Crónicas em Ciências

Finning: entre o capricho e o massacre

Tubarão

Finning: corte das barbatanas de tubarão ou raias seguido do seu abandono nas águas para uma morte agonizante

Imagem cedida pelos autores

Conhece a Rede Universitária e os nossos canais: https://linktr.ee/stopfinningpt

Aluna da Faculdade
Madalena Sottomayor
Imagem cedida por MS

Finning... outro estrangeirismo, supõe-se. Antes fosse! Descreve, porém, o corte das barbatanas a tubarões ou raias, seguido do seu abandono nas águas para uma morte agonizante por hemorragia ou asfixia. Sendo estes predadores de topo, esta prática, associada à sobrepesca, consiste num dos motivos do preocupante decréscimo das populações (Pacoureau et al. 2021), colocando em causa a vida saudável dos oceanos.

Dados da União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN) apontam 36% de espécies de tubarões e raias como ameaçadas. Por quê? Um mergulho na sua biologia, revela uma lenta taxa de reprodução e proles de baixo número. Sendo alguns indivíduos capturados imaturos (91% no caso da Tintureira (Vandeperre et al. 2020)), tornam-se incapazes de fazer face à crescente ameaça da pesca, diminuindo alarmantemente as populações.

Talvez o leitor comum descarte Portugal deste cenário. Errado. Tendo uma riqueza em 117 espécies de tubarões, raias e quimeras não as valoriza, sendo o terceiro país com mais capturas da UE (FAO), remetendo-nos para o supracitado finning.

A demanda por barbatanas reflete a luxuosa gastronomia da sopa de barbatana de tubarão, sendo o mercado asiático o seu maior importador.

Face à atual legislação, o finning foi vetado em 2003. Porém, o massacre continua.

Nota da redação

A iniciativa de cidadania europeia “Stop Finning – Stop the Trade” tem como objetivo o término da União Europeia como uma importante plataforma de trânsito para o comércio mundial de barbatanas. Segundo Bernardo Leal, biólogo, licenciado pela Ciências ULisboa, a iniciativa pretende que as barbatanas estejam por lei naturalmente ligadas ao corpo em todo o espaço europeu, de modo a permitir uma melhor fiscalização e conservação destes seres importantes.

A Rede Universitária, um grupo de estudantes do ensino superior, apelou à assinatura desta iniciativa, juntamente com outras entidades e personalidades. A recolha de assinaturas começou em janeiro de 2020 e terminou no final de janeiro deste ano. No total foram submetidas 1.201.932 declarações de apoio. Consulte as próximas etapas desta iniciativa.

Referências
- Vandeperre, F.; Parra, H.; Machete, M. 2020. A pesca com palangre de superfície nos Açores. Relatório do projeto COSTA (Consolidating Sea Turtle conservation in the Azores). Direção Geral das Pescas dos Açores. 10 pp
- Pacoureau, N., Rigby, C. L., Kyne, P. M., Sherley, R. B., Winker, H., Carlson, J. K., Fordham, S. V., Barreto, R., Fernando, D., Francis, M. P., Jabado, R. W., Herman, K. B., Liu, K. M., Marshall, A. D., Pollom, R. A., Romanov, E. V., Simpfendorfer, C. A., Yin, J. S., Kindsvater, H. K., & Dulvy, N. K. (2021). Half a century of global decline in oceanic sharks and rays. Nature, 589(7843), 567–571. https://doi.org/10.1038/s41586-020-03173-9

Madalena Sottomayor, aluna de mestrado em Biologia da Conservação da Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Ilustração de animais

A Âncora Editora define-se como uma editora generalista, que tem vindo a dedicar-se, sobretudo, à publicação de autores portugueses. Até agora A. M. Galopim de Carvalho é o autor com o maior número de livros editados.

O projecto de investigação NAADIR que envolve a Faculade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa e a Faculdade de Ciências da Universidade de L

Átrio do C6

Para os SASUL ainda é prematuro avaliar o Programa Alimentação UL, cujo orçamento se estima ser na ordem dos 192.000,00 €.

Iain Mattaj, diretor-geral do EMBL

“Estou impressionado com a energia que existe na Faculdade e o número de pessoas que aqui trabalham. Acho que estão bem organizados para trabalhar em equipa!”, declara Iain Mattaj, diretor-geral do European Molecular Biology Laboratory, depois de visitar alguns dos laboratórios da FCUL.

Logotipo da inicativa Programa Alimentação UL

O Menu Estudante custa 2,40€ e inclui sopa, prato principal, sobremesa, pão e bebida. A partir de fevereiro o Espaço Estudante, localizado no edifício C6, também vai dispor de micro-ondas permitindo dessa forma o aquecimento de refeições.

Ester Luísa Rodrigues Dias, professora jubilada do extinto Departamento de Educação da FCUL, faleceu no dia 11 de fevereiro de 2013.

As ações de formação e de sensibilização em segurança e saúde do trabalho procuram divulgar conhecimentos teóricos e práticos de maneira a prevenir acidentes de trabalho e doenças profissionais, permitindo também  intervenções eficazes e eficientes em casos de emergência.

Sala de aula com alunos sentados e tomando notas

"Os estudantes da FCUL, incluindo os estudantes de licenciatura, dispõem do background e conhecimentos certos para participar nestes módulos", esclarece Nathalie Gontier, coordenadora do laboratório AppEEL e das respetivas Escolas de Inverno e de Verão.

Rosto de Vera Carvalho

As inscrições para o programa Erasmus terminam a 10 de fevereiro. Se tens interesse neste programa de mobilidade conhece a história de Vera Carvalho, aluna Erasmus na Dinamarca.

Pormenor de obra de arte

Para os fundadores do AppEEL, este laboratório pode ser considerado o primeiro centro no mundo a reunir investigadores que estudam a evolução sociocultural a partir das teorias que formam parte da Síntese Expandida.

 

O Departamento de Matemática recebeu ontem, dia  4 de Fevereiro, cerca de 70 alunos (9º ano) do  Agrupamento de Escolas D. Miguel de Almeida - Abrantes.

Entre os empregos mais bem pagos contam-se os que estão ligados às engenharias.

Capa

Esta coleção de Livros Brancos foi organizada pela META-NET, uma rede de excelência parcialmente financiada pela Comissão Europeia, que levou a cabo uma análise dos recursos e tecnologias da linguagem atualmente disponíveis. A análise abordou as 23 línguas oficiais europeias assim como outras línguas importantes na Europa a nível nacional e regional. 

O Prémio João Branco é uma iniciativa conjunta da Universidade de Aveiro e da família do designer Jo

Dia 4 Fevereiro 2013 – 14:00h às 19:30h (Sala 2.2.15)

Primeiro plenário do IPBES

Grupo liderado por Henrique Miguel Pereira, investigador do Centro de Biologia Ambiental da FCUL, submete à apreciação da comunidade científica o desenvolvimento de um sistema de monitorização da biodiversidade baseado num conjunto de variáveis essenciais.

Rosto de Maria Antónia Amaral Turkman

“Ao longo dos últimos dois séculos a Estatística foi indispensável em confirmar muitas das maiores descobertas científicas e inovações da humanidade, tais como a partícula bosão de Higgs e a Revolução Verde na agricultura”, declaram Daniel Paulino, presidente da Sociedade Portuguesa de Estatística e Maria Antónia Amaral Turkman, coordenadora do CEAUL.

Dois artigos -- contando com docentes e investigadores do GeoFCUL no seu elenco de autores -- assinalados no “TOP 25 Hottest Papers” de Abril-Junho de 2011 da revista Journal of South American Earth Studies (Sciencedirect / Elsevier).

Henrique Leitão foi eleito membro efetivo da Académie International d'Histoire des Sciences, pela relevância da sua carreira e produção intelectual. Para o historiador das ciências foi uma “honra enorme” receber a distinção, “a maior ambição de qualquer estudioso ou cientista”.

Proposal for a REGULATION OF THE EUROPEAN PARLIAMENT AND OF THE COUNCIL.

Laying down the rules for the participation and dissemination in 'Horizon 2020 – the Framework Programme for Research and Innovation (2014-2020).

EUA represents over 850 universities and university associations across 47 European countries. Its highly diverse membership covers the full spectrum of universities participating in European research programmes.

Vai realizar-se de 18 a 20 de Março de 2013, em honra do Professor Ross Leadbetter, o "Symposium on Recent Advances in Extreme Value Theory ".

Páginas