Engenharia Biomédica e Biofísica

Nevaro ganha bronze na China

A Nevaro, uma spin-off da Ciências ULisboa, fundada por Francisca Canais e Rita Maçorano, duas alunas do mestrado integrado em Engenharia Biomédica e Biofísica (MIEBB), e por Hugo Ferreira, professor do Departamento de Física e investigador do Instituto de Biofísica e Engenharia Biomédica da Faculdade, participou na 2.ª edição do prémio “Internet +” de inovação e empreendedorismo da China e países de língua portuguesa para estudantes universitários, ganhando no final do concurso o prémio de bronze.

Prova de Mestrado "Prostate Cancer Biochemical Recurrence Prediction After Radical Prostatectomy Using Machine Learning Analysis of Histopathology"

Carolina Alexandra Carrapiço Seabra defende a dissertação "Prostate Cancer Biochemical Recurrence Prediction After Radical Prostatectomy Using Machine Learning Analysis of Histopathology".

“Estou pronta para abraçar este novo desafio!”

No ano letivo de 2019/2020, todos os estudantes de Ciências ULisboa que tenham interesse e dúvidas sobre as carreiras da União Europeia (UE) poderão contactar Catarina Hoosseni por email eucareers.fcul@gmail.com ou via LinkedIn! A aluna de Ciências ULisboa do último ano do mestrado integrado em Engenharia Biomédica e Biofísica está disponível para aconselhar e explicar todo o processo de recrutamento na UE!

SensUs 2019

"Fomos os mais rápidos, mas não conseguimos trazer o troféu para casa. Não importa, a jornada já foi o próprio prémio." Crónicas em Ciências com o professor Hugo Ferreira. O tema em foco é a competição internacional de estudantes universitários SensUs e a equipa da ULisboa que competiu ao lado de outras 13, provenientes de universidades da Europa, América do Norte, China e Egito.

Prova de Mestrado "Development of an image processing pipeline for the study of cortical lesions in multiple sclerosis patients using ultra-high field MRI"

Marta Filipa Mateus Marques defende a dissertação "Development of an image processing pipeline for the study of cortical lesions in multiple sclerosis patients using ultra-high field MRI".

Páginas