Descoberta

Dinossáurio em Portugal há cerca de 140 milhões de anos


Imagem de alguns fósseis do exemplar identificado
Fonte Elisabete Malafaia

Trabalhos de preparação de fósseis desenvolvidos no Laboratório de Paleontologia da Sociedade de História NaturalPara o alcance de bons resultados, tem sido também fundamental a colaboração do “Sr. Joaquim”, colecionador que cedeu à Câmara Municipal de Torres Vedras um conjunto de exemplares reunidos desde há 20 anosFoi há seis meses que o trabalho sobre o registo de dinossáurios terópedes do Jurássico Superior de Portugal, inserido no projeto de doutoramento da aluna de Ciências, Elisabete Malafaia, teve início.

Tudo começou quando José Joaquim, colecionador, cedeu à Câmara Municipal de Torres Vedras um conjunto de exemplares reunidos desde há 20 anos, provenientes da praia de Valmitão (Lourinhã). A autarquia entregou a coleção à Sociedade de História Natural e, na sequência de trabalhos de inventariação e revisão, foram encontrados os fósseis atribuídos a um dinossáurio carnívoro terópode, estreitamente relacionado ao género Ceratosaurus do Oeste dos Estados Unidos.


Para o alcance de bons resultados, tem sido também fundamental a colaboração do “Sr. Joaquim”, colecionador que cedeu à Câmara Municipal de Torres Vedras um conjunto de exemplares reunidos desde há 20 anos​
Fonte Elisabete Malafaia

 

A presença deste dinossáurio em Portugal tinha sido proposta com base em elementos escassos de um único indivíduo, descrito no ano de 2000, e na análise de alguns dentes isolados. O decorrer deste estudo, liderado pela investigadora Elisabete Malafaia, permitiu verificar que o exemplar previamente descrito e o material agora identificado, constituem o registo mais completo de ceratossáurios na Península Ibérica e o mais completo registo do género Ceratosaurus fora da América do Norte.
 

Os fósseis portugueses acrescentam, assim, informação importante para o conhecimento da evolução palebiogeográfica deste grupo de terópodes, e contribuem para testar de que forma essa evolução foi afetada pela abertura do Atlântico Norte.

A relevância e o interesse do trabalho fez com que fosse publicado, em maio, na revista Historica Biology.
 


Trabalhos de preparação de fósseis desenvolvidos no Laboratório de Paleontologia da Sociedade de História Natural​
Fonte Elisabete Malafaia

A equipa, regida por “um forte sentido de interajuda e cooperação”, é composta por investigadores de diferentes instituições que formam o grupo de investigação da Sociedade de História Natural de Torres Vedras e que envolvem a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e o grupo de Biologia Evolutiva da Universidade Nacional de Educação à Distância de Madrid (UNED). Para o alcance de bons resultados, tem sido também fundamental a colaboração do “Sr. Joaquim” que, como explica a coordenadora do projeto, “nos vai passando informação, nomeadamente do local preciso onde encontrou os exemplares, em que circunstâncias, a posição relativa dos diferentes elementos, [entre outros elementos] ”.

Aluna de Ciências desde 2011, Elisabete Malafaia evidencia o facto de os ensinamentos adquiridos em Ciências estarem na base das investigações que tem desenvolvido já que, como refere, “foi através deles que adquiri os conceitos e conhecimentos que me permitem desenvolver o estudo dos materiais”.
 


Atividades de escavação desenvolvidos pela SHN em Cambelas, Torres Vedras
Fonte Elisabete Malafaia

“O trabalho da Elisabete Malafaia vem na linha dos estudos científicos que o nosso Departamento de Geologia tem vindo a promover nos vários domínios do conhecimento paleontológico, quer os que se referem a vários grupos de microfósseis quer aos que envolvem grupos de macrofósseis de invertebrados e de vertebrados. Neste último caso, destacam-se os estudos que têm sido realizados sobre dinossáurios quer na forma de icnofósseis (pegadas) quer de somatofósseis (ossos e dentes), como é o caso a que se refere esta notícia”, explica o professor de Ciências e orientador da doutoranda, Mário Cachão.
 


Trabalhos de escavação com o professor Mário Cachão
Fonte Elisabete Malafaia

Quanto ao acompanhamento pelo professor de Ciências, a investigadora carateriza-o como sendo “extremamente importante, tanto pela sua orientação relativamente aos métodos e ferramentas utilizados no decorrer dos trabalhos como pela troca de ideias relativamente às hipóteses testadas e aos resultados obtidos”.
 


