Um festival repleto de Sol

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, ficou a conhecer os carros solares de Ciências ULisboa

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, ficou a conhecer os carros solares de Ciências ULisboa

Dmitri Boutov, DEGGE Ciências ULisboa

A segunda edição do Festival Solar de Lisboa organizado pela Câmara Municipal de Lisboa e pela Lisboa E-Nova contou com a colaboração de Sara Freitas, doutorada em Sistemas Sustentáveis de Energia por Ciências ULisboa. O acontecimento integrou a Agenda da Semana Verde Europeia tendo contribuído para a atribuição à cidade de Lisboa do prémio Capital Verde Europeia 2020, pela Comissão Europeia, em junho passado.

O Sol fez jus ao nome do festival e brilhou durante os quatro dias do evento organizado à beira-rio, em maio passado. Com ele os cerca de dois mil visitantes puderam bailar, cozinhar, conduzir, brincar e inovar tendo sido o ponto convergente de todas as atividades.

Para Sara Freitas a atividade com mais sucesso entre os visitantes foi a Casa Solar, uma casa energeticamente autossustentável, e que agregou contributos de diferentes participantes. “Esta casa nunca esteve vazia durante o período de funcionamento do festival e todos sorriam quando entravam e saíam pela porta virada para o rio Tejo”, conta Sara Freitas que destaca ainda “o enorme sucesso” da Cantina Solar, assim como do test drive solar e da construção de robots pintores.

Os investigadores do IDL e alunos de Ciências ULisboa
Os investigadores do IDL e alunos de Ciências ULisboa dinamizaram várias atividades durante o Festival Solar de Lisboa
Fonte Marta Aido, IDL Ciências ULisboa

Os carros solares do mestrado integrado em Engenharia da Energia e do Ambiente de Ciências ULisboa foram testados por cerca de 400 participantes, numa pista privilegiada junto ao Tejo.

Os alunos da Faculdade e investigadores do Instituto Dom Luiz (IDL) dinamizaram ainda a atividade “Experiências ao Sol”, em que os mais pequenos aprenderam a montar um dessalinizador, uma cidade, um robot pintor e um carrinho, todos eles, solares.

Alunos a testar os seus robots, que pintam com a energia solar
Alunos a testar os seus robots, que pintam com a energia solar
Fonte Marta Aido, IDL Ciências ULisboa

O concurso “Foto Síntese”, que distinguiu a melhor “foto solar”, contou com Miguel Centeno Brito, professor do Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia de Ciências ULisboa e investigador do IDL, como elemento do júri.

O primeiro Festival Solar aconteceu em 2009, no âmbito do projeto Dias Europeus do Sol. Este ano, a Lisboa E-Nova e a Câmara Municipal de Lisboa pretenderam recuperar a iniciativa, tendo como adicional motivação a candidatura do município de Lisboa ao European Green Capital Award 2020.

“Esta oportunidade surgiu após ter finalizado e entregue a minha dissertação de doutoramento, em meados de fevereiro. O período de inatividade que se seguia à entrega da tese era, de certo modo, assustador para mim, pelo que o desafio que me foi apresentado pelo meu orientador Miguel Centeno Brito e colocado pela Lisboa E-Nova, de quem a Faculdade é associada, veio juntar o útil ao agradável: exercer um gosto que tenho pela comunicação de ciência, aprender a organizar um evento de grande escala e também contactar mais de perto com as principais empresas relacionadas com a energia solar em Portugal. E ainda consegui adquirir alguns conhecimentos mais práticos que me deram mais genica aquando da defesa da minha tese (sorrisos). A equipa Lisboa E-Nova é fabulosa e foi um prazer fazer parte da organização do Festival Solar Lisboa. Posso dizer que já começam a fervilhar ideias para a próxima edição!!”
Sara Freitas

Marta Aido, IDL com ACI Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

De 8 de Julho a 30 de Agosto as bibliotecas do C4 e C8 têm alteração nos horários de funcionamento

Doctorate in Applied and Engineering Physics

Programa Doutoral em Física Aplicada e Engenharia Física

Arthur Vieira, estudante do mestrado integrado em Engenharia Física e Emiliano Pinto, aluno de mestrado em Física Nuclear e Partículas, são os diretores da revista trimestral do Departamento de Física da FCUL e  que integra uma equipa editorial constituída por outros 16 discentes.

