Programa de Estímulo à Investigação

FCG premeia o melhor da ciência portuguesa

A Fundação Calouste Gulbenkian (FCG) continua a convidar jovens investigadores a apresentarem as suas ideias científicas, proporcionando condições para que essas mesmas ideias possam vir a ser testadas e desenvolvidas em contexto institucional. O objetivo do Programa é claro: estimular a criatividade e a qualidade dos jovens, com idade não superior a 26 anos, no contexto da investigação científica.

Os investigadores da FCUL, mais uma vez, agarraram a oportunidade e viram os seus projetos serem distinguidos. Na edição de 2011, Tomás Aquino, Ana Bastos e Jocelyn Lochan foram os galardoados da Faculdade, juntamente com outros cinco cientistas, num total de 60 candidaturas.

De realização anual, o concurso abrange temas de diversos domínios científicos, entre eles, Matemática, Física, Química e Ciências da Terra e do Espaço sendo que as áreas específicas variam de ano para ano, de acordo com a apreciação do júri. Na última edição, Matemática (Álgebra / Lógica Matemática); Física (Teórica / Experimental/Aplicada); Química (Água potável / Comida saudável / Ar puro) e Ciências da Terra e do Espaço (Geofísica / Astrofísica) foram as áreas abrangidas.

O prémio é atribuído a oito investigadores (dois em cada área científica) e traduz-se num incentivo financeiro total de 12.500 euros que é dividido em duas partes: 2500 euros destinam-se ao investigador, 10.000 euros à instituição de acolhimento, que fica encarregue de disponibilizar o montante ao jovem investigador de acordo com as suas necessidades para a concretização do trabalho.

Fonte: António C. Silva
Legenda: Programa de Estímulo à Investigação já premiou 34 jovens investigadores e 19 instituições da Universidade de Lisboa

Rita Rebelo de Andrade, técnica especialista do Serviço de Ciência da FCG, relata o balanço feito desta edição: “De acordo com a avaliação do Júri, os projetos de investigação selecionados, no concurso de 2011, revelaram uma boa preparação científica de base dos investigadores e apresentaram ideias inovadoras”. Para o Júri os concorrentes são “jovens promissores, com projetos de investigação de qualidade”. Segundo Rita Rebelo de Andrade, citando Miguel Seabra, presidente da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, os jovens selecionados pelo Programa “são o espelho de tudo o que vai bem na ciência portuguesa”.

Originalidade de Tomás Aquino, Ana Bastos e Jocelyn Lochan premiada em 2011

Foi com a proposta “Filodinâmica da Gripe A: um Modelo Simples para um Sistema Complexo” que Tomás Aquino foi premiado na área da Física. O aluno do Centro de Física da Matéria Condensada da UL explica em que consiste o projeto: “A gripe é um vírus cuja estrutura genética se altera muito e, portanto, é bastante difícil de ser combatido pelo sistema imunitário. Pretendemos compreender como é que este processo funciona, como é que o vírus da gripe evolui geneticamente e como evolui a sua propagação. O objetivo é, portanto, descrever e compreender o processo para depois prever o que se passa e aí espero poder contribuir para evoluções, por exemplo, ao nível da vacinação”.

Para Ana Nunes, professora do Departamento de Física da FCUL e orientadora do investigador premiado, “entender os mecanismos que regem à variação genética de agentes patogénicos tem aplicações que se revestem do maior interesse do ponto de vista social. Este projeto pretende contribuir na vertente metodológica para o estudo deste problema, desenvolvendo novas ferramentas de análise de modelos matemáticos que reflitam o essencial da complexidade destes sistemas”.

A proposta de Ana Bastos sobre “Influência da Variabilidade Climática na Dinâmica da Vegetação e no Ciclo do Carbono” foi a escolhida na área das Ciências da Terra e do Espaço.