Trabalhos realizados por Ivan Gromicho, ilustrador científico
Fonte Elisabete Malafaia

Para além de querer prosseguir os projetos de investigação sobre paleontologia de dinossáurios, Elisabete tem também interesse na história e coleções de Geologia e Paleontologia, bem como em projetos de divulgação de ciência.
Por agora, seguem os trabalhos do estudo deste dinossáurio, que esteve em Portugal há cerca de 140 milhões de anos.

Raquel Salgueira Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura
info.ciencias@fc.ul.pt

Estão a ser enviadas, desde o passado fim de semana (3/11), mensagens de correio eletrónico para alguns utilizadores de contas fc.ul.pt com solicitação de preenchimento de formulários web ou respostas via mail com dados pessoais dos utilizadores.

Devido ao numero excessivo de mensagens falsas que nos últimos tempos têm chegado às caixas de correio dos utilizadores da FCUL, algumas delas dando a entender que são enviadas de endereços internos, fomos obrigados a tomar medidas mais restritivas em relaç

Boletim da Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) integra Portal RCAAP

Alunos brasileiros

A Faculdade de Ciências recebeu cerca de 70 alunos de mobilidade, vindos do Brasil.

Aula aberta - Mestrado em Biologia Molecular e Genética

7 de Novembro, 11:00, sala 2.4.16

 

INFORMAÇÃO

Recent years have witnessed the emergence of new sequencing technologies that are revolutionizing the approach to public health problems.

Na FCUL existe uma unidade curricular designada Projeto Empresarial. Esta “cadeira”, comum ao ISCTE-IUL, prepara os alunos para a realidade empresarial e tecnológica. No total, cerca de 300 alunos já a frequentaram.

Carlos Rafael Mendes

A tese do antigo aluno da FCUL, Carlos Rafael Borges Mendes e recentemente premiada, contou com a orientação conjunta das professoras Vanda Brotas e Virginia M. Tavano.

Web of Science Book Citation Index - Trial para todos os membros b-on

Estão abertas as inscrições para a disciplina que promove o empreendedorismo - Projeto Empresarial. Todos os alunos de mestrado ou nos dois últimos anos de mestrado integrado podem candidatar-se até dia 16 de novembro.

A FCUL, bem como toda a Universidade de Lisboa está sem acesso à Internet desde cerca das 11:45 da manhã.

Professora Olga Pombo, autora do livro "O Círculo dos Saberes"

“Estou convencida que a imagem do círculo constitui um arquétipo, uma determinação conceptual prévia a toda a investigação”, defende Olga Pombo, docente na FCUL e autora do livro “O Círculo dos Saberes”.

Imagem ilustrativa do livro "O Círculo dos Saberes"

“A apresentação do livro seguirá um formato sério e discreto. O professor Shahid Rahman fará uma apresentação e apreciação do livro e eu agradecerei todas as suas palavras, sejam elas elogiosas, sejam críticas", afirma a autora Olga Pombo.

Trial para todos os Membros da b-on.

Pessoas a correr junto ao Marquês de Pombal

A primeira Corrida da Ciência aconteceu o ano passado por ocasião das celebrações dos 100 anos da FCUL. A edição deste ano integra-se na 2.ª Edição do AmbientALL – Universidade em Movimento.

O concurso de programação destina-se a alunos universitários e este ano junta 16 equipas, oriundas de oito instituições universitárias portuguesas. A equipa da FCUL chama-se BigO(1).

Imagem da professora Maria José Boavida

“Colega amiga”, “orientadora empenhada e humanista” e “investigadora solidária”, assim se recorda Maria José Boavida (1948 – 2012).

Desenho do campus da FCUL

As tabelas e notas científicas, assim como as regras elementares de segurança em laboratórios são algumas das mais-valias deste “livro”.

A fim de cumprir com o estabelecido no Regulamento Eleitoral, o Caderno Eleitoral para a eleição do Presidente do Departamento de Estatística e Investigação Operacional está disponível para consulta.

 O projecto CAMPUS UL realizado pelos alunos de mestrado em Engenharia Geográfica no âmbito das disciplinas de Fotogrametria Analítica e de Produção Cartográfica ganhou o segundo prémio no concurso internacional de projectos com fins educativos

lâmpada

"Criar, transferir e valorizar economicamente o conhecimento científico" é a causa primária do renovado centro de inovação, situado no campus da FCUL.

Hoje, quarta-feira, dia 10 de Outubro de 2012, registou-se uma quebra no acesso à Internet pelas 17h00 por cerca de 5 minutos.

A causa foi externa à Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e ainda não fomos informados das suas causas.

Estão abertas três vagas para bolseiros para a Unidade de Informática

Páginas