Opinião

CHILL: O que fazem galinhas em Ciências?

chicken tractor

Processo de mudança do chicken tractor

Imagem enviada pelos autores
Equipa Chill
Equipa CHILL
Imagens cedidas pelos autores

Num mundo cinzento e urbanizado, as pessoas procuram cada vez mais o contacto com a natureza e a terra. Desta forma, as hortas comunitárias, integradas nas grandes cidades, têm vindo a ganhar expressão. Assim, torna-se possível ter espaços comunitários, em pequenos terrenos espalhados pelos grandes centros urbanos, designados para o cultivo e que beneficiam diretamente as comunidades.

A HortaFCUL surgiu neste contexto, procurando seguir e aplicar os princípios da permacultura. Um exemplo de uma atividade promovida pela Horta FCUL, neste âmbito, é o reaproveitamento dos resíduos orgânicos da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, através da sua compostagem. Em 2018, a HortaFCUL tomou a iniciativa de adotar um casal de galinhas garnisé, introduzindo-as na família Horta, no espaço PERMALAB. Para isso, construiu-se um chicken tractor (galinheiro móvel), em madeira e com materiais reciclados, que foi integrado num sistema de agricultura de rotação de culturas. Os novos habitantes da Horta, começaram assim a contribuir para o funcionamento agrícola. Ao encontrarem condições favoráveis, nomeadamente abrigo fornecido pelo chicken tractor e alimento providenciado pelos macroinvertebrados provenientes da compostagem orgânica (complementados com ração), as galinhas retribuíram preparando a terra através dos seus serviços ecológicos. Para além de ajudarem a fertilizar a terra com os seus dejetos, têm ainda a capacidade de a revolver quando procuram alimento, arando-a.

Galinha e pinto
Mãe galinha com os pintos recém nascidos
Imagem enviada pelos autores

As galinhas contribuem ainda com ovos que são partilhados à quarta-feira, o dia de trabalhos da HortaFCUL ou oferecidos a membros da faculdade. Em 2019, decidimos associar-nos à HortaFCUL integrando a equipa que coordena as atividades e projetos afetos às galinhas e assumindo o papel de guardiões das mesmas. Este foi o projeto que mais nos interessou, não só pela ligação afetiva que criámos inicialmente com as galinhas, mas também porque sentimos que era o elo dos ciclos da HortaFCUL com maior capacidade de evolução no sentido de combater desperdícios e aumentar a produtividade dos sistemas.

Em meados de 2019, a Herdade do Freixo do Meio, uma herdade alentejana que procura seguir um sistema sustentável de agrofloresta, fez uma doação de um galo e duas galinhas da raça preta lusitânica, uma das raras variedades autóctones. Estes três novos habitantes, de maior dimensão, vieram agilizar o processo de preparação da terra tornando-o mais célere e eficaz aumentando a eficiência do chicken tractor. Como resultado, a rotação de culturas tornou-se também mais rápida e eficiente, aproveitando todo o potencial dos resíduos orgânicos produzidos no campus e minimizando as perdas de energia do sistema. No entanto, alguns fatores começaram a contribuir para a deterioração do conforto das galinhas e, consequentemente, a sua eficiência na preparação da terra.

As amplitudes térmicas entre o verão e o inverno eram difíceis de controlar e a falta de espaço tornou-se um problema, particularmente na relação entre os galos. Para complicar, surgiu uma praga de ácaros que afetou todas as galinhas e que foi potenciada pelas condições atuais do chicken tractor: a madeira serviu como abrigo para os ácaros e o pouco espaço tornou as galinhas alvos mais vulneráveis. Tornou-se evidente que seria preciso uma nova solução: um novo galinheiro, que permitisse às galinhas ficar mais confortáveis, com mais espaço, maior conforto térmico e com menor capacidade de propagação de pragas, mas mantendo a eficácia demonstrada anteriormente.

chicken tractor
As imagens refletem as condições atuais do chicken tractor, a compostagem de resíduos orgânicos produzidos na faculdade que servirá de alimento para as galinhas, talhão plantado após a passagem do chicken tractor, numa primera data e três semanas depois
Imagens enviadas pelos autores

