A Universidade é Cidade

Cortejo académico na Aula Magna
Núcleo de Comunicação da RUL

Fantástico. Emocionante. Inspirador. Única. Memorável. A Sessão de Abertura do Ano Académico da nova Universidade de Lisboa foi especial: a academia entregou-se à cidade e ao mundo.

Nas palavras de J. M. Pinto Paixão a cerimónia foi “memorável” refletindo “uma atmosfera condicente com as culturas das duas universidades”. Para o diretor da FCUL, quando a universidade olha em redor, resolve muitos dos seus problemas, servindo melhor a sociedade em que se insere.

António Costa, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, considerou a cerimónia “inspiradora” presenteando os reitores António Sampaio da Nóvoa e António Cruz Serra com as medalhas de honra do município, em forma de “agradecimento pelo contributo extraordinário que as duas universidades têm dado ao longo destes anos para a cidade de Lisboa”. O autarca comentou ainda que a fusão da Universidade de Lisboa e da Universidade Técnica de Lisboa é uma excelente oportunidade para “recolocar Lisboa na rota internacional das universidades”.

Cortejo académico
Fonte: Núcleo de Comunicação da RUL
Legenda: A cerimónia foi transmitida em sistema de vídeo difusão

“Além de muito bonita foi de facto emocionante”, disse Helena Maria Iglésias Pereira. A professora do Departamento de Estatística e Investigação Operacional e presidente do Conselho Pedagógico da FCUL é uma presença assídua nestas ocasiões, por isso mesmo classificou-a como uma sessão “especial e mais emocionante do que o habitual”.

Também Maria Amélia Martins-Loução, professora do Departamento de Biologia Vegetal da FCUL, destacou a excelência e unicidade do momento. “Há mais de dez anos que assisto a estas cerimónias, esta de facto marca uma nova etapa da cidade e da universidade pública”, concluiu a antiga vice-reitora da UL.

A 16 de janeiro de 2013, a Aula Magna acolheu o primeiro ato comum após a publicação do decreto-lei, que procede à fusão entre a Universidade de Lisboa e a Universidade Técnica de Lisboa, em 31 de dezembro do ano passado. Nuno Crato, ministro da Educação e Ciência, apadrinhou o acontecimento com a sua presença.

Reitores da UL e UTL e ministro da Educação e Ciência
Fonte: Núcleo de Comunicação da RUL
Legenda: A sessão de abertura do ano letivo contou com representantes do Governo

No público, entre a expectativa, o entusiasmo e a incerteza quanto ao futuro, elaboravam-se considerações. A primeira palavra escolhida por Guida Carvalheiro para adjetivar a sessão foi “ fantástica”. A coordenadora do Núcleo de Compras e Património da Unidade de Recursos Financeiros e do Património da FCUL considerou a cerimónia simplesmente “simbólica”. Também João Costa, presidente da Associação de Estudantes do Instituto Superior Técnico, ficou satisfeito com o acontecimento e com a fusão das universidades: “Acho que é um grande passo para as instituições de ensino superior de Portugal, a criação de uma grande Universidade a nível nacional e com grande relevo a nível internacional. É um grande passo também para o futuro do país, daqui sairão jovens bastante qualificados que estarão presentes em grandes projetos a nível nacional e internacional o que será fundamental para o futuro do país”.

Para quem esteve e está envolvido no processo de fusão, como é o caso de Rui Malhó, subdiretor da FCUL, esta é “uma excelente oportunidade”, cabendo a cada um de nós tornar o nosso futuro risonho. Flávia Guerra, aluna do mestrado em Ecologia e Gestão Ambiental da FCUL e membro da VicenTuna, acredita que a mudança de paradigma pode incrementar a inserção profissional desta comunidade académica. “Vamos estar mais unidos e possivelmente mais reconhecidos a nível europeu”, disse.

Reitores da UTL e da UL
Fonte: Núcleo de Comunicação da RUL
Legenda: A Câmara Municipal de Lisboa atribuiu às universidades a medalha de honra municipal

A Sessão de Abertura do Ano Académico 2012/2013 foi transmitida em sistema de vídeo difusão através da página oficial da reitoria. Ao longo da cerimónia, muitos foram os momentos que uniram os altos representantes das duas universidades, a classe política, os docentes, os não docentes e os restantes convidados presentes na sala.