Challenge4you desafiou estudantes dos cinco aos vinte anos

“Aquilo que aqui aprendemos faz parte da cultura geral e todos nós devemos ter algumas ideias sobre o local onde estamos inseridos e sobre esta união de que todos fazemos parte e que tanto nos ajuda”. A declaração é da estudante e participante Adriana Pereira de 17 anos.

Para uma crítica das perspectivas recentes da União Europeia sobre o Ensino Superior

Recomendações para melhorar a qualidade do ensino e da aprendizagem.

Implicações no Quebramento do Gondwana e sua Correlação com as bacias da Margem Atlântico Sul e Atlântico Central

É crucial que estatísticos e investigadores em Ciências do Ambiente mantenham uma colaboração estreita, para que continuem a ser desenvolvidos métodos estatísticos e computacionais adequados que permitam dar resposta continuada aos desafios presentes e futuros.

Está disponível a edição de 2012 do JCR (Journal Citation Reports).

O trabalho de cinco investigadoras portuguesas foi distinguido no início de junho em Boston, nos EUA. O congresso mundial contou com mais de 800 cientistas de 50 países.

[Tec Labs]i – Potenciar a Inovação

“Os alunos da FCUL tiveram uma experiência única que não vão esquecer ao longo da sua vida académica e profissional”, denota Rui Ferreira, administrador do Tec Labs – Centro de Inovação da FCUL.

Visita de Estudo à nova Universidade de Lisboa

“[Viveu-se um ambiente] muito propício ao debate onde o intercâmbio de ideias e de boas práticas foram muito gratificantes e uma mais-valia para os participantes e oradores do evento”, declarou Luísa Cerdeira, pró-reitora da Universidade de Lisboa e presidente do FORGES.

Álvaro de Campos

TABACARIA

O Departamento de Informática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (DI-FCUL) vai organizar a 3 de julho deste ano a primeira edição do 

“Eu sempre gostei de fazer desenho geométrico e sempre me interessei pelos azulejos e seus painéis e pela calçada portuguesa pela sua beleza, pela arte, e porque têm potencialidades científicas, estéticas e didáticas praticamente ilimitadas”, conta o investigador do Grupo de Física-Matemática, distinguido recentemente com o Prémio Abordagem Inovadora “SOS Azulejo 2012”.

As bibliotecas do C4 e C8 têm horários alargados durante a época de exames de 1 a 29 de Junho.

Mestrados DBA 2013-2014

Investigadores do projeto “Climate Change Iniciative – Ocean Colour”

A equipa do projeto “Climate Change Iniciative – Ocean Colour” esteve reunida na FCUL, nos dias 21 e 22 de maio. Os investigadores avaliaram as ações em curso e discutiram alguns assuntos com a comunidade de end-users.

Jorge Manuel Ribeiro Rezende galardoado com o prémio “Abordagem Inovadora”

Intervenção na cerimónia de entrega dos Prémios 'SOS Azulejo' 2012:

Sessões dias 24 e 25 de junho 2013

"Gás de Xisto"?! Sim? Não? Porquê? Como? Onde?

Cerimónia de escritura do Instituto do Petróleo e do Gás

A transferência de conhecimento e tecnologia para a sociedade faz-se mediante o reforço das relações entre as comunidades científica e empresarial. Para J. M. Pinto Paixão, diretor da FCUL, esta é a oportunidade ideal para constituir parcerias suportadas no conhecimento e no exercício de uma cidadania plena.

Acções de Formação em Geologia na FCUL / 2013

Departamento de Geologia da FCUL

Informações sobre o procedimentos de escolha de ramo na Licenciatura em Geologia, 2013-14, do Departamento de Geologia da FCUL.

Páginas