A 1ª edição do Concurso de Ideias para a Sustentabilidade em Ciências veio proporcionar a oportunidade de avançar com esta ideia, nascendo assim o projeto “CHILL - CHIcken Tractors as an efficient and sustainable Link in closed Loop agriculture”. Pusemos mãos à obra! Começámos por excluir da construção do novo chicken tractor a madeira, como material estrutural, procurando um material que dificultasse a disseminação de novas pragas. Achámos ainda essencial, uma vez que o galinheiro tinha que ser móvel, que o material estrutural fosse leve, mas com elevada durabilidade. Optámos pelo alumínio. De seguida, era imperativo garantir que a capoeira (local de abrigo das galinhas, onde ocorre a postura de ovos) fosse isolada termicamente, protegendo as galinhas e futuros pintos de amplitudes térmicas extremas. Selecionámos um painel sandwich (um painel de chapa revestido internamente com esponja). Por fim, decidimos alterar a forma estrutural do chicken tractor, procurando implementar uma forma que nos permitisse aceder a todas as zonas do galinheiro, com maior facilidade. Assim decidimos desenhar um chicken tractor com uma forma ortorrômbica.

Em junho de 2020 tivemos uma incrível e agradável surpresa: nasceram vários pintos, tendo oito conseguido desenvolver-se de uma forma saudável. Acima de tudo, foi uma lufada de ar fresco nestes tempos de pandemia, em que parecemos rodeados de más notícias. No entanto, rapidamente nos voltámos a deparar com uma das principais razões pelas quais quisemos construir um novo chicken tractor: a falta de espaço. Fomos novamente confrontados com a urgência de assegurar o conforto das galinhas, uma vez que quando a nova ninhada se tornasse adulta, iria ultrapassar a capacidade de carga para a área do chicken tractor. Como tal, tomámos a difícil decisão de doar os pintos, ficando apenas com uma fêmea. Temos a certeza que irão ser bem tratados nas novas famílias, mas despedimo-nos com alguma tristeza e com votos de que, no futuro, possamos ficar com um maior número de pintos.

Pintos
Alimentação dos pintos
Imagem enviada pelos autores 

Hoje, temos três galinhas e dois galos, incluindo um dos elementos originais. Almejamos ter mais quando finalizarmos a construção do novo galinheiro. Acima de tudo, queremos garantir o bem-estar das nossas galinhas, que fazem parte desta família que é a HortaFCUL, e que são parte integrante e fundamental no ciclo de nutrientes e matéria. A nossa missão passa agora pela construção do novo galinheiro.

Afonso Ferreira, Florian Ulm, Francisco Azevedo e Silva, Inês Afonso e Tomás Simões, equipa CHILL, menção honrosa 1.ª edição do Concurso de Ideias para a Sustentabilidade
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Banner Prémio de Doutoramento em Ecologia - Fundação Amadeu Dias

Já são conhecidos os vencedores da edição 2024 do Prémio de Doutoramento em Ecologia - Fundação Amadeu Dias, organizado pela Sociedade Portuguesa de Ecologia (SPECO).

Jorge Buescu, professor do Departamento de Matemática (DM) de CIÊNCIAS, reeleito Vice-Presidente da European Mathematical Society (EMS)

Jorge Buescu, professor do Departamento de Matemática (DM) de CIÊNCIAS, foi reeleito Vice-Presidente da European Mathematical Society (EMS).

Verão na ULisboa em CIÊNCIAS

Foi com um sorriso na cara e com vontade de um dia regressarem, que os estudantes do programa Verão na ULisboa deixaram o campus de CIÊNCIAS, após as cerimónias de entrega de diplomas que decorreram nos dias 5 e 12 de julho.

Assinatura do Protocolo com a REDCORP

No passado dia 9 de julho a Direção de CIÊNCIAS assinou um protocolo de cooperação com a REDCORP, empresa de empreendimentos mineiros responsável pelo Projeto Lagoa Salgada.

CIÊNCIAS assinA um protocolo de colaboração com a Raiz Vertical Farms nas instalações de CIÊNCIAS, tendo sido assinado pelo Diretor da faculdade, Luís Carriço, e pela co-fundadora da startup Rede Vertical Farms, Inês Barros.

CIÊNCIAS assinou um protocolo de colaboração com a Raiz Vertical Farms, com o objetivo de instalar uma horta vertical no campus da faculdade.

