Opinião

Compostor FCUL

Um ano: 40m3 de resíduos e 11,2 toneladas de composto

pilhas de compostagem

Arejamento das pilhas de compostagem

HortaFCUL

A compostagem, apesar de recente na FCUL, é um processo bastante natural e conhecido da nossa espécie. Os primeiros registos datam de há 4500 anos, na Mesopotâmia.

Produziu-se cerca de 11,2 toneladas de composto fino, que tem sido utilizado no viveiro para a propagação de plantas, nos vários projetos e canteiros da HortaFCUL, doação a voluntários e partilhados com a comunidade FCUL na banca da dádiva.

Desde então, vários povos e civilizações - incluindo os romanos, gregos, egípcios e chineses -, amontoavam em pilhas a matéria vegetal, estrumes, restos de comida ou outros resíduos orgânicos, deixando-os a decompor onde eram posteriormente devolvidos ao solo, com o intuito de os fertilizar e nutrir. No entanto, após a II grande Guerra Mundial, com o auge da industrialização, surge a crescente utilização de fertilizantes químicos e os métodos tradicionais de fertilização acabaram por cair em desuso e esquecimento.

pilhas de compostagem
Arejamento das pilhas de compostagem
Fonte HortaFCUL

Com a temática da sustentabilidade este é um tema que volta a estar na agenda, e a FCUL tem dado o exemplo. O compostor da FCUL foi inaugurado há pouco mais de um ano, em 27 de novembro de 2016, numa parceria entre a HortaFCUL, o Gabinete de Segurança, Saúde e Sustentabilidade da FCUL e o cE3c - Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais, pelo que esta é uma excelente desculpa para refletir sobre este primeiro ano de vida.

Rosto de David Avelar
David Avelar

Rosto de Floriam Ulm
Floriam Ulm

 

Rosto de Gul Penha-Lopes
Gil Penha-Lopes

Desde o seu início, realizaram-se cinco ciclos de compostagem, ou seja, desde a criação da pilha de compostagem, dois momentos de arejamento, até se peneirar o composto já depois de maturo e o processo de compostagem finalizado. Tentou-se seguir as boas práticas de compostagem, sendo que os resultados esperados são a eliminação de substâncias tóxicas, a redução de organismos patogénicos, a eliminação de sementes indesejadas, a redução da capacidade de fermentação com a estabilização da matéria orgânica e a eliminação de maus odores.

Digeriu-se cerca de 40 m3 de resíduos de jardim, dos quais deram entrada na zona de receção de resíduos cerca de 9m3 de ramos, 18m3 de folhas e castanhos e 14m3 de relva. Estes resíduos de jardins levaram um pré-tratamento, tendo sido triturados cerca de 7 m3 de ramos.

Os 40m3 de resíduos correspondem a cerca de 28 toneladas, sendo que se criaram cinco pilhas de compostagem e reviraram-se duas vezes cada pilha, o que quer dizer que os voluntários carregaram cerca de 80 toneladas de material orgânico, em cerca de 45 horas de trabalho. 

Este composto pode ser utilizado como corretivo agrícola, dado que os teores de matéria orgânica da maioria dos solos agrícolas portugueses são baixos, particularmente no sul do país, devido às condições ambientais que favorecem a mineralização e por más práticas agrícolas, que contribuem para perdas de matéria orgânica no solo superiores à incorporação. Portugal continental apresenta os valores mais desfavoráveis entre os países do Sul da Europa, com 66% dos seus solos classificados de baixa qualidade, de acordo com a Carta de Solos de Portugal.

O compostor tem chamado a atenção de muitos interessados, tendo sido objeto de formação em compostagem, utilizado em aulas práticas de Biologia e o centro de inúmeros visitantes. 

Pessoas no compostor
Visitas ao compostor
Fonte HortaFCUL

Fica o desafio à comunidade para levar um pouco deste composto e testar nos vasos lá de casa o seu sucesso. As plantas e o planeta agradecem!

