Um festival repleto de Sol

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, ficou a conhecer os carros solares de Ciências ULisboa

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, ficou a conhecer os carros solares de Ciências ULisboa

Dmitri Boutov, DEGGE Ciências ULisboa

A segunda edição do Festival Solar de Lisboa organizado pela Câmara Municipal de Lisboa e pela Lisboa E-Nova contou com a colaboração de Sara Freitas, doutorada em Sistemas Sustentáveis de Energia por Ciências ULisboa. O acontecimento integrou a Agenda da Semana Verde Europeia tendo contribuído para a atribuição à cidade de Lisboa do prémio Capital Verde Europeia 2020, pela Comissão Europeia, em junho passado.

O Sol fez jus ao nome do festival e brilhou durante os quatro dias do evento organizado à beira-rio, em maio passado. Com ele os cerca de dois mil visitantes puderam bailar, cozinhar, conduzir, brincar e inovar tendo sido o ponto convergente de todas as atividades.

Para Sara Freitas a atividade com mais sucesso entre os visitantes foi a Casa Solar, uma casa energeticamente autossustentável, e que agregou contributos de diferentes participantes. “Esta casa nunca esteve vazia durante o período de funcionamento do festival e todos sorriam quando entravam e saíam pela porta virada para o rio Tejo”, conta Sara Freitas que destaca ainda “o enorme sucesso” da Cantina Solar, assim como do test drive solar e da construção de robots pintores.

Os investigadores do IDL e alunos de Ciências ULisboa
Os investigadores do IDL e alunos de Ciências ULisboa dinamizaram várias atividades durante o Festival Solar de Lisboa
Fonte Marta Aido, IDL Ciências ULisboa

Os carros solares do mestrado integrado em Engenharia da Energia e do Ambiente de Ciências ULisboa foram testados por cerca de 400 participantes, numa pista privilegiada junto ao Tejo.

Os alunos da Faculdade e investigadores do Instituto Dom Luiz (IDL) dinamizaram ainda a atividade “Experiências ao Sol”, em que os mais pequenos aprenderam a montar um dessalinizador, uma cidade, um robot pintor e um carrinho, todos eles, solares.

Alunos a testar os seus robots, que pintam com a energia solar
Alunos a testar os seus robots, que pintam com a energia solar
Fonte Marta Aido, IDL Ciências ULisboa

O concurso “Foto Síntese”, que distinguiu a melhor “foto solar”, contou com Miguel Centeno Brito, professor do Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia de Ciências ULisboa e investigador do IDL, como elemento do júri.

O primeiro Festival Solar aconteceu em 2009, no âmbito do projeto Dias Europeus do Sol. Este ano, a Lisboa E-Nova e a Câmara Municipal de Lisboa pretenderam recuperar a iniciativa, tendo como adicional motivação a candidatura do município de Lisboa ao European Green Capital Award 2020.

“Esta oportunidade surgiu após ter finalizado e entregue a minha dissertação de doutoramento, em meados de fevereiro. O período de inatividade que se seguia à entrega da tese era, de certo modo, assustador para mim, pelo que o desafio que me foi apresentado pelo meu orientador Miguel Centeno Brito e colocado pela Lisboa E-Nova, de quem a Faculdade é associada, veio juntar o útil ao agradável: exercer um gosto que tenho pela comunicação de ciência, aprender a organizar um evento de grande escala e também contactar mais de perto com as principais empresas relacionadas com a energia solar em Portugal. E ainda consegui adquirir alguns conhecimentos mais práticos que me deram mais genica aquando da defesa da minha tese (sorrisos). A equipa Lisboa E-Nova é fabulosa e foi um prazer fazer parte da organização do Festival Solar Lisboa. Posso dizer que já começam a fervilhar ideias para a próxima edição!!”
Sara Freitas

Marta Aido, IDL com ACI Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Visita Reitor Bonn

Michael Hoch, reitor da Universidade de Bonn, na Alemanha,visitou Ciências ULisboa com o objetivo de analisar o potencial de cooperação entre as instituições.

ESO

Pela primeira vez são revelados os efeitos previstos pela relatividade geral de Einstein no movimento de uma estrela que passa perto do buraco negro supermassivo no centro da Via Láctea.

Reunião final do comité de gestão da Ação COST TD1301, em Malta, em junho de 2017

​Raquel Conceição, professora do DF de Ciências ULisboa e investigadora do IBEB, coordenou a Ação COST TD1301, no valor de aproximadamente meio milhão de euros e que durou quatro anos, juntando cerca de 255 profissionais, entre investigadores, engenheiros e médicos de 30 países do mundo.

Francisca Canais e Rita Maçorano

O EIT Health é um consórcio europeu dedicado à inovação em saúde, constituído por cerca de 140 entidades. Ciências ULisboa é parte integrante e ativa desde a sua génese.

Fernando Mestre

O que fazem e o que pensam alguns membros da comunidade de Ciências? O Dictum et factum de julho é com Fernando Mestre, técnico superior da Direção Financeira e Patrimonial de Ciências.

