Escola Secundária Matias Aires em Ciências ULisboa

C2

A visita começou com uma aula sobre o funcionamento dos microscópios eletrónicos e a preparação das amostras

ACI Ciências ULisboa

Cerca de 45 alunos da Escola Secundária Matias Aires, em Agualva Cacém, visitaram Ciências ULisboa, no dia 14 de fevereiro. Durante a manhã conheceram o Microscópio Eletrónico de Varrimento e à tarde participaram na palestra "Imagem Médica: Como a Física permite ver o interior do corpo humano".

Patrícia Vicente, Rómulo Kaidussos e Leinira Cabral, estudantes do 11.º ano do curso de Ciências e Tecnologia daquela escola acharam as atividades muito interessantes. Só Rómulo Kaidussos conhecia a Faculdade havendo participado no Verão na ULisboa. Também ele já sabe o que quer seguir: Astrofísica. Qualquer um deles considera a experiência importante e muito útil. “Ajuda as pessoas que estão indecisas a terem uma ideia do que podem vir a fazer no futuro”, conclui o jovem.

C1
“Já tive alunos que me disseram que escolheram a Faculdade porque assistiram a uma palestra”, conta Nuno Matela
Fonte ACI Ciências ULisboa

“Gosto muito desta interação. Acho que é mais interessante do que outras iniciativas para um público mais alargado. Permite um contacto mais próximo com aqueles que estão mesmo interessados”, comenta Nuno Matela, professor do Departamento de Física e investigador do Instituto de Biofísica e Engenharia Biomédica de Ciências ULisboa. O orador da palestra “Imagem Médica: Como a Física permite ver o interior do corpo humano” tem tido vários pedidos e esta semana vai a apresentar o tema a uma escola. O objetivo da bolsa de palestras é cativar os alunos e despertar o interesse, dessa forma ficam informados quanto ao que podem aprender na Faculdade. “Já tive alunos que me disseram que escolheram a Faculdade porque assistiram a uma palestra”, conta Nuno Matela.

Arminda Costa, Ana Paula Valentim e Margarida Pessoa são professoras na Escola Secundária Matias Aires e concluíram as suas licenciaturas em Ciências ULisboa. Dão aulas há mais de 20 anos. O balanço do dia é muito positivo.

Laboratório
As visitas duram cerca de duas horas. No laboratório os alunos experimentam o microscópio eletrónico de varrimento
Fonte ACI Ciências ULisboa

Arminda Costa sempre quis ser professora. Adorou estudar nesta Faculdade. Todos os anos visita com os seus alunos o Microscópio Eletrónico de Varrimento. “Na escola estamos muito limitadas”, diz. Neste dia ficou fascinada com a palestra de Nuno Matela. “Aprendi imenso”, revela.

Ana Paula Valentim inaugurou o C1. Dá aulas há 29 anos. A professora também costuma participar com os seus alunos no Dia Aberto. “É útil… Abre horizontes e perspetivas em termos de escolhas futuras. Além disso ficam a conhecer melhor o espaço e o que se faz na Faculdade em termos de trabalho de investigação”, refere.

Margarida Pessoa recorda os tempos passados em Ciências ULisboa com entusiasmo: “Foi ótimo, muito enriquecedor. Tínhamos uma turma excelente e até chegamos a publicar”. A docência sempre foi uma vontade. Gostou imenso da visita e acha que os estudantes ficaram muito interessados. “Os alunos precisam de definir objetivos e perceberem que as matérias poem ser difíceis e complexas, mas que se se empenharem não são assim tão difíceis”, diz.

Telmo Nunes trabalha desde 2001 no Departamento de Biologia Vegetal de Ciências ULisboa. Têm sempre muitas visitas ao Laboratório, que duram cerca de duas horas. “Este mês temos três visitas por semana”, conta. A atividade começa com uma aula sobre o funcionamento dos microscópios eletrónicos e a preparação das amostras.  O laboratório funciona num regime de prestação de serviços. Fazemos principalmente trabalho de investigação. Trabalhamos com as Faculdades de Medicina Veterinária, Farmácia. Também trabalhamos com os nossos Departamentos de Geologia e Biologia. Damos apoio a aulas de mestrado e também prestamos serviços para fora”, conclui Telmo Nunes.

Ana Subtil Simões, Área de Comunicação e Imagem de Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Visitas a Ciências
Desenho do campus da FCUL

As tabelas e notas científicas, assim como as regras elementares de segurança em laboratórios são algumas das mais-valias deste “livro”.

A fim de cumprir com o estabelecido no Regulamento Eleitoral, o Caderno Eleitoral para a eleição do Presidente do Departamento de Estatística e Investigação Operacional está disponível para consulta.

 O projecto CAMPUS UL realizado pelos alunos de mestrado em Engenharia Geográfica no âmbito das disciplinas de Fotogrametria Analítica e de Produção Cartográfica ganhou o segundo prémio no concurso internacional de projectos com fins educativos

lâmpada

"Criar, transferir e valorizar economicamente o conhecimento científico" é a causa primária do renovado centro de inovação, situado no campus da FCUL.

Hoje, quarta-feira, dia 10 de Outubro de 2012, registou-se uma quebra no acesso à Internet pelas 17h00 por cerca de 5 minutos.

A causa foi externa à Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e ainda não fomos informados das suas causas.

Estão abertas três vagas para bolseiros para a Unidade de Informática

Imagem do professor J. Sebastião e Silva

O Departamento de Matemática da FCUL apresenta obras selecionadas de personalidades da nossa história, nomeadamente os Compêndios de Matemática e os respetivos Guias para professores de José Sebastião de Silva, cujos direitos patrimoniais foram cedidos à Faculdade por um período de 30 anos.

Devido a uma avaria no equipamento de Videoconferência, o serviço encontra-se interrompido por tempo indeterminado. Pedimos desculpa pelo incómodo causado.

Alunos aguardam a sua vez na fila para as inscrições

Este ano, durante a 1.ª fase de inscrições, foi realizado um inquérito a 845 estudantes. De acordo com os resultados obtidos, o reconhecimento da competência científica (25%), a localização (22%) e a nota de candidatura (22%), foram determinantes na escolha da FCUL.

Abertura de Concurso para uma posição de substituição de Doutor Ciência na CFNUL na área Física Nuclear – Reações Nucleares, ver anúncio em http://www.eracareers.pt/opportunities/index.aspx?task=global&job

A FCUL dá as boas-vindas aos novos alunos, após o arranque do novo ano letivo, a 17 de setembro.

Filipe Duarte Santos - Professor Catedrático e Jubilado do Departamento de Física e Director do SIM

Imagem de perfil de Maria Filomena Camões, professora do DQB-FCUL

Maria Filomena Camões, professora do Departamento de Química e Bioquímica da FCUL, assina um artigo sobre a criação do Instituto Nacional de Metrologia da Colômbia e a inauguração de um laboratório do qual é madrinha.

Guiomar Evans - Prof. Auxiliar do Departamento de Física e Investigadora do Centro de Física da Matéria Condensada

A missa do 30.º dia em memória de José Manuel Pires dos Santos, professor aposentado do Departamento de Informática da FCUL, realiza-se a 11 de setembro, pelas 19h00, na Igreja da Luz, em Carnide.

O professor José Manuel Pires dos Santos sentado em frente a uma secretária

Toda a morte, mesmo a anunciada, é uma surpresa. Um misto de espanto e de descrença como se não fosse possível acontecer.

As actividades da Semana Zero do DEGGE têm lugar nos dias 12, 13 e 14 de Setembro.

Bolsas Universidade de Lisboa / Fundação Amadeu Dias

Em cinco anos, a UL e a FAD apoiaram 134 projetos. A Faculdade de Ciências distingue-se com o maior número de alunos e respetivos trabalhos distinguidos, setenta.

Apresentações públicas do Programa de Doutoramento em Biologia

Pormenor da face de uma aluna da FCUL

Apesar do próximo ano letivo começar já dia 17 de setembro, a FCUL ainda está a receber candidaturas de alunos interessados nos seus cursos pós-graduados.

Centro de Dados da FCUL

Tal como anunciado em julho, a modernização do Centro de Dados da FCUL foi realizada durante os meses de verão e está prestes a terminar.

Vela

Aos familiares, amigos e colegas a FCUL apresenta as sinceras condolências.

Fluxo de energia bancária

“O princípio de que aumentar o capital dos bancos favorece a estabilidade bancária, para além de estar errado, penaliza países como o nosso de forma ainda mais gravosa”, refere em entrevista Pedro Gonçalves Lind, um dos autores do regular article “The Dynamics of Financial Stability in Complex Networks”.

Os cidadãos estrangeiros abrangidos pelos programas “Erasmus Mundus” e “Ciência sem Fronteiras” podem ter autorização de residência em menos de 15 dias e direito à mobilidade no espaço da União Europeia.

Páginas