Alumnus Engenharia da Energia e Ambiente

A história de Adyler Frota

2.º prémio das Medalhas de Mérito Científico REN - Ciência LP

1.ª edição das Medalhas de Mérito Científico REN - Ciência LP

A dissertação premiada da autoria de Adyler Frota foca-se no desenvolvimento de uma estratégia para aumentar a captura de luz em amostras de silício cristalino

Imagem cedida por JS

26.ª edição dos Prémios REN

Melhor tese de doutoramento
Prémio bienal (€30 mil)
“Modelos de difusão no planeamento e políticas dos sistemas elétricos”
Fabian Heymann

Melhor tese de mestrado
1.º prémio (€25 mil)
"Optimal Power Flow robusto”
Pedro Gonçalo da Silva
2.º prémio (€15 mil)
“Comparação entre o reforço tradicional das redes e o uso da flexibilidade Distributed Energy Resources”
Tiago José Torres
3.º Prémio (€10 mil)
“Aplicação do Modelo de Controle Preditivo na direção das esteiras: abordagem de decomposição do modo dinâmico Koopman”
Nassir Rodrigues Cassamo

1.ª menção honrosa (€2.500)
“Viabilidade da energia eólica para a produção de hidrogénio: o caso de estudo da WindFloat Atlantic”
Tiago José Lucas
2.ª menção honrosa (€2.500)
“Uso de sistemas de armazenamento de energia em mercados de eletricidade”
Inês Reis Gaspar

1.ª edição das Medalhas de Mérito Científico REN - Ciência LP

Categoria jovens estudantes
1.º Prémio (€5.000)
“Otimização do trânsito de potência da rede Média Tensão (MT) com tecnologia de armazenamento na Ilha do Sal (Cabo Verde)”
Denis Albertino dos Santos
2.º Prémio (€2.500)
“Otimização do desempenho ótico de amostras de silício cristalino por MACE”
Adyler Frota
Categoria mulheres investigadoras
1.º Prémio (€5.000)
“Controle de um retificador regenerativo PWM trifásico”
Felicidade Pemba Kinzo Garcia
2.º Prémio (€2.500)
“A sustentabilidade do desenvolvimento em Cabo Verde no contexto dos pequenos Estados insulares: A Política Pública de Energia”
Luzia Mendes Oliveira

“Além da sua perene boa disposição, [Adyler Frota] tem uma disciplina de trabalho que infelizmente hoje é rara. Apesar de trabalhar todas as noites para pagar os estudos. Todos os dias aparecia bem-disposto e à hora combinada para fazer o trabalho de dissertação de mestrado, desenvolvido no contexto do projeto de investigação ‘TACIT - Células Solares Tandem Melhoradas Oticamente’.”
José Silva

Adyler Frota,  alumnus do mestrado integrado em Engenharia da Energia e Ambiente, foi galardoado este mês com o 2.º prémio das Medalhas de Mérito Científico REN - Ciência LP, na categoria jovens estudantes, pela tese “Otimização do Desempenho Ótico de amostras de silício cristalino por Metal Assisted Chemical Etching (MACE)”.

“Este prémio tem grande valor para mim, representa esforço e dedicação. A nossa força e vontade ultrapassam qualquer tipo de barreira”, diz o jovem, que atualmente trabalha na Livre Power, uma pequena empresa em crescimento na área das energias renováveis, uma experiência que tem permitido adquirir conhecimentos também ao nível da gestão.

Adyler Frota terminou o curso na Ciências ULisboa em 2020, antes já havia concluído uma formação como técnico de instalação de painéis solares. Escolheu este mestrado integrado porque pretendia aprofundar conhecimentos na área das energias renováveis.

“Na minha ilha - São Tomé e Príncipe - temos grandes problemas… Nada mais me daria prazer do que poder contribuir para melhorar o sector da energia elétrica”, conta o antigo aluno que gostou muito de estudar na Ciências ULisboa, não só pelas amizades que fez, como pelo acolhimento que recebeu, agradecendo especialmente aos “excelentes professores orientadores” do DEGGE e IDL Ciêncas ULisboa -  José Silva e Ivo Costa - o rigor, mas também o facto de serem “pessoas ‘cinco estrelas’, o que torna qualquer ambiente de trabalho mais saudável e produtivo”.