A doutoranda do Instituto Dom Luiz, um laboratório associado organizado pela UL, sob orientação do investigador Ricardo Machado Trigo pretende “analisar a relação entre a variabilidade climática, a dinâmica da vegetação e a fixação de carbono pela biosfera na região Euro-asiática, com destaque para os impactos de fenómenos extremos como secas, ondas de calor ou grandes incêndios no balanço de Carbono”. Ricardo Machado Trigo salienta ainda que “os objetivos propostos na candidatura são considerados realistas dadas as excecionais capacidades da Ana para a investigação, tendo já um artigo publicado e outro aceite na temática da utilização de modelos de recuperação da vegetação que permitem a avaliação do comportamento da mesma após grandes incêndios florestais, em particular os que tenham ocorrido antes ou depois de secas severas”.

Fonte: Octávio Pinto
Legenda: Um dos trabalhados premiados pretende analisar a relação entre a variabilidade climática, a dinâmica da vegetação e a fixação de carbono pela biosfera na região Euro-asiática

Já Jocelyn Lochon, orientado pelo professor do Departamento de Matemática da FCUL, Carlos André, destacou-se na área de Matemática com o trabalho “Supercaracteres e Caminhos Aleatórios em p-grupos”. A investigação a desenvolver no Centro de Estruturas Lineares e Combinatórias da UL traduz-se da seguinte forma: “Num grupo finito G com um conjunto de geradores S, todo o elemento pode ser obtido multiplicando sucessivamente elementos de S. Pretende-se que o estudo da probabilidade do caminho aleatório associado atinga um dado elemento de G, depois de n etapas, e determine estimativas para que essa probabilidade seja uniforme”. Carlos André explica ainda que neste trabalho “é proposto o estudo destas questões em certos grupos de matrizes, usando técnicas desenvolvidas por P. Diaconis e outros, que relacionam áreas aparentemente díspares da Matemática: Álgebra e Análise, por um lado, e Probabilidades e Estatística, por outro”.

Resultados da edição de 2012 conhecidos até novembro

Os três vencedores desta edição juntam-se, assim, à já preenchida lista de premiados da Universidade de Lisboa (UL), pelo Programa de Estímulo à Investigação. No historial da Universidade contabilizam-se 34 vencedores desde que a iniciativa foi implementada, em 1994. A UL é a instituição com o maior número de premiados, seguindo-se as Universidades de Coimbra e Técnica de Lisboa, com 29 e 25 premiados respetivamente. Das 19 instituições da UL agraciadas pelo Programa, 13 estão associadas à FCUL, destaque para o Centro de Matemática e Aplicações Fundamentais e para o Centro de Física e Teórica Computacional, já que cada um deles foi distinguido por cinco vezes.

A próxima edição já está em desenvolvimento, as candidaturas dirigidas a investigadores portugueses que não tenham ainda obtido o grau de doutor estão abertas até 21 de setembro e recaem sobre as seguintes áreas: Matemática (Análise Funcional e Equações Diferenciais), Física Aplicada (Teorias, Modelos, Técnicas), Química (Química em ambientes extremos) e Ciências da Terra e do Espaço (Astronomia / Astrofísica / Cosmologia). Os resultados serão divulgados até 30 de novembro deste ano.

Os critérios de seleção do Programa regem-se pela qualidade da proposta apresentada e pela maturidade científica do subscritor. Para se candidatarem os interessados deverão submeter a sua inscrição através do site da Fundação Calouste Gulbenkian. Em 18 anos a FCG estimulou o melhor de 150 jovens cientistas, resta apenas desejar boa sorte aos candidatos deste ano!

Espólio info-Ciências digital
Programa Gulbenkian de Estímulo à Investigação 2007
Física em destaque
Ciências da Terra e do Espaço
Entrevista com...

