A Universidade é Cidade

Cortejo académico na Aula Magna
Núcleo de Comunicação da RUL

Fantástico. Emocionante. Inspirador. Única. Memorável. A Sessão de Abertura do Ano Académico da nova Universidade de Lisboa foi especial: a academia entregou-se à cidade e ao mundo.

Nas palavras de J. M. Pinto Paixão a cerimónia foi “memorável” refletindo “uma atmosfera condicente com as culturas das duas universidades”. Para o diretor da FCUL, quando a universidade olha em redor, resolve muitos dos seus problemas, servindo melhor a sociedade em que se insere.

António Costa, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, considerou a cerimónia “inspiradora” presenteando os reitores António Sampaio da Nóvoa e António Cruz Serra com as medalhas de honra do município, em forma de “agradecimento pelo contributo extraordinário que as duas universidades têm dado ao longo destes anos para a cidade de Lisboa”. O autarca comentou ainda que a fusão da Universidade de Lisboa e da Universidade Técnica de Lisboa é uma excelente oportunidade para “recolocar Lisboa na rota internacional das universidades”.

Cortejo académico
Fonte: Núcleo de Comunicação da RUL
Legenda: A cerimónia foi transmitida em sistema de vídeo difusão

“Além de muito bonita foi de facto emocionante”, disse Helena Maria Iglésias Pereira. A professora do Departamento de Estatística e Investigação Operacional e presidente do Conselho Pedagógico da FCUL é uma presença assídua nestas ocasiões, por isso mesmo classificou-a como uma sessão “especial e mais emocionante do que o habitual”.

Também Maria Amélia Martins-Loução, professora do Departamento de Biologia Vegetal da FCUL, destacou a excelência e unicidade do momento. “Há mais de dez anos que assisto a estas cerimónias, esta de facto marca uma nova etapa da cidade e da universidade pública”, concluiu a antiga vice-reitora da UL.

A 16 de janeiro de 2013, a Aula Magna acolheu o primeiro ato comum após a publicação do decreto-lei, que procede à fusão entre a Universidade de Lisboa e a Universidade Técnica de Lisboa, em 31 de dezembro do ano passado. Nuno Crato, ministro da Educação e Ciência, apadrinhou o acontecimento com a sua presença.

Reitores da UL e UTL e ministro da Educação e Ciência
Fonte: Núcleo de Comunicação da RUL
Legenda: A sessão de abertura do ano letivo contou com representantes do Governo

No público, entre a expectativa, o entusiasmo e a incerteza quanto ao futuro, elaboravam-se considerações. A primeira palavra escolhida por Guida Carvalheiro para adjetivar a sessão foi “ fantástica”. A coordenadora do Núcleo de Compras e Património da Unidade de Recursos Financeiros e do Património da FCUL considerou a cerimónia simplesmente “simbólica”. Também João Costa, presidente da Associação de Estudantes do Instituto Superior Técnico, ficou satisfeito com o acontecimento e com a fusão das universidades: “Acho que é um grande passo para as instituições de ensino superior de Portugal, a criação de uma grande Universidade a nível nacional e com grande relevo a nível internacional. É um grande passo também para o futuro do país, daqui sairão jovens bastante qualificados que estarão presentes em grandes projetos a nível nacional e internacional o que será fundamental para o futuro do país”.

Para quem esteve e está envolvido no processo de fusão, como é o caso de Rui Malhó, subdiretor da FCUL, esta é “uma excelente oportunidade”, cabendo a cada um de nós tornar o nosso futuro risonho. Flávia Guerra, aluna do mestrado em Ecologia e Gestão Ambiental da FCUL e membro da VicenTuna, acredita que a mudança de paradigma pode incrementar a inserção profissional desta comunidade académica. “Vamos estar mais unidos e possivelmente mais reconhecidos a nível europeu”, disse.

Reitores da UTL e da UL
Fonte: Núcleo de Comunicação da RUL
Legenda: A Câmara Municipal de Lisboa atribuiu às universidades a medalha de honra municipal

A Sessão de Abertura do Ano Académico 2012/2013 foi transmitida em sistema de vídeo difusão através da página oficial da reitoria. Ao longo da cerimónia, muitos foram os momentos que uniram os altos representantes das duas universidades, a classe política, os docentes, os não docentes e os restantes convidados presentes na sala.

Ao som de Carlos do Carmo, cantou-se Lisboa, essa menina e moça que agora une duas forças do conhecimento, iluminando-as ao longo de um percurso exigente que se espera frutuoso.

Se a música foi uma presença constante… Antes do evento principiar e momentos antes da cerimónia findar as tunas, o Coro Infantil da UL e os Coros da UL e da UTL brindaram os convidados. Outras expressões culturais ecoaram no auditório: do cinema, à dança contemporânea, passando pela poesia com “Lisboa”, de Sophia de Melo Breyner, declamada por Ana Bacalhau, vocalista dos Deolinda e antiga aluna da Faculdade de Letras da UL e pela sabedoria de Eduardo Lourenço, que recebeu naquele final de dia o Prémio Universidade de Lisboa. E assim se deu ao mundo a academia…

Aula Magna
Fonte: Núcleo de Comunicação da RUL
Legenda: O Prémio Universidade de Lisboa foi entregue a Eduardo Lourenço

De olhos voltados para o futuro…

“Tem sido, mas tem sido mesmo, uma viagem extraordinária pela universidade pública, pela cidade e por Portugal. Quando os outros se calam nós falamos, quando os outros se resignam nós fazemos, quando os outros se demitem, nós não. A força que agora estamos a construir é para ser posta por inteiro ao serviço do Portugal Futuro. Chegou a hora de agir, de responder a um país que não se pode tornar cético ao ponto de descrer da própria vida. A crise, esta crise, não pode ser pretexto para regressarmos ao passado. Temos direito a um país livre, a um país limpo, a um país justo. Hoje, não venho falar-vos da nossa universidade, venho falar-vos de Portugal”, António Sampaio da Nóvoa, reitor da Universidade de Lisboa
Discurso completo

“Com a fusão das duas universidades construiremos uma universidade de investigação, comprometida com o ensino e a inovação, centrada nas pessoas privilegiará o mérito que estará envolvida com a sociedade portuguesa e a região de Lisboa. Uma universidade com dimensão europeia e aberta ao mundo. Esta universidade virada para o mundo juntará todos os domínios do saber e saberá ser global. (…) Uma universidade que reconquistará para Lisboa o seu protagonismo como uma das grandes capitais da cultura e do conhecimento”, António Cruz Serra, reitor da Universidade Técnica de Lisboa
Discurso completo

“Vergílio Ferreira escreveu: ‘Há o desejo que não tem limite e há o que se alcança, que o tem’. A felicidade consiste em fazer coincidir os dois. Hoje, confesso-me profundamente feliz por poder assistir, de tão perto, ao maior projeto educativo das últimas décadas. Graças aos que sonharam e persistiram seremos orgulhosos estudantes da maior universidade do país que representará o passado brilhante das instituições que lhe estão na origem e empenhará o conhecimento e a ciência como os verdadeiros fachos de luz na escuridão dos dias”, João Marecos, presidente da Associação Académica da Universidade de Lisboa
Discurso completo

“Este é um projeto que tanto tem de grande como de aliciante e do qual todos os agentes académicos envolvidos se devem sentir impelidos a superar com sucesso. Nesse sentido, os estudantes são preponderantes, pois serão a força viva de um organismo que se pretenderá vigoroso. Foi com a consciência desta premissa que os estudantes da Universidade Técnica de Lisboa, desde o início do processo, assumiram uma postura entusiasta, responsável e cooperante no sentido de identificar oportunidades, transmitir preocupações e indicar soluções”, José Pedro Pereira, presidente da Associação de Estudantes do Instituto Superior de Agronomia da UTL
Discurso completo

“Partilho dos fundamentos que estão na base da proposta da fusão e considero que há reformas a implementar que não têm sido possíveis implementar dadas as resistências instaladas. Um processo destes pode criar condições para que aconteçam, assim haja a coragem necessária”, Rafael Gaspar Serrenho, representante dos Funcionários da UL
Discurso completo
 

Ana Subtil Simões e Raquel Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt
Margarida Fortes, docente do Departamento de Biologia Vegetal de CIÊNCIAS dá uma aula em frente a um quadro com uma projeção imagética

Margarida Fortes, professora de CIÊNCIAS, visitou a Escola Secundária de Carcavelos para dar uma aula acerca da edição genética.

Um grupo de membros de Instituições do Ensino Superior, onde se inclui CIÊNCIAS, está reunido em frente a um jardim, em visita à Siemens

 A iniciativa teve como objetivo aproximar a academia do tecido empresarial.

Nuno Gonçalves alcança o segundo lugar na competição 3MT ULisboa.

Nuno Gonçalves foi distinguido com o segundo lugar, na final da competição ‘Três Minutos de Tese – 3MT ULisboa’, que se realizou esta quint

Inês Ventura

Inês Ventura, a desenvolver o seu doutoramento no Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE) e no Instituto de Biossistemas e Ciências Integrativas (

Universidade de Lisboa

A Universidade de Lisboa alcança a 260ª posição no QS World University Rankings (SUR) 2025, tornando-se na universidade portuguesa mais bem classificada neste ranking.

Signatários do acordo

Dia 5 de junho foi assinado o acordo para a construção do espectrógrafo ANDES (ArmazoNes high Dispersion Echelle Spectrograph – Espectrógrafo Echelle de alta dispersão do Armazones), entre o Observatório Europeu do Sul (

 Luís Carriço, Diretor de CIÊNCIAS, e David Gonçalves, Dean do Instituto da Ciência e do Ambiente da Universidade de São José (USJ) assinam acordo sentados a uma mesa

CIÊNCIAS assinou no dia 5 de junho um acordo de cooperação com o Instituto da Ciência e do Ambiente da Universidade de São José (USJ)

Equipa do projeto 'Ciências em Harmonia'

Esta terça-feira, 28 de maio, o projeto ‘Ciências em Harmonia’ assinalou o seu primeiro ano de atividades: um marco comemorado com um convívio informal com a comunidade, que

António Branco

António Branco, docente do Departamento de Informática de CIÊNCIAS, foi um dos oradores convidados da conferência que

Sabemos que no futuro um sismo de magnitude significativa voltará a atingir Lisboa. Não sabemos é quando. E se o pudéssemos prever? E se existisse uma probabilidade forte de ser já em 2027?

Ana Santos, finalista 3MT ULisboa

Ao longo dos próximos dias, daremos a conhecer os quatro finalistas de CIÊNCIAS que irão participar na final da competição

Painel e sessão de Perguntas & Respostas | Estreia de documentário

Perto de 120 pessoas assistiram este sábado, 25 de maio, à estreia do documentário ‘O que se esconde na luz? A ciência da missão espacial Euclid’, produzido pelo Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA).

Investigadores do Instituto Dom Luiz, de CIÊNCIAS, instalaram um sismómetro na Escola Básica Professor Delfim Santos, que se encontra a menos de um quilómetro do Estádio da Luz, em Lisboa, onde vão ter lugar os concertos.

Banner Bênção de Finalistas & Queima das Fitas 2024

Este fim de semana a Alameda da Universidade de Lisboa vai voltar a encher-se de finalistas de CIÊNCIAS e de tantas outras faculdades e universidades. A cerimónia de Bênção de Finalistas decorre amanhã dia 25 de maio, a partir das 11h30.

 

3MT ULisboa 2024

Quatro dos doze finalistas da competição ‘Três Minutos de Tese – Universidade de Lisboa’ são de CIÊNCIAS.

Pinguins-de-adélia

Num artigo agora publicado na Science, investigadores de instituições de renome a nível mundial propõem uma estratégia para envolver todas as partes interessadas na governança do Oceano Antártico através de um processo de ordenamento do espaço marinho (OEM) inteligente do ponto de vista climático.

Impressão artística da missão Euclides no espaço.

A 25 de maio (sábado), às 21h00, vamos ver e compreender as novas imagens de entre as maiores alguma vez feitas do Universo, no Grande Auditório de CIÊNCIAS (Edifício C3). A entrada é livre.

Redes Doutorais Marie Curie Projeto PROMOTE

CIÊNCIAS vai participar numa das propostas vencedoras do concurso 2023 das Redes Doutorais de Ações Marie Skłodowska-Curie (MSCA DN).

Foto de entrega de prémio aos vencedores

No âmbito do projeto Invasives e como atividade inserida na

Dia Nacional dos Cientistas - 16 de maio

O Dia Nacional dos Cientistas foi instituído em 2016 por Resolução da Assembleia da República com o objetivo de reconhecer e celebrar a contribuição vital dos cientistas para o progresso da sociedade.

CIÊNCIAS e OKEANOS em parceria para monitorizar biodiversidade e alterações dos ecossistemas marinhos

Projeto internacional SEAGHOSTS visa a monitorização e conservação das populações de painhos, as aves marinhas mais pequenas do planeta.

Reitoria da ULisboa

O CWUR 2024 avaliou de entre 20.966 instituições de ensino superior e atribuiu à ULisboa o 211.º lugar (top 1.1%) e a 80.ª posição no panorama europeu.

Páginas