David Avelar, Floriam Ulm e Gil Penha-Lopes, guardiões da HortaFCUL
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Imagem de Kairos em pedra

O próximo e quinto número da revista do Centro de Filosofia das Ciências da UL é lançado em novembro. A submissão de textos termina a 30 de setembro.

Encontra-se aberto concurso para bolsa de estágio na área de suporte aos laboratórios letivos e de investigação do Departamento de Informática da Faculdade de Ciências.

Simulação de uma proteína

Quatro lições sobre proteínas.  As investigadoras Maria José R. Gomes e Patrícia Faísca apresentam quatro razões para não faltar à quinta iniciativa do projeto Ciência na UL.

O Dr. Rui Lopes ex-aluno do Departamento de Informática e investigador no LASIGE, actualmente a trabalhar na Google, foi um dos responsáveis da equipa de desenvolvimento do doodle de hoje (23 de Maio).

A Investigação dos Doutores de Amanhã

Lâmpada

"O objetivo é partilhar com os colegas das outras faculdades a experiência que tivemos, e estamos a ter, com a implementação do modelo de gestão por objetivos, assente na identificação dos processos", diz Ana Rocha, secretária-coordenadora da FCUL.

Vários círculos com várias cores

A reunião de entrada livre e sujeita a prévia inscrição inclui sessões plenárias e workshops sob o tema genérico “Prosseguir a excelência, promovendo as competências da UL”.

Produtos alimentares

“Partilhar o que se tem pode ser um convite a algum sacrifício – mas a solidariedade não pode ser só um sentimento, tem de ser um compromisso de ação”, refere Graça Vieira, professora aposentada da FCUL, a propósito da campanha "Vamos dar com o coração".

Plantas em vasos

Hoje é um dia fascinante. Dia de nos fascinarmos com as plantas, com a sua beleza, com o que nos dão, e nos possibilitam – a vida tal como a conhecemos.

Flor sujeita a tratamento para expressão de um gene

Nesta época do ano, não há nada que mais nos descanse o espírito como um campo repleto de cores: branco, amarelo, lilás, vermelho, com flores de diferentes tamanhos e odores.

Seminário do DF

Anúncio de Seminário do DF

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 (uma) Bolsa de Investigação, no âmbito do projecto de investigação “Erro de não-resposta nas sondagens telefónicas com telemóveis: causas, efeitos e correcçã

Para marcar uma visita ao novo lugar destinado ao estudos das ciências e das artes basta telefonar ou enviar um email.

Fascination of Plants Day - 18 de maio de 2012.

A reportagem multimédia realizada no âmbito da UL Open Night inclui declarações de Sofia Cruz, coordenadora do Núcleo de Comunicação da Reitoria da Universidade de Lisboa (RUL), Isabel Tadeu, coordenadora do Núcleo

A ação de voluntariado acontece entre 26 e 27 de maio. Inscreva-se até dia 18 de maio, através do site UL Alimenta esta Ideia.

 

Anfiteatro da FCUL

Miguel Yus, professor da Universidade de Alicante, recebe o galardão na primeira de cinco conferências proferidas pelo premiado em Portugal.

A Direção de Marketing e Comunicação da RTP oferece estágio remunerado na Área de Audiências e Estudo de Mercado a alunos recém licenciados ou mestrandos em Matemática A

A exposição "O Cálculo de Ontem e de Hoje" está, agora, disponível em versão itinerante.

De 3 a 28 de Maio está patente na "Academia Sénior da Cruz Vermelha Portuguesa-Delegação de Lisboa".

Seminário "Serendipity and The Ups and Downs of Synthesis", apresentado pelo Prof.

Olho verde

Palestras, visitas, exposições e muitas experiências são algumas das atividades previstas.

Pormenor da capa do livro

O livro está à venda pelo valor de €18,40, no Atendimento Geral, sito no edifício C5, piso 3.

Anfiteatro

"As Jornadas tiveram um balanço bastante positivo (...) elucidaram e esclareceram algumas dúvidas importantes para os estudantes (...) ", conclui a Comissão de Curso de Engenharia Geográfica.

Museu do Quartzo é inaugurado e recebe o nome de Galopim de Carvalho, professor jubilado do Departamento de Geologia.

Páginas