Exército Português anunciou solução inovadora de resposta à COVID-19

CQE Ciências ULisboa lidera consórcio REUSE

Novo descontaminante gasoso baseado em nanopartículas patenteado pela Delox

Máscara respiratória

A tecnologia da Delox será responsável por inativar toda a carga microbiana existente nas máscaras respiratórias

unsplash - Engin Akyurt

O Exército Português (EP) anunciou no passado dia 23 de abril o desenvolvimento de um conceito - isolador de descontaminação - realizado em parceria com o Centro de Química Estrutural, polo da Ciências ULisboa e a spin-off Delox, sediada no Tec Labs e que permitirá a reutilização de máscaras respiratórias pelos profissionais de saúde e cuidadores.

O consórcio REUSE surge na sequência do apoio especial a projetos de implementação rápida para soluções inovadoras de resposta à COVID-19, promovidos pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, em colaboração com a Agência de Investigação Clínica e Inovação Biomédica (AICIB) e tem como objetivo a descontaminação de máscaras respiratórias para posterior reutilização.

“O REUSE tem como objetivo a bio descontaminação de respiradores, de modo a permitir a sua reutilização até 20 vezes para combater a falta destes elementos de proteção individual para os profissionais de saúde e grupos de risco da população”, diz Fernando Antunes, professor do Departamento de Química e Bioquímica, investigador do polo da Ciências ULisboa do CQE, cofundador da Delox e coordenador deste consórcio.

O desenvolvimento do REUSE insere-se noutro projeto - Descontaminação por aeRossol gAsoso de partíCulas Oxidantes (DRACO) -, financiado pelo Centro de Investigação da Academia Militar (CINAMIL), e que resulta de uma parceria com a Delox e com o Laboratório de Defesa Biológica (LDB) da Unidade Militar Laboratorial de Defesa Biológica e Química (UMLDBQ), entidades responsáveis por testar a eficácia de um novo descontaminante gasoso baseado em nanopartículas, desenvolvido e patenteado pela Delox.

A eficácia dos resultados deste novo descontaminante incentivaram a extensão do campo de aplicações deste novo composto para o combate à COVID-19, empregando-o na descontaminação de máscaras respiratórias, de diferentes tipologias, para posterior reutilização.

“O REUSE visa a produção de dois protótipos, um com capacidade de bio descontaminar 200 respiradores em duas horas, e uma versão desktop que bio descontamina quatro respiradores em 30 minutos”, explica Fernando Antunes, acrescentando que este projeto conta também com a participação de João Pires da Silva, professor do DQB e investigador do CQE, na Ciências ULisboa, e cofundador da Delox.

David Pera e Ivo Costa, professores do Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia e investigadores do Instituto Dom Luiz, são os outros membros da Ciências ULisboa que integram esta equipa, constituída também por outros membros da Delox, CINAMIL, LDB, UMLDBQ; e Hospital das Forças Armadas.

O consórcio criado para a operacionalização deste objetivo foi promovido pelo LDB da UMLDBQ, com o apoio do IAPMEI, nomeadamente da rede European Enterprise Network, sendo liderado pelo CQE Ciências ULisboa, do polo da Ciências ULisboa. Além dos parceiros já mencionados o consórcio inclui ainda a empresa Fardas 3B. O major veterinário Wilson Antunes, a prestar serviço na UMLDBQ, é o investigador principal do projeto desenvolvido no CINAMIL.

A equipa detém todas as valências necessárias para a síntese do descontaminante, desenho, produção e testagem dos protótipos à escala laboratorial e operacional.

A materialização do REUSE passa pela construção de um protótipo de uma câmara de descontaminação transportável e de uma versão desktop para uso pessoal, onde operam a tecnologia da Delox, responsável por inativar toda a carga microbiana existente nas máscaras respiratórias.

ACI Ciências Ulisboa com EP
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas