Reportagem inscrições 2013/2014

“É uma nova etapa…”

Inscrições 2013/2014
GCIC-FCUL

“Era isto que eu queria! A receção está a ser muito boa. Mesmo tendo estado desde as 6h00 na fila, porque queria um horário específico, estou bastante entusiasmada”, partilhou Catarina Graça, vinda do Colégio Valsassina em Lisboa, que se inscreveu no curso de Biologia.

O relógio marcava as 8h30 quando as portas do edifício C6 da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa se abriram para receber os novos alunos de Ciências. Por esta hora, a fila de caloiros já era extensa… Vindos de norte a sul do País e das ilhas, os alunos chegaram à Faculdade ansiosos para conhecer a realidade do mundo académico. Não querendo perder tempo, alguns fizeram-no desde madrugada.

Para receber os recém-chegados estudantes foi destacada uma equipa de funcionários do Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura (GCIC-FCUL), da Associação dos Estudantes da Faculdade de Ciências (AEFCL), que contou com o apoio de alunos do Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia (DEGGE) e também de elementos da Reitoria da Universidade de Lisboa, que durante o período de 9 a 13 de setembro acolheram os novos alunos.
 

No C6, os alunos receberam o Kit de Boas-vindas (composto por agenda FCUL 2013/2014, artigos promocionais, folhetos sobre a AEFCL e sobre as atividades desportivas da UL, entre outros), ouviram uma breve apresentação da AEFCL, responderam a um curto questionário e obtiveram a senha para dar continuidade ao processo de inscrição. Por fim, em grupo, os alunos seguiram numa visita guiada pela AEFCL às instalações da Faculdade.


Fonte: GCIC-FCUL
Legenda: O entusiasmo e a expectativa foram constantes, durante o período de inscrições. Entre as diferentes etapas este processo, os alunos interagiram com os novos colegas

“Estamos no piso 1 do edifício C4 da Faculdade. Qualquer tipo de apoio que o aluno necessite, quer seja pedagógico, desportivo, recreativo, cultural, estamos prontos para os ajudar da melhor forma”, alertavam os membros da AEFCL a todos os que iam chegando.

No C1, a assistir ao primeiro contacto com os funcionários, com os colegas e com os futuros companheiros da vida académica, estiveram também os acompanhantes – pais, avós, amigos. Seguindo o percurso dos alunos, também eles criam expetativas e anseios. Vítor Bento, pai de uma aluna de Biologia de 18 anos, olhava atento e confiante os passos da filha enquanto comentava: “É uma nova etapa para ela. Vai somar experiência de vida e sinto que está com força! Vai ser uma fase muito produtiva e sei que vai manter os bons resultados [nos estudos] como tem sido até agora”.

Lado a lado com o entusiasmo do momento, há a preocupação com o futuro, tal como demonstrou a mãe Marieta Monteiro. “Espero que o meu filho possa sair daqui satisfeito com a opção que fez e que tenha sucesso profissional. O País tem de começar a encontrar algumas saídas para estes jovens que estudam, se esforçam e que precisam que o Governo atue. Considero que é o que falta ao País: soluções para os jovens, que lutam pela carreira e sentem-se muitas vezes frustrados pelo facto de não terem retorno!”, desabafou.


Fonte: GCIC-FCUL
Legenda: Aos alunos do 1.º ano, foi distribuído um Kit de Boas-vindas da FCUL

Sob a coordenação do GCIC-FCUL, com o apoio do Gabinete de Planeamento e Controlo da Gestão, durante a semana de acolhimento aos caloiros deste ano letivo foi desenvolvido e aplicado um inquérito aos novos alunos do 1.º ano que, pela primeira vez, entraram para a FCUL, no âmbito do regime geral de acesso.

