Ciências no FIC.A – Festival Internacional de Ciência

Última Revisão —
Logotipo da iniciativa - banner promocional

O FIC.A é organizado pela Senciência. De 12 a 17 de outubro, o Festival abre portas para o público geral entre as 10h00 e as 22h30

FIC.A

Entre 12 e 17 de outubro de 2021 realiza-se a primeira edição do FIC.A - Festival Internacional de Ciência, no Palácio e Jardins do Marquês de Pombal, em Oeiras. Ciências ULisboa está  representada neste evento, com dezenas de atividades ao longo de seis dias.

A Faculdade conta com uma tenda permanente no FIC.A, de entrada livre, em que ao longo dos seis dias do evento são apresentadas dezenas de atividades hands-on que refletem as várias áreas de conhecimento da instituição: da Biologia à Matemática, da Geologia à Química e Bioquímica, da História e Filosofia das Ciências à Informática.

Ciências ULisboa apresenta também um programa completo de atividades para escolas e grupos (sujeitas a inscrição prévia, gratuita, na página do Festival), bem como diversas palestras. A programação completa da Ciências ULisboa no FIC.A pode ser consultada no site da Faculdade. Vários investigadores da Ciências ULisboa participam ainda em conversas, palestras e outras atividades durante o Festival.

Tantas e tão diversas atividades só se tornam possíveis graças ao empenho e dedicação dos investigadores que acreditam na importância de comunicar o trabalho que realizam “dentro e fora de portas” - em casa, nos gabinetes, laboratórios ou em saídas de campo -, com a sociedade, representando Ciências ULisboa neste evento. Alguns dos eventos em destaque na página do FIC.A: "Ciência e Arte: afinidades admiráveis e diferenças sublimes" tem como oradora Olga Pombo; "O lado brilhante do Universo" tem como orador José AfonsoOutros convidados também estão em destaque na página do FIC.A, como é o caso de Galopim de Carvalho, Jorge Palmeirim, Martina Panisi.

“Uma das mais nobres missões da Ciências ULisboa é promover a literacia científica. Assim sendo, logo que fomos contactados pela organização do FIC.A aceitámos entusiasticamente o convite, mobilizando em seguida um conjunto significativo de recursos internos de modo a poder cumprir este objetivo. Para além de divulgar a ciência, queremos mostrar alguma da excelente investigação que se faz na Faculdade, aproximando público e investigadores, outro dos nossos objetivos”, refere Pedro Almeida, subdiretor da Faculdade, com o pelouro da comunicação.

“Estamos certos de que esta vai ser a primeira de muitas participações da Ciências ULisboa neste festival e queremos desde já dar os parabéns à organização por esta iniciativa que tem um cariz cada vez mais necessário nos nossos dias.”
Pedro Almeida

O Festival conta também com três cientistas da Ciências ULisboa entre os seus curadores – especialistas de vários sectores convidados pela organização para contribuir para a programação enquanto fórum de auscultação de ideias e propostas apresentadas. São eles Catarina Pombo Nabais (CFCUL), em representação da área de Ciência, Arte e Filosofia; Henrique Leitão (CIUHCT), em representação da área da História da Ciência e Maria Amélia Martins-Loução (cE3c), em representação da área de Ecologia.

A Associação Portuguesa de Mulheres Cientistas (Amonet), presidida por Maria José Costa, também participa no Festival, destaque para a oficina "A ciência não escolhe género: Cientistas, Química e Ambiente". A convite da Sociedade Portuguesa de Ecologia (Speco), presidida por Maria Amélia Martins-Loução, Vanda Brotas apresentou um dos seus livros "A Menina que via o mar de várias cores" e falou para crianças e adolescentes sobre fitoplâncton, a cor do mar e o ciclo do oxigénio e carbono, durante a manhã de dia 15 de outubro.

O FIC.A é organizado pela Senciência. De 12 a 17 de outubro, o Festival abre portas para o público geral entre as 10h00 e as 22h30. O evento é bilingue Português/Inglês, não sendo disponibilizada tradução. "O FIC.A vem afirmar a importância de enraizar a ciência na sociedade, na consciência e vida de todos. Desejamos, por isso, que todos se sintam bem-vindos no Festival, que sintam que o evento foi pensado para eles e para cada um, e, sobretudo, para os menos interessados e incluídos. Assim, para cativar e surpreender a todos, desenvolvemos uma forte componente artística e cultural, que inclui música, cinema, teatro, literatura, artes digitais e até artes têxteis", diz Rúben Oliveira, diretor científico, cofundador da Senciência, antigo aluno da Ciências ULisboa e um dos colaboradores do projeto CIRCULARES

logotipo
Logotipo da iniciativa

Marta Daniela Santos com ASS, ACI Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas