Lista final conferida em 2013

Variáveis essenciais da biodiversidade

Primeiro plenário do IPBES
IPBES

Essential Biodiversity Variables” é o título do artigo publicado no dia 18 de janeiro na revista Science. Henrique Miguel Pereira, investigador do Centro de Biologia Ambiental da FCUL, assina o texto juntamente com outros 30 especialistas de instituições sediadas na Austrália, África do Sul, Estados Unidos da América, Reino Unido, Itália, Canadá, Alemanha, Holanda, Quénia e Japão.

De acordo com o comunicado de imprensa difundido pela Universidade de Lisboa, “o artigo propõe um processo para identificação de variáveis essenciais da biodiversidade no contexto da Group on Earth Observations (GEO) Biodiversity Observation Network (BON)”, uma pequena associação em rede criada em 2008.

Após a publicação do artigo na revista Science, o grupo liderado por Henrique Miguel Pereira vai processar durante este ano a lista final de variáveis essenciais da biodiversidade. “Estamos a preparar um inquérito a enviar à comunidade científica e decisores de biodiversidade que permitirá aos inquiridos votar nas suas variáveis favoritas e propor novas variáveis”, explica o investigador português adiantando que “nos próximos anos a GEO BON irá apoiar organizações locais, nacionais e internacionais a implementar esquemas de monitorização das variáveis essenciais da biodiversidade”.
Imagem do Parque Nacional de Egmont na Nova Zelândia
Fonte: NASA Aster Science Team
Legenda: Imagem do Parque Nacional de Egmont na Nova Zelândia: as florestas protegidas do vulcão extinto Taranaki estão rodeadas por pastagens resultantes da desflorestação

O princípio essencial do sistema de monitorização da biodiversidade apresentado no artigo é o de identificar um conjunto limitado de variáveis, fáceis de monitorizar remotamente ou in situ e que contenham informação sobre o que está a acontecer à biodiversidade a diferentes escalas. O objetivo dos investigadores consiste em desenvolver uma rede de esquemas de medições repetidas da biodiversidade nos mesmos locais, ano após ano, proporcionando dessa forma uma maior coordenação e harmonização entre esquemas de monitorização.

“O nosso artigo está a despertar bastante interesse, o side event que organizámos na Intergovernmental Platform on Biodiversity and Ecosystem Services (IPBES) foi bastante participado. No próprio portal da Science já foi publicado um comentário ao artigo por um colega da Nova Zelândia”, comenta Henrique Miguel Pereira, que já havia proposto em 2006 o estabelecimento de uma rede global de monitorização da biodiversidade, num artigo publicado na “Trends in Ecology and Evolution”, juntamente com David Cooper, membro do Secretariado da Convenção da Diversidade Biológica.
Henrique Miguel Pereira e Isabel Sousa Pinto, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto
Fonte: IPBES
Legenda: Henrique Miguel Pereira e Isabel Sousa Pinto, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, durante o evento em Bona

O primeiro plenário da IPBES aconteceu em Bona, na Alemanha, entre 21 e 26 de janeiro, juntando delegações de mais de 100 países, que elegeram os 20 membros do Painel Multidisciplinar de Peritos, os dez membros do Bureau e aprovaram o orçamento e a estrutura do secretariado. Henrique Miguel Pereira esteve presente e chefiou a delegação portuguesa acrescentando que “ durante este ano será elaborado um plano de trabalhos para a plataforma, bem como uma estrutura conceptual”. Neste processo participam investigadores e governantes.

Ana Subtil Simões, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt
Cientista Ana Russo Regressa à Escola

A cientista Ana Russo, investigadora do Instituto Dom Luiz (IDL), visitou duas escolas básicas do concelho de Sintra no dia 23 de abril para rea

Branca Edmée Marques, cientista alumna de CIÊNCIAS

Branca Edmée Marques, alumna de CIÊNCIAS, será homenageada no dia 20 de junho pelos Museus da Universidade de Lisboa

Margarida Fortes, docente do Departamento de Biologia Vegetal de CIÊNCIAS dá uma aula em frente a um quadro com uma projeção imagética

Margarida Fortes, professora de CIÊNCIAS, visitou a Escola Secundária de Carcavelos para dar uma aula acerca da edição genética.

Um grupo de membros de Instituições do Ensino Superior, onde se inclui CIÊNCIAS, está reunido em frente a um jardim, em visita à Siemens

 A iniciativa teve como objetivo aproximar a academia do tecido empresarial.

Nuno Gonçalves alcança o segundo lugar na competição 3MT ULisboa.

Nuno Gonçalves foi distinguido com o segundo lugar, na final da competição ‘Três Minutos de Tese – 3MT ULisboa’, que se realizou esta quint

Inês Ventura

Inês Ventura, a desenvolver o seu doutoramento no Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE) e no Instituto de Biossistemas e Ciências Integrativas (

Universidade de Lisboa

A Universidade de Lisboa alcança a 260ª posição no QS World University Rankings (SUR) 2025, tornando-se na universidade portuguesa mais bem classificada neste ranking.

Signatários do acordo

Dia 5 de junho foi assinado o acordo para a construção do espectrógrafo ANDES (ArmazoNes high Dispersion Echelle Spectrograph – Espectrógrafo Echelle de alta dispersão do Armazones), entre o Observatório Europeu do Sul (

 Luís Carriço, Diretor de CIÊNCIAS, e David Gonçalves, Dean do Instituto da Ciência e do Ambiente da Universidade de São José (USJ) assinam acordo sentados a uma mesa

CIÊNCIAS assinou no dia 5 de junho um acordo de cooperação com o Instituto da Ciência e do Ambiente da Universidade de São José (USJ), com vista à cooperação científica em várias áreas de interesse comum.

Equipa do projeto 'Ciências em Harmonia'

Esta terça-feira, 28 de maio, o projeto ‘Ciências em Harmonia’ assinalou o seu primeiro ano de atividades: um marco comemorado com um convívio informal com a comunidade, que

António Branco

António Branco, docente do Departamento de Informática de CIÊNCIAS, foi um dos oradores convidados da conferência que

Sabemos que no futuro um sismo de magnitude significativa voltará a atingir Lisboa. Não sabemos é quando. E se o pudéssemos prever? E se existisse uma probabilidade forte de ser já em 2027?

Ana Santos, finalista 3MT ULisboa

Ao longo dos próximos dias, daremos a conhecer os quatro finalistas de CIÊNCIAS que irão participar na final da competição

Painel e sessão de Perguntas & Respostas | Estreia de documentário

Perto de 120 pessoas assistiram este sábado, 25 de maio, à estreia do documentário ‘O que se esconde na luz? A ciência da missão espacial Euclid’, produzido pelo Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA).

Investigadores do Instituto Dom Luiz, de CIÊNCIAS, instalaram um sismómetro na Escola Básica Professor Delfim Santos, que se encontra a menos de um quilómetro do Estádio da Luz, em Lisboa, onde vão ter lugar os concertos.

Banner Bênção de Finalistas & Queima das Fitas 2024

Este fim de semana a Alameda da Universidade de Lisboa vai voltar a encher-se de finalistas de CIÊNCIAS e de tantas outras faculdades e universidades. A cerimónia de Bênção de Finalistas decorre amanhã dia 25 de maio, a partir das 11h30.

 

3MT ULisboa 2024

Quatro dos doze finalistas da competição ‘Três Minutos de Tese – Universidade de Lisboa’ são de CIÊNCIAS.

Pinguins-de-adélia

Num artigo agora publicado na Science, investigadores de instituições de renome a nível mundial propõem uma estratégia para envolver todas as partes interessadas na governança do Oceano Antártico através de um processo de ordenamento do espaço marinho (OEM) inteligente do ponto de vista climático.

Impressão artística da missão Euclides no espaço.

A 25 de maio (sábado), às 21h00, vamos ver e compreender as novas imagens de entre as maiores alguma vez feitas do Universo, no Grande Auditório de CIÊNCIAS (Edifício C3). A entrada é livre.

Redes Doutorais Marie Curie Projeto PROMOTE

CIÊNCIAS vai participar numa das propostas vencedoras do concurso 2023 das Redes Doutorais de Ações Marie Skłodowska-Curie (MSCA DN).

Páginas