Equipa do CSD Lab do BioISI

Uma equipa de investigadores do Laboratório de Estrutura e Dinâmica Celular (CSD Lab) do Instituto de Biossistemas e Ciências Integrativas (BioIS

Diogo Rodrigues Fernandes

Diogo Rodrigues Fernandes, doutorando de CIÊNCIAS e investigador no Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais (

Banner O Planeta Vivo

“Temos este mundo, ou nada. E temos um grande problema se não entendermos o planeta que queremos salvar.” Esta citação de Carl Sagan é o mote do documentário ‘O Planeta Vivo’, que estreou no passado dia 3 de julho na RTP.

Vista Aérea do Observatório do Paranal

O Observatório do Paranal, no deserto do Atacama no Chile, que faz parte do Observatório Europeu do Sul (ESO), vai receber em 2025 um telescópio made in Portugal para observar o Sol.

Nuno Gonçalves e Inês Leite posam com os prémios junto aos restantes investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA)

Nuno Gonçalves e Inês Leite, estudantes de CIÊNCIAS, foram premiados na SPIE Astronomical Telescopes + Instrumentation, a maior conferência internacional sobre instrumentação para a Astronomia.

Ranking de Leiden: Há três áreas de investigação de CIÊNCIAS em que a ULisboa é líder nacional

A Universidade de Lisboa (ULisboa) está em primeiro lugar a nível nacional em três áreas de produção científica de CIÊNCIAS no reputado CWTS Leiden Ranking: Ciências da Vida e da Terra, Matemáti

Banner Curso PRODIGI

A partir de 2025 a Universidade de Lisboa em parceria com o Instituto Politécnico de Lisboa, vai disponibilizar uma nova formação online em competências digitais.

 

Inês Fragata, Margarida Matos, Sara Magalhães e Cristina Máguas.

CIÊNCIAS inaugura hoje oficialmente a infraestrutura laboratorial de investigação - Unidade de Evolução Experimental.

Imagem alusiva ao Deep Tech Talent Initiative (DTTI), um programa do European Institute of Innovation and Technology (EIT)

O Mestrado em Bioestatística de CIÊNCIAS foi acreditado pela Deep Tech Talent Initiative (DTTI), um programa do European Institute of Innovation and Technology (EIT).

Dois professores de CIÊNCIAS eleitos sócios da Academia das Ciências de Lisboa

Pedro Miguel Duarte e Luís Eduardo Neves Gouveia, professores de CIÊNCIAS, foram eleitos sócios da Academia das Ciências de Lisboa.

O Centro de Congressos da Alfândega do Porto é o palco da edição de 2024 do Encontro Ciência.

Luís Carriço (Diretor de CIÊNCIAS) e Carlos Martins (Presidente da EPAL) junto a um dos novos bebedouros.

A Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa aderiu ao desafio da EPAL - Empresa Portuguesa das Águas Livres de consumir Água da Torneira nas suas áreas comuns, representando mais um compromisso com o Ambiente e com

 Rodrigo Freitas, Francisco Graça e Diogo Ávila no Pódio dos 3000 metros obstáculos no Campeonato Nacional Universitário de Pista ao Ar Livre

Rodrigo Freitas, estudante de CIÊNCIAS, sagrou-se bicampeão no Campeonato Nacional Universitário (CNU) de Atletismo Pista Ar Livre.

Desde ontem que CIÊNCIAS dispõe de um novo espaço: o Lounge C7!

Carolina Margarido, Catarina Lima e Raquel Costa seguram o prémio de primeiro lugar na segunda fase do Future Innovators Program da Unicorn Factory Lisboa

Carolina Margarido, Catarina Lima e Raquel Costa venceram a segunda fase do Future Innovators Program da Unicorn Factory Lisboa

A cientista Ana Russo, investigadora do Instituto Dom Luiz (IDL), visitou duas escolas básicas do concelho de Sintra no dia 23 de abril para rea

Branca Edmée Marques, cientista alumna de CIÊNCIAS

Branca Edmée Marques, alumna de CIÊNCIAS, será homenageada no dia 20 de junho pelos Museus da Universidade de Lisboa

Vanessa Fonseca, Catarina Frazão Santos, Rita Cardoso, Cláudio Gomes, Ana Duarte Rodrigues e Paulo J. Costa posam com os prémios para uma foto numas escadas

A faculdade conseguiu obter o segundo lugar entre as Escolas da Universidade de Lisboa mais galardoadas.

Páginas