Raquel Póvoas com Ana Subtil Simões, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
logotipo radar

Vigésima terceira rubrica Radar Tec Labs, dedicada às atividades do Centro de Inovação da Faculdade. A empresa em destaque é a NBI – Natural Business Intelligence.

pessoas observam a exposição

“De Lisboa para os Trópicos” é o nome da mais recente exposição da Ciências ULisboa, patente no átrio do edifício C6 desde 21 de abril e que vai estar em exibição até ao próximo dia 21 de junho. A mostra itinerante de fotografias assinala o 2.º aniversário do Colégio Tropical, uma unidade transversal da ULisboa.

Logotipo CHI 2022

A principal conferência internacional dedicada aos fatores humanos em sistemas computacionais distinguiu com a classificação de melhor apresentação 25 papers, destaque para o paper "Investigating the Tradeoffs of Everyday Text-Entry Collection Methods" sobre as vantagens e desvantagens de vários métodos de introdução de texto.

Margarida Amaral

Margarida Duarte Amaral dirigiu o Instituto de Biossistemas e Ciências Integrativas (BioISI) durante oito anos. Esta entrevista é sobre o passado, o presente e o futuro e como “o todo é maior do que a simples soma das suas partes”.

pin sobre palavra credit

Conceição Freitas, presidente do Conselho Científico da Ciências ULisboa, escreve sobre a prestigiante subida da ULisboa no Center for World University Rankings e no SCImago Institutions Rankings.

4 fotografias da envolução do terreno

Life Ribermine é o nome de um projeto ibérico responsável pelo restauro geomorfológico de minas em Portugal e Espanha. A  Associação Centro Ciência Viva do Lousal, da qual Ciências ULisboa é associada fundadora, é o único parceiro português do projeto.

Saco com logotipo da jobshop em destaque

A XII edição da Jobshop Ciências 2022 - a feira anual de emprego da Ciências ULisboa realiza-se nos próximos dias 11 e 12 de maio, no campus da Faculdade, no Campo Grande. Cerca de 80 entidades participam nesta edição e poderão contactar diretamente os estudantes, graduados e pós-graduados da Faculdade em stands, workshops e sessões de recrutamento. Além de empresas, também participam no acontecimento unidades de I&D da Faculdade.

Vários edificos - imagem com duas cores

Com foco na posição de Portugal em comparação com os restantes países europeus, a rubrica "Dados Contados" abordou temas como educação, desigualdade salarial, direitos LGBTQ+, impostos e imigração, entre outros, através de diversos indicadores estatísticos. Durante toda a produção, a autenticidade das fontes e a correta representação dos dados foram as duas principais preocupações.

duas pessoas a fazerem uma experiencia, e um monitor do Dia Aberto ao fundo a observar

Depois de duas edições com atividades online, o Dia Aberto em Ciências regressa este ano às atividades presenciais. A investigação científica e o ensino vão estar no centro da programação, abrangendo todas as áreas científicas. São mais de 70 as atividades disponíveis, entre visitas a laboratórios, atividades científicas, palestras, speed dating com cientistas, visitas ao campus e conversas rápidas sobre os cursos.

Henrique Leitão e Gracinda Gomes

Os cientistas da Faculdade foram eleitos sócios honorários da Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM), juntamente com outras quatro personalidades, duas delas da ULisboa. Atualmente a SPM tem nove sócios honorários.

Jaime A. S. Coelho, professor convidado do Departamento de Química e Bioquímica e investigador do polo desta faculdade do Centro de Química Estrutural, foi distinguido pela Sociedade Portuguesa de Química (SPQ) com o Prémio para Melhor Químico Orgânico Jovem 2021.

Alunos na biblioteca do C8

Os artigos da revista Astronomy & Astrophysics (A&A), uma das principais revistas científicas de Astronomia do mundo, já são publicados em acesso aberto, através do subscribe-to-open (S2O), um modelo de ciência aberta por assinatura.

5 quitones

Artigo científico publicado no Journal of Paleontology dá conta da descoberta em Portugal de duas novas espécies de moluscos marinhos do Pliocénico (há cerca de 3,6 Ma) . O cientista Carlos Marques da Silva é um dos autores deste trabalho.

pessoa a ver uma fotografia da exposição

Crónica sobre a exposição “De Lisboa para os Trópicos”, da autoria de Rúben Oliveira e Teresa Vaz, curadores da mostra e que a partir de 21 de abril e até 21 de junho vai estar em exibição no átrio do edifício C6, no campus da Faculdade.

Cinco oradores e vários alunos a assistir

A Matemática une. O tema das comemorações do Dia Internacional da Matemática 2022 reflete o espírito de quem organiza atividades de divulgação científica, na Faculdade e fora dela, e também de quem participa. Fique a par das atividades do IDM, e conheça a opinião de estudantes e professores.

Logotipo das comemorações do Dia da Faculdade

Após dois anos a comemorar um aniversário de forma remota, em 2022, a comunidade da Faculdade volta a reunir-se no grande auditório da Ciências ULisboa para celebrar os 111 anos da instituição, criada por decreto a 19 de abril de 1911. A cerimónia comemorativa acontece no próximo dia 27 de abril, a partir das 14h00.

Logotipo da olimpíadas

A semifinal das Olimpíadas de Química Mais (OQ+) e a semifinal das Olimpíadas de Química (OQ) Júnior acontecem, respetivamente, nos próximos dias 30 de abril e 7 de maio, no campus da Faculdade. Professores e estudantes do Departamento de Química e Bioquímica colaboram em ambos os eventos.

Mercado de Santa Clara

"A sustentabilidade económica e escalabilidade dos sistemas agroecológicos é um objetivo difícil de atingir, mas sem dúvida necessário", escreve Inês Costa Pereira, da equipa da Caravana AgroEcológica, a propósito do 4.ª Dia Aberto de Produtores.

Unidade de colimação

O grupo de Instrumentação do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço  produziu nos laboratórios da Ciências ULisboa uma peça essencial para o sucesso da missão espacial PLATO, designada unidade de colimação. Segundo notícia publicada no site do IA, duas delas já estavam previstas no âmbito do consórcio, a terceira acontece por encomenda direta da Agência Espacial Europeia.

Barco

Eduardo Sampaio, aluno de doutoramento da Faculdade, participou num documentário em Cabo Verde a bordo de um barco chamado Captain Darwin, como conta nesta crónica. Este mês a Science também publica uma carta da sua autoria, a propósito de uma das aventuras vividas durante parte desta viagem.

José Ribeiro, Pedro Machado e João Dias

Um estudo do IA Ciências ULisboa analisa observações da luz infravermelha dos planetas Vénus, Marte e Júpiter comparando-as com simulações do Planetary Spectrum Generator. Artigo inclui entrevista com o autor principal do artigo, alumnus da Faculdade.

Musaranho

O musaranho-de-dentes-brancos (Crocidura russula) está em expansão na Europa e foi identificado como tendo um carácter invasor em algumas ilhas, nomeadamente na Irlanda.Segundo comunicado de imprensa pulicado esta segunda-feira no EurekAlert!, a descoberta é feita por um grupo de investigadores do CESAM Ciências ULisboa e do Institute of Environmental Biology da Adam Mickiewicz University, na Polónia.

Mesa de trabalho com computador e utilizador

O redesenho do portal é um projeto da responsabilidade da Direção, Direção de Serviços Informáticos, Gabinete de Gestão de Informação e Departamento de Informática (DI). No âmbito desta iniciativa, Carlos Duarte, professor do DI Ciências ULisboa e membro da equipa, convida os utilizadores do portal a participar num breve estudo.
 

ETAR

A eficiência de remoção da carga do vírus responsável pela COVID-19 nos processos de tratamento das águas residuais em Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) é uma das conclusões mais relevantes do projeto de investigação SARS Control.

microscópio

Ciências ULisboa participou na Semana Internacional do Cérebro com palestras e demonstrações em laboratório. A cientista Diana Cunha-Reis destaca a importância da atividade no que diz respeito à partilha da interdisciplinaridade existente na Faculdade junto de alunos do ensino secundário.

Páginas