Engenharia Biomédica e Biofísica

O sonho de Liliana Caldeira

Liliana Caldeira junto aos posters
Cedida por Liliana Caldeira

Ainda que o desemprego continue a aumentar e seja o cenário de muitos jovens portugueses, há sempre histórias de sucesso, de pessoas que têm o privilégio de estudar e trabalhar numa área que apreciam, ao ponto de marcarem a diferença. Liliana Caldeira, de 27 anos, é uma dessas pessoas – sortudas, esforçadas e especialmente talentosas -, como o senso comum costuma apelidar.

“Durante o doutoramento, penso que as maiores facilidades foram trabalhar numa área muito interessante e por isso, estar constantemente motivada”. Liliana Caldeira iniciou o doutoramento em Engenharia Biomédica e Biofísica no Instituto de Biofísica e Engenharia Biomédica da FCUL, em colaboração com o Institute of Neuroscience and Medicine, na Alemanha, em 2008. Desde esse ano trabalha como investigadora para a Siemens Healthcare Portugal. Durante este período sempre sentiu o apoio dos seus orientadores - os professores Pedro Almeida, Hans Herzog e Jurgen Scheins -, facto que a ajudou a crescer e a levou a participar na conferência "PET/MR and SPECT/MR: New Paradigms for Combined Modalities in Molecular Imaging", ganhando o prémio para melhor poster, em maio passado, na ilha de Elba, em Itália.

A distinção feita ao poster "Evaluation of Two Methods for using MR Information in PET Reconstruction”, durante a conferência que juntou os mais reconhecidos investigadores e industriais do setor, foi muito importante para Liliana Caldeira, inspirando-a nesta fase final da sua tese. “Durante a conferência, ganhei nova inspiração para escrever a tese e os artigos resultantes desta investigação. Além disso, reforcei a minha vontade de continuar na investigação, que sempre foi o meu sonho”, refere a jovem que concluiu o ensino secundário com a média final de 19 valores e alcançou, no primeiro ano do bacharelato em Engenharia Biomédica, no Instituto Superior Técnico, o diploma de melhor aluna do seu curso.

Até ao final do ano, Liliana Caldeira pretende defender a sua tese, solicitada para isso, deixa um conselho para aqueles que iniciam agora o doutoramento: “Pensem nos resultados concretos que pretendem alcançar, nomeadamente conferências a que pretendem ir e artigos que pretendem publicar. E depois comecem a trabalhar nestes objetivos o mais cedo possível, pois na defesa do doutoramento este fator é muito valorizado, assim como na continuação da investigação”.

A jovem investigadora desenvolve o seu trabalho de doutoramento na área emergente da imagem simultânea em Medicina Molecular (Tomografia por Emissão de Positrões - PET) e anatómica obtida por Ressonância Magnética (MRI), centrando-se na otimização dos processos de obtenção de imagem utilizando informação simultânea PET/MRI cerebral.

De acordo com Pedro Almeida, um dos orientadores da jovem e diretor do IBEB-FCUL, os primeiros sistemas clínicos que permitem obter este tipo de informação médica, menos de uma dezena em todo o mundo, foram recentemente instalados, facto que tem motivado grande interesse junto da comunidade médica, em particular para o estudo do cérebro. Para o docente do Departamento de Física da FCUL, o galardão atribuído recentemente a Liliana Caldeira é “uma enorme honra” e muito merecido já que o estudo que tem vindo a realizar possibilitou uma melhoria significativa da qualidade das imagens PET. “Foi possível demonstrar uma melhoria significativa da qualidade das imagens PET utilizando conhecimento prévio sobre a anatomia dos pacientes utilizando dados de MRI e processos de reconstrução de imagem desenvolvidos pela Liliana durante o seu doutoramento”, conclui.

Sem planos concretos para o futuro, mas com um desejo claro de continuar a trabalhar na área da investigação do PET/MRI, a próxima etapa passa por concluir com êxito o doutoramento, cuja principal dificuldade inicial passou por encontrar colaboradores em Portugal.

Ana Subtil Simões, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt
Susana Custódio

Como é que são gerados os tremores de Terra? E os tsunamis? Como é que nós reconhecemos no terreno a existência de tsunamis antigos? Porque é que na Nazaré vemos ondas tão grandes? Todos estes fenómenos são o reflexo de um enorme dinamismo do nosso planeta.

SCOPUS é também uma ferramenta para estudos bibliométricos e avaliações de produção científica.

Na cobertura dos edifícios da Universidade de Lisboa foi recentemente instalada a maior central fotovoltaica da cidade de Lisboa. Para além da bela vista sobre o Jardim do Campo Grande, vamos poder apreciar os desafios e o potencial dos telhados urbanos para produção de eletricidade solar.

A empresa SISCOG – Sistemas Cognitivos, SA, procura candidato para integrar a sua equipa.

J. A. Quartau

Na verdade, considerando apenas as abelhas, se estas fossem recompensadas pelo seu trabalho na polinização dos pomares e de outras plantas cultivadas, teríamos que lhes pagar como fatura anual global pelo menos setenta mil milhões de euros, a que seria ainda necessário adicionar várias centenas de milhões pelos lucros adicionais com a produção de mel e de cera.

Livre acesso a trabalhos dos cientistas laureados com o Prémio Nobel 2013

Palmira Carvalho, Raquel Barata e David Felismino

O Jardim Botânico deve, mais do que nunca e no futuro, ser encarado como um espaço de coesão urbana, fundamental e complementar ao espaço edificado e à sua articulação com a envolvente, em termos ecológicos, estéticos, culturais, históricos, sociais e económicos.

As aulas de Projeto Empresarial começam em fevereiro de 2014. Enquanto o 2.º semestre não chega, a FCUL desafia os alunos a testarem ideias no passatempo do Tec Labs Centro de Inovação da FCUL e quem sabe participar na 2.ª edição do YA Bootcamp.

8 de Novembro no GeoFCUL. Campo Grande, Lisboa.

Torre meteorológica

Para comemorar o seu aniversário, o IDL organizou uma pequena exposição com o título “160 anos do IDL: 150 anos do Observatório” a decorrer até ao dia 22 de novembro, no hall do edifício C6 da FCUL.

É fundamental que cada jovem se assuma como gestor da própria carreira, devendo ser dinâmico e proativo no que toca à sua inserção profissional.

Dynamics of calcite cementation

Conferência dia 14 de Novembro, 16h00, sala 6.1.36, C6, FCUL, Campo Grande, Lisboa.

Some scientific events are being organized by CIO's members.

To get a detailed list of those events and more informations, click here!

Para pesquisa de ofertas de emprego na área de Estatística consultar site:www.statjob.com

 

Nos termos previstos no Regulamento das Bolsas de Investigação do IHMT, informa-se que se encontra publicitado nos sites da FCT e do IHMT, o Edital do concurso para atribuição de uma

A FCUL vai ser representada pelas equipas Bytech e StackTracers compostas por alunos do segundo ano da licenciatura em Engenharia Informática.

Collapse Caldera Systems

Conferência no dia 28 de Outubro, 17h00, Edifício C6, FCUL, Campo Grande, Lisboa.

Teresa Chambel

“Multisensory Mixed Reality with Smell and Taste” é o título da palestra do orador convidado Adrian Cheok, professor de Pervasive Computing, na City University London, no Reino Unido.

A Corda Pelo Botânico

O encontro estava marcado para sábado, 19 de Outubro, pelas 16h para começar a esticar mais de 1 km de corda desde a Praça da Alegria e do jardim do Príncipe Real até ao Jardim Botânico.

A instalação de iluminação solar nas escolas remotas nas ilhas de São Tomé e Príncipe, perto do equador, na África Ocidental foi um dos objetivos deste projeto, que pretendeu contribuir para o aparecimento de um mercado local na área da energia solar fotovoltaica.

O modelo foi aplicado ao campus da FCUL mostrando que o aproveitamento da radiação solar nas fachadas dos edifícios permite duplicar o seu potencial solar.

A Qmetrics, SA, empresa de consultoria nas áreas de gestão, estudos de mercado e relacionamento com o cliente, oferece estágio profissional. O candidato deverá apresentar grau académico em

Apesar de já existir há dois anos e meio, numa altura do ano em que chegam à FCUL mais algumas centenas de novos alunos, é importante divulgar a existência do Sistema de Impressão da FCUL para alunos.

Páginas