Ao som de Carlos do Carmo, cantou-se Lisboa, essa menina e moça que agora une duas forças do conhecimento, iluminando-as ao longo de um percurso exigente que se espera frutuoso.

Se a música foi uma presença constante… Antes do evento principiar e momentos antes da cerimónia findar as tunas, o Coro Infantil da UL e os Coros da UL e da UTL brindaram os convidados. Outras expressões culturais ecoaram no auditório: do cinema, à dança contemporânea, passando pela poesia com “Lisboa”, de Sophia de Melo Breyner, declamada por Ana Bacalhau, vocalista dos Deolinda e antiga aluna da Faculdade de Letras da UL e pela sabedoria de Eduardo Lourenço, que recebeu naquele final de dia o Prémio Universidade de Lisboa. E assim se deu ao mundo a academia…

Aula Magna
Fonte: Núcleo de Comunicação da RUL
Legenda: O Prémio Universidade de Lisboa foi entregue a Eduardo Lourenço

De olhos voltados para o futuro…

“Tem sido, mas tem sido mesmo, uma viagem extraordinária pela universidade pública, pela cidade e por Portugal. Quando os outros se calam nós falamos, quando os outros se resignam nós fazemos, quando os outros se demitem, nós não. A força que agora estamos a construir é para ser posta por inteiro ao serviço do Portugal Futuro. Chegou a hora de agir, de responder a um país que não se pode tornar cético ao ponto de descrer da própria vida. A crise, esta crise, não pode ser pretexto para regressarmos ao passado. Temos direito a um país livre, a um país limpo, a um país justo. Hoje, não venho falar-vos da nossa universidade, venho falar-vos de Portugal”, António Sampaio da Nóvoa, reitor da Universidade de Lisboa
Discurso completo

“Com a fusão das duas universidades construiremos uma universidade de investigação, comprometida com o ensino e a inovação, centrada nas pessoas privilegiará o mérito que estará envolvida com a sociedade portuguesa e a região de Lisboa. Uma universidade com dimensão europeia e aberta ao mundo. Esta universidade virada para o mundo juntará todos os domínios do saber e saberá ser global. (…) Uma universidade que reconquistará para Lisboa o seu protagonismo como uma das grandes capitais da cultura e do conhecimento”, António Cruz Serra, reitor da Universidade Técnica de Lisboa
Discurso completo

“Vergílio Ferreira escreveu: ‘Há o desejo que não tem limite e há o que se alcança, que o tem’. A felicidade consiste em fazer coincidir os dois. Hoje, confesso-me profundamente feliz por poder assistir, de tão perto, ao maior projeto educativo das últimas décadas. Graças aos que sonharam e persistiram seremos orgulhosos estudantes da maior universidade do país que representará o passado brilhante das instituições que lhe estão na origem e empenhará o conhecimento e a ciência como os verdadeiros fachos de luz na escuridão dos dias”, João Marecos, presidente da Associação Académica da Universidade de Lisboa
Discurso completo

“Este é um projeto que tanto tem de grande como de aliciante e do qual todos os agentes académicos envolvidos se devem sentir impelidos a superar com sucesso. Nesse sentido, os estudantes são preponderantes, pois serão a força viva de um organismo que se pretenderá vigoroso. Foi com a consciência desta premissa que os estudantes da Universidade Técnica de Lisboa, desde o início do processo, assumiram uma postura entusiasta, responsável e cooperante no sentido de identificar oportunidades, transmitir preocupações e indicar soluções”, José Pedro Pereira, presidente da Associação de Estudantes do Instituto Superior de Agronomia da UTL
Discurso completo

“Partilho dos fundamentos que estão na base da proposta da fusão e considero que há reformas a implementar que não têm sido possíveis implementar dadas as resistências instaladas. Um processo destes pode criar condições para que aconteçam, assim haja a coragem necessária”, Rafael Gaspar Serrenho, representante dos Funcionários da UL
Discurso completo
 

Ana Subtil Simões e Raquel Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas