Preservar o oceano, reforçar pontes entre Portugal e França

"Fórum Oceano: Atlântico, um bem comum, visões partilhadas franco-portuguesas" acontece este mês na Ciências ULisboa

mar

O encontro decorre durante os dias 26 e 27 de setembro

Eduarda Pinto

Nos dias 26 e 27 de setembro decorre na Ciências ULisboa o “Fórum Oceano: Atlântico, um bem comum, visões partilhadas franco-portuguesas”, uma iniciativa organizada pela Faculdade e pelo Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE), conduzida no âmbito da Temporada Portugal-França (TPF) 2022. O objetivo do encontro, que inclui conferências e mesas redondas, é sensibilizar o público para a importância da preservação do oceano e reforçar pontes de colaboração entre os dois países.

Os eventos do Fórum Oceano visam sensibilizar o público para os grandes desafios relacionados com o conhecimento, a importância e a preservação do oceano. Estas iniciativas são realizadas no quadro da TPF 2022 com o apoio do Institut Français e do Comissariado Português da Temporada, do Comité de Mecenas da Temporada, da Euronext e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

O evento constitui um prolongamento de um primeiro encontro, “Forum Océan: un enjeu pour l’expertise scientifique européenne” [Fórum Oceano: um desafio para o conhecimento científico europeu], que decorreu em Paris entre 2 e 4 de março passado, no âmbito da presidência francesa do Conselho da União Europeia.

O evento é aberto ao público, em formato presencial, mediante inscrição online gratuita e obrigatória, e contará com tradução simultânea português/francês. Terá transmissão em direto no canal YouTube da Faculdade.

A iniciativa que decorre este mês na Faculdade é organizada em estreita colaboração com o Muséum National d’Histoire Naturelle (MNHN) e o Institut de l’Océan de l’Alliance Sorbonne Université (IOASU).

Serão abordados conteúdos como a importância do oceano para a humanidade, as lacunas de conhecimento existentes, a necessidade de o estudar e preservar, e as ações que os cidadãos podem tomar neste sentido. As mesas redondas pretendem sensibilizar o público para a diversidade de questões e desafios partilhados no oceano Atlântico.

Na sessão de abertura, as boas-vindas são dadas por Luís Carriço, diretor da Faculdade. Com moderação de Isabel Domingos, professora do Departamento de Biologia Animal (DBA) e investigadora do MARE, seguem-se as intervenções de representantes de entidades públicas - Olivier Poivre D’Arvor, embaixador de França para os Polos e os Desafios Marítimos, Luís Ferreira, reitor da ULisboa, Bruno David, presidente do MNHN, Manuela Júdice, comissária portuguesa da TPF 2022 e e Hélène Farnaud-Defromont, embaixadora de França em Portugal. A encerrar a sessão intervirá o secretário de estado do Mar, José Maria Costa,

Miguel Miranda, presidente do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, Pedro Raposo de Almeida, diretor do MARE, Ricardo Melo, professor do Departamento de Biologia Vegetal e coordenador do polo MARE na Ciências ULisboa, José Guerreiro, professor do DBA e investigador no MARE, e Vera Sequeira, investigadora no MARE, são os cientistas da Faculdade que marcam presença neste encontro, entre diversas personalidades representantes de entidades francesas.

A Temporada Portugal-França 2022 decorre simultaneamente nos dois países entre 12 de fevereiro e 31 de outubro de 2022. A programação inclui mais de 200 eventos científicos e culturais.

Em entrevista à TPF, Isabel Domingos, coordenadora do mestrado em Ecologia Marinha e membro da comissão organizadora do evento em Portugal, fala sobre o papel do mar na vida e no futuro de todos. Para a investigadora, é importante tratar as temáticas do oceano de forma holística, que integre todos os setores e atividades ligados ao mar. Como países de longa tradição marítima, e o facto de se ter incluída a temática “Oceano e Sustentabilidade” num dos eixos da TPF, “é revelador do compromisso que ambos os países assumem na importância que atribuem ao mar”, sendo o Fórum Oceano um espaço privilegiado para aproximar os dois países, através da partilha de conhecimento científico e experiência, diz.

Para Isabel Domingos, o evento constitui uma “excelente oportunidade para consolidar a ligação e a colaboração entre investigadores de diversas áreas das ciências do mar e instituições de ambos os países”. A cooperação é o caminho para a resolução dos problemas da atualidade, e o conhecimento científico é imprescindível para a conservação dos ecossistemas marinhos e desenvolvimento de uma economia azul sustentável, defende. A professora propõe que essa colaboração com instituições francesas possa também ser feita ao nível académico, “já que as universidades são locais de excelência onde se faz a ponte entre ensino e investigação constituindo uma importante fonte de divulgação do conhecimento científico”; e que essa colaboração seja materializada através da concretização de projetos comuns e do intercâmbio de estudantes de mestrado ou doutoramento.

Marta Tavares, Gabinete de Jornalismo Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Membros do Ciências em Harmonia (C-H), o projeto pioneiro de CIÊNCIAS para promoção do bem-estar entre alunos

O Ciências em Harmonia (C-H), projeto pioneiro de CIÊNCIAS, teve direito a destaque na edição de 23 de julho do jornal Público.

Ser Cientista 2024

Entre 22 e 26 de julho, 67 alunos do ensino secundário têm a oportunidade experienciar, durante uma semana, o que é ser cientista e como é o ambiente de investigação.

Licenciaturas CNA 2024

Vem definir o teu futuro e descobre o que temos preparado para ti. Candidata-te a CIÊNCIAS ULisboa!

