Obituário – Em homenagem

Maria Helena Carvalho de Sousa Andrade e Silva (1927-2021)

Última Revisão —
Maria Helena Carvalho de Sousa Andrade e Silva
Maria Helena Carvalho de Sousa Andrade e Silva
Imagem cedida por JNRC

Maria Helena Carvalho de Sousa Andrade e Silva, professora aposentada da Ciências ULisboa, faleceu aos 94 anos, no passado dia 31 de outubro. A Faculdade apresenta sentidas condolências aos seus familiares, amigos e colegas.

Para Ana Nunes e José Pedro Mimoso, professores do Departamento de Física (DF) da Ciências ULisboa e Ana Simões, professora do Departamento de História e Filosofia das Ciências da Ciências ULisboa, Maria Helena Carvalho de Sousa Andrade e Silva "continuará a ser recordada como uma professora ímpar, sempre disponível para aprofundar uma discussão ou esclarecer uma dúvida, e com uma personalidade excecional, fortemente empenhada em ouvir e ajudar os outros". Os docentes lembram episódios da vida académica da Professora: “Juntamente com o seu colega de curso João Luís Andrade e Silva, com quem viria a casar, iniciou a licenciatura em  Ciências Físico-Química, em 1947, na Escola Politécnica e integrou o grupo de estudantes desta faculdade,a quem António Sérgio dirige as “Cartas de Problemática”. Em 1953, já casada, parte para o exílio em Paris, onde a família viverá até 1971. Durante esse período, fez a tese de doutoramento na área da Física Atómica e Molecular, e frequentou o círculo dos físicos próximos de Louis de Broglie, de quem João Luís Andrade e Silva era um dos mais próximos colaboradores. O regresso a Lisboa aconteceu em 1971, durante a “Primavera Marcelista”, e o casal passou a integrar o corpo docente do Laboratório de Física, hoje DF Ciências ULisboa. Desde essa altura e até à sua aposentação em 1996/1997, dedicou-se sobretudo ao ensino, especialmente da Mecânica, da Mecânica dos Meios Contínuos e da Mecânica Analítica, contribuindo assim para a formação não só de centenas de físicos e químicos mas também de todos os que teve como colaboradores na docência”.

Grupo de pessoas
Maria Helena Carvalho de Sousa Andrade e Silva, Fernanda Palha Barros, José Nunes Ramalho Croca, Ana Isabel Seruya e João Luís Andrade e Silva
Imagem cedida por JNRC

"Continuará a ser recordada como uma professora ímpar, sempre disponível para aprofundar uma discussão ou esclarecer uma dúvida, e com uma personalidade excecional, fortemente empenhada em ouvir e ajudar os outros."
Ana Nunes, José Pedro Mimoso e Ana Simões

José Manuel Rebordão, presidente do DF Ciências ULisboa, também expressa a sua opinião sobre a vida académica da Professora. “Maria Helena é certamente uma das docentes do DF Ciências ULisboa de que os mais velhos guardam memória, respeito e afeto particulares, pela excelência da sua docência e humanidade do seu relacionamento com alunos, professores e funcionários, como professora e como pessoa”, acrescentando a propósito do triste acontecimento, que foi com muito pesar que soube do seu falecimento.

Também Pedro Almeida, subdiretor da Faculdade, declara que teve o prazer de conhecer a Professora, assim que iniciou os estudos em Física nesta faculdade, salientando a sua simpatia, o seu cuidado em esclarecer dúvidas e a sua preocupação com o rigor. “No fim das aulas encontrava sempre tempo para esclarecer os alunos. Foi com ela que aprendi Mecânica, uma das principais disciplinas da Física, e o que aprendi com ela não esqueci. Agora que se juntou aos que a memória torna imortais, permanecerá como uma das referências do meu trajeto académico. Deixo à sua família e aos seus amigos as minhas mais sinceras condolências”, conclui.

ACI Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Jovem usa microscópio

A FCUL estimula a abertura permanente à sociedade civil, promovendo acontecimentos que visam a disseminação de conhecimentos e a interligação com diferentes agentes sociais.

Os vários objectivos do DEGGE: Tudo o que nos define, e tudo o que apoiamos

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

Páginas