Lista final conferida em 2013

Variáveis essenciais da biodiversidade

Primeiro plenário do IPBES
IPBES

Essential Biodiversity Variables” é o título do artigo publicado no dia 18 de janeiro na revista Science. Henrique Miguel Pereira, investigador do Centro de Biologia Ambiental da FCUL, assina o texto juntamente com outros 30 especialistas de instituições sediadas na Austrália, África do Sul, Estados Unidos da América, Reino Unido, Itália, Canadá, Alemanha, Holanda, Quénia e Japão.

De acordo com o comunicado de imprensa difundido pela Universidade de Lisboa, “o artigo propõe um processo para identificação de variáveis essenciais da biodiversidade no contexto da Group on Earth Observations (GEO) Biodiversity Observation Network (BON)”, uma pequena associação em rede criada em 2008.

Após a publicação do artigo na revista Science, o grupo liderado por Henrique Miguel Pereira vai processar durante este ano a lista final de variáveis essenciais da biodiversidade. “Estamos a preparar um inquérito a enviar à comunidade científica e decisores de biodiversidade que permitirá aos inquiridos votar nas suas variáveis favoritas e propor novas variáveis”, explica o investigador português adiantando que “nos próximos anos a GEO BON irá apoiar organizações locais, nacionais e internacionais a implementar esquemas de monitorização das variáveis essenciais da biodiversidade”.
Imagem do Parque Nacional de Egmont na Nova Zelândia
Fonte: NASA Aster Science Team
Legenda: Imagem do Parque Nacional de Egmont na Nova Zelândia: as florestas protegidas do vulcão extinto Taranaki estão rodeadas por pastagens resultantes da desflorestação

O princípio essencial do sistema de monitorização da biodiversidade apresentado no artigo é o de identificar um conjunto limitado de variáveis, fáceis de monitorizar remotamente ou in situ e que contenham informação sobre o que está a acontecer à biodiversidade a diferentes escalas. O objetivo dos investigadores consiste em desenvolver uma rede de esquemas de medições repetidas da biodiversidade nos mesmos locais, ano após ano, proporcionando dessa forma uma maior coordenação e harmonização entre esquemas de monitorização.

“O nosso artigo está a despertar bastante interesse, o side event que organizámos na Intergovernmental Platform on Biodiversity and Ecosystem Services (IPBES) foi bastante participado. No próprio portal da Science já foi publicado um comentário ao artigo por um colega da Nova Zelândia”, comenta Henrique Miguel Pereira, que já havia proposto em 2006 o estabelecimento de uma rede global de monitorização da biodiversidade, num artigo publicado na “Trends in Ecology and Evolution”, juntamente com David Cooper, membro do Secretariado da Convenção da Diversidade Biológica.
Henrique Miguel Pereira e Isabel Sousa Pinto, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto
Fonte: IPBES
Legenda: Henrique Miguel Pereira e Isabel Sousa Pinto, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, durante o evento em Bona

O primeiro plenário da IPBES aconteceu em Bona, na Alemanha, entre 21 e 26 de janeiro, juntando delegações de mais de 100 países, que elegeram os 20 membros do Painel Multidisciplinar de Peritos, os dez membros do Bureau e aprovaram o orçamento e a estrutura do secretariado. Henrique Miguel Pereira esteve presente e chefiou a delegação portuguesa acrescentando que “ durante este ano será elaborado um plano de trabalhos para a plataforma, bem como uma estrutura conceptual”. Neste processo participam investigadores e governantes.

Ana Subtil Simões, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt
Pormenor de obra artística

Os promotores do FP7 acreditam que “centenas de instituições científicas de toda a União Europeia irão apresentar propostas” e esperam captar novos participantes, nomeadamente pequenas e médias empresas, incrementando dessa forma a competitividade europeia.

Carlos Miguel Farinha, bioquímico docente do DQB e investigador do BioFIG , foi premiado em junho com o Romain Pauwels Research Award, atribuído pela European Respiratory Society.

 

2ª fase de candidaturas:  15 a 22 de Julho.

O mestrado em Matemática para Professores é uma excelente oportunidade para consolidar,  recordar e aprender muitos temas relacionados com a matemática escolar.

No dia 12 de Julho foram feitas as apresentações de quatro trabalhos feitos no âmbito da disciplina de Projecto em Matemática para o Ensino do Mestrado em Matemática para Professores.

A Universidade de Lisboa e a Fundação Amadeu Dias estão a atribuir bolsas aos alunos de 1º Ciclo de qualquer área do saber, leccionado na Universidade de Lisboa e que já tenham concluído o 1.º ano curricular, ou alunos que frequentem&n

Em 18 anos, o Programa de Estímulo à Investigação premiou 34 jovens investigadores e 19 instituições da Universidade de Lisboa. Na última edição, dos oito premiados, três são jovens cientistas da FCUL. As candidaturas à próxima edição decorrem até 21 de setembro.

Cartaz do Seminário

No dia dia 16 de Julho, pelas 11H00, na sala 6.4.30, realizar-se-á um Seminário organizado pelo Centro de Investigação Operacional com o título 'Lagrangian-Based Branch-and-Bound for Two-Echelon Uncapacitated Facility Location with Single Assignment Cons

Os resultados das experiências ATLAS e CMS divulgados recentemente pelo CERN, também foram apresentados publicamente na FCUL, numa sessão organizada pela professora do Departamento de Física Amélia Maio, a responsável pela participação portuguesa na experiência ATLAS.

Apresentações dos Projectos de Física dia 19 de Julho, às 10h, na sala 8.2.17:

O que faz o profissional que passa os seus dias no laboratório? E quem se dedica a resolver equações ou a estudar animais e plantas? Cinquenta alunos da associação EPIS descobriram as respostas a estas e a outras questões.

Servidor da FCUL

O projeto de reestruturação do Centro de Dados da FCUL, iniciado em junho, deverá estar concluído no próximo mês de setembro.

Duas pessoas fazem uma experiência no laboratório

A Faculdade de Ciências abre as portas dos seus laboratórios a 50 jovens, vindos de diferentes pontos do País, para mais uma edição da “Rota das Vocações de Futuro” da EPIS.

Apesar de ser uma das áreas mais recentes da FCUL, atualmente é uma vertente da ciência portuguesa em franca expansão.

“Um trabalho que reflita sobre o passado de uma instituição, ou o passado da ciência em Lisboa ou em Portugal, é sempre algo de muito importante para repensarmos o nosso trajeto”. A afirmação feita pela historiadora das ciências, Ana Simões, a propósito de um dos muitos projetos em curso é reveladora da importância, que a preservação do património científico tem na sua vida.

Kostas Gavroglu e Ana Simões assinam o primeiro livro “Neither Physics nor Chemistry: A History of Quantum Chemistry” sobre a emergência da disciplina Química Quântica, o pretexto ideal para conversar com a autora portuguesa.

O Grupo Azevedos oferece estágio profissional remunerado a recém licenciado na área da Estatística ou Matemática. Os interessados devem enviar a candidatura para

A edição deste ano d´O Botânico, uma revista propriedade da Associação Íbero-Macaronésica de Jardins Botânicos já se encontra online.

O Centro de Informática migrou todo o sítio antigo para o novo Portal da FCUL.

O Centro de Informática colocou em produção, durante a ultima semana de Maio, um equipamento de rede central na arquitectura de comunicações da FCUL.

Na Licenciatura em Matemática (LM) da FCUL, o leque de opções do 3º ano da LM foi alargado e passou a incluir as seguintes disciplinas, que estarão já disponíveis no ano lectivo de 2012/13:

 

 

Em exibição no:

MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA

1 de Junho de 2012 a 28 de Abril de 2013

 

 

Os cadernos e as comissões eleitorais estão publicitados no portal da FCUL, assim como o Despacho D/101/2012, que integra o calendário de eleições.

A eleição do Presidente do Departamento de Física  terá lugar de 3 a 5 de Julho de 2012

Comissão Eleitoral

Páginas