De acordo com os resultados obtidos, junto dos alunos inscritos na primeira fase e que preencheram o inquérito (704), na altura de escolher a instituição de ensino superior os principais motivos que levaram à escolha da FCUL foram o reconhecimento da competência científica (28%), a localização (24%), a nota de candidatura (20%) e o aconselhamento dos pais, professores, amigos, entre outros (19%) (nota: nesta questão, os inquiridos tiveram a possibilidade de selecionar mais do que uma opção).

Leonor Lopes, matriculou-se no primeiro dia de inscrições no curso de Matemática Aplicada, e deu conta das razões que a levaram a optar por esta Faculdade: “o reconhecimento científico, a qualidade do Departamento de Matemática, a localização e também já me tinham aconselhado… Tenho pessoas da família que tiraram aqui o curso”.

Quando questionados sobre o lugar que o curso em que se vão inscrever na FCUL ocupou na lista de opções de candidaturas ao ensino superior, os resultados mostraram que esta Faculdade teve destaque nos primeiros lugares: como 1.ª opção, 64% dos inquiridos; como 2.ª opção, 18% dos inquiridos; como 3.ª opção, 11% dos inquiridos; como 4.ª opção, 4% dos inquiridos; como 5.ª opção, 2% dos inquiridos, a mesma percentagem foi obtida para a 6.ª opção.


Fonte: GCIC-FCUL
Legenda: Aos alunos, foi aplicado um questionário que, entre outros assuntos, pretendeu aferir as escolas/institutos de origem dos alunos

O mesmo inquérito dá conta do distrito a que pertence a escola/instituição/organismo de onde vêm os alunos. Destacam-se os distritos de Lisboa (63%), Setúbal (13%) e Santarém (5%). Por outro lado, os distritos com menor expressão, 0% , são os de Viana do Castelo, Vila Real e Aveiro.

Os alunos chegam também de outras origens que não Portugal. É o caso do Ricardo que, este ano, chegou a Portugal vindo da Guiné-Bissau para estudar Biologia. “Vim porque já tinha aqui família e durante as férias de verão costumava vir para cá estudar. A Faculdade escolhi-a por causa da localização e o curso, Biologia, porque foi algo que sempre quis. A minha mãe também é bióloga marinha! Nos próximos tempos espero esforçar-me, dedicar-me ao máximo, ter o meu diploma e conseguir o meu emprego”.

A partir deste momento simbólico, a Faculdade passou a ser a “segunda casa” da Catarina, da Leonor, do Ricardo e de tantos outros alunos que escolheram Ciências. 

Raquel Salgueira Póvoas com Miguel Gonçalves, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt

Sabemos que no futuro um sismo de magnitude significativa voltará a atingir Lisboa. Não sabemos é quando. E se o pudéssemos prever? E se existisse uma probabilidade forte de ser já em 2027?

Ana Santos, finalista 3MT ULisboa

Ao longo dos próximos dias, daremos a conhecer os quatro finalistas de CIÊNCIAS que irão participar na final da competição

Painel e sessão de Perguntas & Respostas | Estreia de documentário

Perto de 120 pessoas assistiram este sábado, 25 de maio, à estreia do documentário ‘O que se esconde na luz? A ciência da missão espacial Euclid’, produzido pelo Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA).

Investigadores do Instituto Dom Luiz, de CIÊNCIAS, instalaram um sismómetro na Escola Básica Professor Delfim Santos, que se encontra a menos de um quilómetro do Estádio da Luz, em Lisboa, onde vão ter lugar os concertos.

Banner Bênção de Finalistas & Queima das Fitas 2024

Este fim de semana a Alameda da Universidade de Lisboa vai voltar a encher-se de finalistas de CIÊNCIAS e de tantas outras faculdades e universidades. A cerimónia de Bênção de Finalistas decorre amanhã dia 25 de maio, a partir das 11h30.

 

3MT ULisboa 2024

Quatro dos doze finalistas da competição ‘Três Minutos de Tese – Universidade de Lisboa’ são de CIÊNCIAS.