Banner Prémio de Doutoramento em Ecologia - Fundação Amadeu Dias

Já são conhecidos os vencedores da edição 2024 do Prémio de Doutoramento em Ecologia - Fundação Amadeu Dias, organizado pela Sociedade Portuguesa de Ecologia (SPECO).

Jorge Buescu, professor do Departamento de Matemática (DM) de CIÊNCIAS, reeleito Vice-Presidente da European Mathematical Society (EMS)

Jorge Buescu, professor do Departamento de Matemática (DM) de CIÊNCIAS, foi reeleito Vice-Presidente da European Mathematical Society (EMS).

Verão na ULisboa em CIÊNCIAS

Foi com um sorriso na cara e com vontade de um dia regressarem, que os estudantes do programa Verão na ULisboa deixaram o campus de CIÊNCIAS, após as cerimónias de entrega de diplomas que decorreram nos dias 5 e 12 de julho.

Assinatura do Protocolo com a REDCORP

o passado dia 9 de julho a Direção de CIÊNCIAS assinou um protocolo de cooperação com a REDCORP, empresa de empreendimentos mineiros responsável pelo Projeto Lagoa Salgada.

CIÊNCIAS assinA um protocolo de colaboração com a Raiz Vertical Farms nas instalações de CIÊNCIAS, tendo sido assinado pelo Diretor da faculdade, Luís Carriço, e pela co-fundadora da startup Rede Vertical Farms, Inês Barros.

CIÊNCIAS assinou um protocolo de colaboração com a Raiz Vertical Farms, com o objetivo de instalar uma horta vertical no campus da faculdade.

Equipa do CSD Lab do BioISI

Uma equipa de investigadores do Laboratório de Estrutura e Dinâmica Celular (CSD Lab) do Instituto de Biossistemas e Ciências Integrativas (BioIS

Diogo Rodrigues Fernandes

Diogo Rodrigues Fernandes, doutorando de CIÊNCIAS e investigador no Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais (

Banner O Planeta Vivo

“Temos este mundo, ou nada. E temos um grande problema se não entendermos o planeta que queremos salvar.” Esta citação de Carl Sagan é o mote do documentário ‘O Planeta Vivo’, que estreou no passado dia 3 de julho na RTP.

Vista Aérea do Observatório do Paranal

O Observatório do Paranal, no deserto do Atacama no Chile, que faz parte do Observatório Europeu do Sul (ESO), vai receber em 2025 um telescópio made in Portugal para observar o Sol.

Nuno Gonçalves e Inês Leite posam com os prémios junto aos restantes investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA)

Nuno Gonçalves e Inês Leite, estudantes de CIÊNCIAS, foram premiados na SPIE Astronomical Telescopes + Instrumentation, a maior conferência internacional sobre instrumentação para a Astronomia.

Ranking de Leiden: Há três áreas de investigação de CIÊNCIAS em que a ULisboa é líder nacional

A Universidade de Lisboa (ULisboa) está em primeiro lugar a nível nacional em três áreas de produção científica de CIÊNCIAS no reputado CWTS Leiden Ranking: Ciências da Vida e da Terra, Matemáti

Banner Curso PRODIGI

A partir de 2025 a Universidade de Lisboa em parceria com o Instituto Politécnico de Lisboa, vai disponibilizar uma nova formação online em competências digitais.

 

Inês Fragata, Margarida Matos, Sara Magalhães e Cristina Máguas.

CIÊNCIAS inaugura hoje oficialmente a infraestrutura laboratorial de investigação - Unidade de Evolução Experimental.

Imagem alusiva ao Deep Tech Talent Initiative (DTTI), um programa do European Institute of Innovation and Technology (EIT)

O Mestrado em Bioestatística de CIÊNCIAS foi acreditado pela Deep Tech Talent Initiative (DTTI), um programa do European Institute of Innovation and Technology (EIT).

Dois professores de CIÊNCIAS eleitos sócios da Academia das Ciências de Lisboa

Pedro Miguel Duarte e Luís Eduardo Neves Gouveia, professores de CIÊNCIAS, foram eleitos sócios da Academia das Ciências de Lisboa.

O Centro de Congressos da Alfândega do Porto é o palco da edição de 2024 do Encontro Ciência.

Luís Carriço (Diretor de CIÊNCIAS) e Carlos Martins (Presidente da EPAL) junto a um dos novos bebedouros.

A Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa aderiu ao desafio da EPAL - Empresa Portuguesa das Águas Livres de consumir Água da Torneira nas suas áreas comuns, representando mais um compromisso com o Ambiente e com

 Rodrigo Freitas, Francisco Graça e Diogo Ávila no Pódio dos 3000 metros obstáculos no Campeonato Nacional Universitário de Pista ao Ar Livre

Rodrigo Freitas, estudante de CIÊNCIAS, sagrou-se bicampeão no Campeonato Nacional Universitário (CNU) de Atletismo Pista Ar Livre.

Desde ontem que CIÊNCIAS dispõe de um novo espaço: o Lounge C7!

Carolina Margarido, Catarina Lima e Raquel Costa seguram o prémio de primeiro lugar na segunda fase do Future Innovators Program da Unicorn Factory Lisboa

Carolina Margarido, Catarina Lima e Raquel Costa venceram a segunda fase do Future Innovators Program da Unicorn Factory Lisboa

A cientista Ana Russo, investigadora do Instituto Dom Luiz (IDL), visitou duas escolas básicas do concelho de Sintra no dia 23 de abril para rea

Páginas