Enxame estelar RCW 38

Koraljka Muzic é a investigadora principal da proposta de observação, que levou à captura do enxame estelar RCW 38. Natural da Croácia, chegou a Ciências em 2017 para estudar as anãs castanhas, um dos grandes mistérios da Astronomia.

Joana S. Cristóvão e Cláudio M. Gomes

Joana S. Cristóvão estuda uma das mais abundantes proteínas do cérebro - a proteína S100B – com funções regulatórias associadas à resposta inflamatória, apresentando níveis elevados em pessoas com a doença de Alzheimer.

Cláudio M. Gomes

A ciência é global e colaborativa. Quem o diz é Cláudio M. Gomes, professor do DQB e investigador do BioISI. Recentemente, juntamente com outros cientistas descobriu um novo mecanismo bioquímico nas células nervosas, que retarda a formação dos depósitos de agregados de proteína no cérebro, causadores da doença de Alzheimer.

João Pires da Silva

Nesta fotolegenda destacamos uma passagem da entrevista com João Pires da Silva, professor do Departamento de Química e Bioquímica que pode ser ouvida no canal YouTube e na área multimédia deste site.

Comunicar pelo telemóvel

Andreia Santos, psicóloga do Gapsi, menciona a importância de se resgatar a dimensão humana das relações, considerando um elemento muito importante para a sensação de descanso, especialmente em período de férias.

Assembleia Geral da EMS em Praga

Jorge Buescu, professor do Departamento de Matemática de Ciências e presidente da Sociedade Portuguesa de Matemática, foi eleito membro da Comissão Executiva da European Mathematical Society.

Terreiro do Paço em Lisboa

A primeira iniciativa do ciclo Alterações Climáticas: Impactos Biológicos e Socioeconómicos é organizada por Ciências. O próximo evento desta rede ocorre em julho e está a ser preparado pelo Instituto Superior de Agronomia.

Centro Cultural de Montargil, Ponte de Sor

O Centro Ciência Viva do Lousal (CCVL) – Mina de Ciência recebeu o prémio Melhor Projeto Público 2017. A Faculdade é membro associado e fundador da Associação CCVL garantindo a atualização e o rigor dos conteúdos comunicados.

Marta Aido junto ao globo terrestre

O que fazem e o que pensam alguns membros da comunidade de Ciências? O Dictum et factum de junho é com Marta Aido, que trabalha no Instituto Dom Luiz.

Novos mapas de risco de incêndios florestais para 2018 resultam de um trabalho conjunto entre engenheiros florestais, estatísticos e climatólogos.

Fotografia do setup experimental

O professor do Departamento de Biologia Vegetal e membro da COST Action FA1306, que chegou agora ao fim, faz um balanço da rede transeuropeia e dá-nos a conhecer o projeto INTERPHENO e que poderá ser o primeiro passo para a constituição de uma rede nacional de fenotipagem.

Torre de pedras

"Associada à ideia de perfeccionismo surge a luta por objetivos elevados e irrealistas". Mais uma rubrica da psicóloga Andreia Santos.

Margarida Amaral

Nesta fotolegenda destacamos uma passagem da entrevista com Margarida Amaral, professora do DQB e coordenadora do BioISI e que pode ser ouvida no canal YouTube e na área multimédia deste site.

“The Medieval and Early Modern Nautical Chart: Birth, Evolution and Use”

Joaquim Alves Gaspar, distinguido em 2016 com uma starting grant, a primeira a ser atribuída a um membro de Ciências, volta a “encantar” o Conselho Europeu de Investigação.

Uma mão com enguias

Ciências organiza a primeira reunião do projeto europeu, na qual participam mais de 50 especialistas portugueses, espanhóis e franceses, com o objetivo de debater formas de recuperação da enguia-europeia.

José Avelino Pais Lima de Faria,o proeminente cientista de 92 anos, antigo aluno de Ciências - licenciou-se em Ciências Físico-Químicas em 1950 - volta colaborar com a Faculdade, com um artigo sobre a atividade científica, selecionando para o efeito um conjunto de eminentes personalidades. Dois dias após a publicação deste artigo, J. Lima-de-Faria faleceu. A Faculdade lamenta o triste acontecimento e apresenta as condolências aos familiares, amigos e colegas.

Oradores do Ignite IAstro na Assembleia da República

No âmbito da efeméride ocorreu uma sessão do Ignite IAstro na Assembleia da República. O Dia Nacional dos Cientistas é celebrado desde 2016.

Grande auditório

A nova direção de Ciências para os próximos quatro anos tomou posse a 15 de maio de 2018. Luís Carriço é o novo diretor e a sua equipa conta com cinco subdiretores: Margarida Santos Reis, Fernanda Oliveira, Jorge Maia Alves, Hugo Miranda e Pedro Almeida.

Logotipo

A final nacional da 14.ª edição das Olimpíadas de Química Júnior ocorreu a 12 de maio no Departamento de Química e Bioquímica de Ciências. Os melhores classificados podem vir a integrar a equipa portuguesa que participará na European Science Olympiad, em 2019.

Pint

O Pint of Science traz para bares portugueses e internacionais assuntos científicos de forma descomplicada.

Páginas