Pinguins-de-adélia

Num artigo agora publicado na Science, investigadores de instituições de renome a nível mundial propõem uma estratégia para envolver todas as partes interessadas na governança do Oceano Antártico através de um processo de ordenamento do espaço marinho (OEM) inteligente do ponto de vista climático.

Impressão artística da missão Euclides no espaço.

A 25 de maio (sábado), às 21h00, vamos ver e compreender as novas imagens de entre as maiores alguma vez feitas do Universo, no Grande Auditório de CIÊNCIAS (Edifício C3). A entrada é livre.

Redes Doutorais Marie Curie Projeto PROMOTE

CIÊNCIAS vai participar numa das propostas vencedoras do concurso 2023 das Redes Doutorais de Ações Marie Skłodowska-Curie (MSCA DN).

Foto de entrega de prémio aos vencedores

No âmbito do projeto Invasives e como atividade inserida na

Dia Nacional dos Cientistas - 16 de maio

O Dia Nacional dos Cientistas foi instituído em 2016 por Resolução da Assembleia da República com o objetivo de reconhecer e celebrar a contribuição vital dos cientistas para o progresso da sociedade.

CIÊNCIAS e OKEANOS em parceria para monitorizar biodiversidade e alterações dos ecossistemas marinhos

Projeto internacional SEAGHOSTS visa a monitorização e conservação das populações de painhos, as aves marinhas mais pequenas do planeta.

Reitoria da ULisboa

O CWUR 2024 avaliou de entre 20.966 instituições de ensino superior e atribuiu à ULisboa o 211.º lugar (top 1.1%) e a 80.ª posição no panorama europeu.

Fotografia de participantes na Training School

CLEANFOREST na vanguarda da compreensão dos efeitos dos extremos climáticos e poluição nas florestas Europeias

Participantes no Dia Aberto

O campus ganhou vida, cor e energia proveniente do entusiasmo dos cerca de 2000 alunos de 170 escolas de norte a sul do País.

CIÊNCIAS esteve presente nesta edição, com a participação dos docentes do Departamento de Física: Alexandre Cabral, no painel de abertura “À conversa sobre carreiras espaciais” e

Semana Internacional da Compostagem

Uma das transformações necessárias às entidades que querem progredir pelo caminho da sustentabilidade é fecharem os seus ciclos de materiais, nomeadamente o orgânico.

A VicenTuna - Tuna da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa - completou 30 anos em janeiro de 2024. Para comemorar, realizou no dia 30 de abril de 2024, a Festa da Primavera, um espetáculo de música e divertimento dedicado à comunidade de CIÊNCIAS e ao público em geral.

Celebrações dos 50 anos do 25 de abril de 1974 da Academia das Ciências de Lisboa

A 9 de maio realiza-se a segunda de duas jornadas de debate académico e científico organizadas pela Academia das Ciências de Lisboa, que tem por objetivo ‘analisar e discutir a evolução do panorama científico português de forma prospetiv

Lançamento do projeto Barrocal-Cave marca um novo capítulo na Conservação da Biodiversidade em Portugal

O prestigiado Palácio Gama Lobo foi o cenário escolhido para o lançamento do projeto Barrocal-Cave, financiado pelo Prémio Fundação Belmiro de Azevedo 2023.

No passado dia 10 de abril, tivemos a honra de receber um grupo de estudantes e dois professores da Universidade de Leiden, na Holanda. Com um total de 40 estudantes, todos da área das bio farmacêuticas, a visita prometia ser entusiástica.

Miguel Pinto

No dia 29 de abril, Miguel Pinto visitou a Escola Básica Professora Aida Vieira, no Bairro Padre Cruz em Lisboa, para realizar oficinas de divulgação científica e atividades didáticas.

Fotografia de alguns dos oradores

O que é a sustentabilidade? Como podemos agir a nível local, procurando um impacto global? Estas e muitas outras questões marcaram a segunda edição da Semana da Sustentabilidade CIÊNCIAS, entre 15 e 19 de abril de 2024.

Pages