em Portugal”, escreve o investigador Tiago Marques, a propósito do último congresso da Sociedade Portuguesa de Estatística.

Golfinhos

Que espécies encontrarão os cadetes do NRP Sagres? Que informação se esconde na cor do mar? Estas são algumas das questões a que o CIRCULARES, um projeto de ciência cidadã irá responder durante a viagem de circum-navegação, que deverá terminar em janeiro de 2021.

Ana Rita Carlos

Ana Rita Carlos, investigadora no polo da Faculdade do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais (cE3c) e antiga aluna da Ciências ULisboa, é uma das quatro jovens cientistas portuguesas premiadas na 16ª edição das Medalhas de Honra L’Oréal Portugal para as Mulheres na Ciência, com um estudo sobre os mecanismos que desencadeiam as distrofias musculares congénitas.

José Cabrita Freitas e João Pinto Coelho integram o grupo de trabalho dedicado ao encandeamento por <i>laser</i> no visível, efeitos e proteção

José Cabrita Freitas e João Pinto Coelho, investigadores do Departamento de Física e do Laboratory of Optics, Lasers and Systems da Ciências ULisboa, foram distinguidos com o Scientific Achievement Award e com o SET Panel Excellence Award, pelo Conselho de Ciência e Tecnologia da NATO.

Encontro Nacional sobre Investigação em Alterações Climáticas

Mais de 500 pessoas inscreveram-se no Encontro Nacional sobre Investigação em Alterações Climáticas, uma iniciativa organizada pela Ciências ULisboa em parceria com o IDL e a CML, no âmbito da Lisboa Capital Verde Europeia 2020. O acontecimento visa debater a melhor investigação em alterações climáticas que é realizada em Portugal. O programa integra oito sessões temáticas e uma sessão de posters, com 47 trabalhos.

Comitiva da Faculdade no “Matchmaking” da EIT Health

Ciências ULisboa participou no “Matchmaking” da EIT Health. “O balanço final é bastante positivo pois foi possível obter a participação da Faculdade em duas summer schools e ainda angariar parceiros para propostas campus e innovation lideradas ou comparticipadas pela Faculdade”, refere Ana Faisca, técnica do GAI da Direção de I&D da Ciências ULisboa.

Primeira prova das OUB

Em Portugal existem atualmente 12 licenciaturas de Bioquímica com um total de 615 vagas. Leia o artigo da autoria do professor Francisco Pinto sobre o importante dinamismo desta comunidade estudantil.

Imagem gráfica da rubrica Radar Tec Labs

A rubrica Radar Tec Labs, dedicada às atividades do Centro de Inovação da Faculdade, tem aqui a sua primeira edição, com destaques do mês de janeiro e da spin-off Delox.

Levada Wanderungen, Madeira

Carlos A. Góis-Marques é o primeiro autor deste estudo. O aluno inscrito no doutoramento em Geologia da Ciências ULisboa desenvolve o seu trabalho sob orientação dos professores José Madeira, Miguel Menezes de Sequeira e José M. Fernández-Palácios.

Constituição da AMONET no notário em 2004

“(…) embora existam mudanças positivas, persiste uma grande diferença entre homens e mulheres cientistas em cargos de topo. Continua a ser muito menor o número de reitoras, diretoras de laboratórios de investigação ou professoras catedráticas. (…)”. Crónicas em Ciências com Maria José Costa, presidente da AMONET.

Vigilantes da natureza do Parque Natural do Vale do Guadiana do ICNF no JBT

O Jardim Botânico Tropical a ULisboa volta a abrir portas ao público.  A 1.ª fase do projeto de requalificação incluiu o melhoramento dos caminhos, lagos e linhas de água e alguns canteiros da zona sul do jardim.

Homenagem a Helena Iglésias Pereira

“Lena, partiste, mas estarás sempre presente no nosso coração.” Artigo da autoria de Maria Antónia Turkman, professora do DEIO Ciências ULisboa.

Helena Maria Iglésias Pereira, professora do Departamento de Estatística e Investigação Operacional (DEIO), faleceu dia 14 de janeiro. A Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa lamenta profundamente o triste acontecimento, apresentando as condolências aos familiares, amigos e colegas de Helena Maria Iglésias Pereira.

Pormenor da impressão artística do processo de fusão da galáxia NGC 6240

A mais detalhada imagem do material envolvendo dois buracos negros supermassivos numa galáxia em processo de fusão foi obtida com a colaboração de um antigo aluno da Faculdade e atualmente investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, e que em 2019 colaborou também na produção da primeira imagem de um buraco negro.

A cientista Maria Elvira Callapez escreve sobre a problemática dos plásticos: “Os plásticos não são inimigos, pelo contrário, serão cada vez mais o material para todos os usos. Parece irrealista tentar viver, um dia que seja, sem plásticos ou outros sintéticos, sendo que, por exemplo, o dilema “papel ou plástico” perdurará…”.

Carlos Lopes e Margarida Amaral

Um estudo coordenado pelo BioISI abre novos horizontes para a doença crónica obstrutiva pulmonar. O trabalho realizado em parceria com o Hospital de Santa Maria mostrou como é que uma doença rara como a fibrose quística pode ajudar encontrar estratégias terapêuticas para esta doença comum. A investigação foi galardoada com o Prémio Thomé Villar/Boehringer Ingelheim 2019.

Campus Ciências ULisboa

À Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior compete a avaliação e acreditação de ciclos de estudos. Este ano letivo estão em avaliação 21 ciclos de estudos. Leia o artigo de Rebeca Atouguia, coordenadora da Área de Estudos, Planeamento e Qualidade da Faculdade.

Páginas