1.ª edição das Medalhas de Mérito Científico REN - Ciência LP

Em 2021 a Redes Energéticas Nacionais (REN) associou-se ao Centro Ciência LP e à Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) para atribuir, pela primeira vez, estas medalhas destinadas a reconhecer e valorizar trabalhos de investigação realizados por jovens oriundos de países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP), nas áreas da Energia e da Transição Energética.

Com uma periodicidade bianual, a 1.ª edição deste galardão teve mais três premiados: na categoria jovens estudantes, o 1.º lugar foi para Denis Albertino dos Santos; na categoria mulheres investigadoras, Felicidade Pemba Kinzo Garcia foi a vencedora, seguindo-se Luzia Mendes Oliveira.

A cerimónia de entrega das Medalhas de Mérito Científico REN - Ciência LP aconteceu no passado dia 6 de dezembro, na sede da Impresa, durante a 26.ª edição dos Prémios REN,  que visam distinguir as melhores teses de doutoramento e de mestrado realizadas em Portugal nas áreas da Energia. Este ano foram entregues quatro prémios e duas menções honrosas, na presença de Rodrigo Costa, presidente da REN, Manuel Heitor, ministro da Ciência e Tecnologia, João Galamba, secretário de estado adjunto da Energia, entre outras personalidades.

O Expresso publicou uma notícia sobre o evento, bem como uma reportagem multimédia com testemunhos dos participantes, incluindo de Adyler Frota. A cerimónia foi transmitida em direto na rede social do Expresso.

“Otimização do desempenho ótico de amostras de silício cristalino por MACE”

A dissertação premiada da autoria de Adyler Frota foca-se no desenvolvimento de uma estratégia para aumentar a captura de luz em amostras de silício cristalino, tendo em vista o aumento da eficiência de conversão dos sistemas fotovoltaicos baseados em silício cristalino.

Para José Silva, orientar Adyler Frota foi muito gratificante.  “Além da sua perene boa disposição, tem uma disciplina de trabalho que infelizmente hoje é rara. Apesar de trabalhar todas as noites para pagar os estudos. Todos os dias aparecia bem-disposto e à hora combinada para fazer o trabalho de dissertação de mestrado, desenvolvido no contexto do projeto de investigação ‘TACIT - Células Solares Tandem Melhoradas Oticamente’”, menciona o cientista.

“A maior alegria foi ter conhecido pessoas maravilhosas na Ciências ULisboa que esperavam por mim para estudar."
Adyler Frota

“A maior alegria [do percurso académico] foi ter conhecido pessoas maravilhosas que esperavam por mim para estudar”, conta Adyler Frota, mencionando também que teve imensas dificuldades, quando partiu o pé durante uma partida de futebol com amigos, no pavilhão da Cidade Universitária. “Pensei em desistir, mas ultrapassei”, diz o jovem que acredita que “o caminho faz-se caminhando”.

Para pertencer à Rede Alumni Ciências ULisboa, visite o site da Faculdade e faça o seu registo.

Para os orientadores de Adyler Costa o trabalho realizado pelo aluno foi muito importante para o progresso do projeto TACIT e possibilitou até uma comunicação na conferência europeia de energia solar fotovoltaica. Os orientadores salientam ainda a sua capacidade de integração na equipa de investigação. “Foram-lhe atribuídas tarefas necessárias ao desenvolvimento do projeto, cumpriu-as sempre no prazo solicitado”, refere José Silva.

O foco principal da tese premiada passou por texturizar amostras de silício cristalino com recurso à técnica MACE, isto é, gravura química assistida por metal. A ideia deste método é usar um metal nobre, neste caso, a prata (Ag), para catalisar localmente a reação de gravura realizada num banho químico de peróxido de hidrogénio (H2O2) e ácido hidrofluorídrico (HF).

“São criadas texturizações mais profundas, que reduzem significativamente a refletividade da superfície, produzindo aquilo que é normalmente denominado de black silicon, aumentando assim a quantidade de luz captada e potenciando um aumento de eficiência das células solares de silício cristalino”, conclui José Silva.

Processo MACE
Ilustração do processo MACE
Imagem cedida por JS

Ana Subtil Simões, Área Comunicação e Imagem Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Jovem usa microscópio

A FCUL estimula a abertura permanente à sociedade civil, promovendo acontecimentos que visam a disseminação de conhecimentos e a interligação com diferentes agentes sociais.

Os vários objectivos do DEGGE: Tudo o que nos define, e tudo o que apoiamos

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

Páginas