MY.SKINMIX

Ana Prata e Helena Vieira na final da 3.ª edição do Lisbon Challenge
Beta-i

O que é a MY.SKINMIX? É o projeto vencedor da 3.ª edição do Lisbon Challenge e que apresenta um conceito inovador no sector dos produtos de beleza e de cosmética: conciliar a cocriação à tecnologia cosmética.

“Pela primeira vez o cliente pode escolher a textura, atividade e aroma que mais gosta e/ou necessita e personalizar o seu próprio creme executando-o ele próprio”, explica Helena Vieira, cofundadora da MY. SKINMIX e professora convidada do DEIO de Ciências da ULisboa, para quem as aulas nesta faculdade são “uma fonte de constante inspiração” e que a fazem lembrar de praticar o que ensina.

A equipa da MY.SKINMIX é constituída ainda por Ana Prata, aluna de mestrado em Microbiologia Aplicada da Faculdade de Ciências da ULisboa e por outros três elementos de áreas distintas, como o design e a gestão.

Fonte: MY.SKINMIX
Legenda: O projeto vencedor da 3.ª edição do Lisbon Challenge concilia a cocriação e a tecnologia cosmética

Para a estudante a possibilidade de participar no Lisbon Challenge é “uma oportunidade única de aprendizagem”, considerando a experiência “mais do que extremamente positiva, completamente inesquecível”.

Questionada quanto às mais-valias do curso que frequenta, Ana Prata refere que o projeto de grupo na área da cosmética, desenvolvido no âmbito do mestrado em Microbiologia Aplicada, “permitiu abrir portas para que a MY.SKINMIX se tornasse uma realidade”. Também foi no mestrado que conheceu Helena Vieira. Além disso, a jovem destaca o “total apoio” que tem recebido “nesta aventura, quer por parte da orientadora de tese, quer por parte de todo o quadro de professores”. Em breve espera terminar a tese e potenciar o crescimento da MY.SKINMIX, com base no “rigor científico” e na “criatividade” adquiridos “ao longo dos anos nesta faculdade”.

Atualmente, a MY.SKINMIX procura investidores de capital de risco a fim de catapultar a capacidade de produção e marketing e responder aos pedidos e encomendas dos clientes.

Ana Subtil Simões, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Em Londres, junto a St. Pancras´s International, está próximo de nascer um polo que agrupa a Google (e a DeepMind), o Francis Crick Institute, o Alan Turing Institute e a British Library (…) O arquiteto visa promover interações com serendipidade entre investigadores de terrenos divergentes.

Crónica de Fernando Barriga e Sofia Martins, investigadores do IDLCiências, em missão oceanográfica no Atlântico - TAGhydrothermal field.

O que fazem e o que pensam alguns membros da comunidade de Ciências? O sexto Dictum et factum é com Inês Andrade, assistente técnico do Departamento de Biologia Animal de Ciências.

Umestudopublicado na revista internacional de conservaçãoOryxindica que a legislação e a proteção nas praias são insuficientes para travar a captura e o consumo ilegal de tartarugas marinhas em Cabo Verde.

Crónica de Fernando Barriga e Sofia Martins, investigadores do IDL- Ciências, em missão oceanográfica no Atlântico - TAGhydrothermal field.

A missão oceanográfica M127 iniciada a 25 de maio, em Bridgetown, Barbados, acontece a bordo do navio oceanográfico alemão RV METEORe deverá terminar a 28 de junho de 2016, em Ponta Delgada.

José Guerreiro, professor da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e coordenador daMARE STARTUPe Sónia Ribeiro, professora da Universidade Católica Portuguesa, apresentam o programa de apoio ao empreendedorismo na área do mar durante aOceans Business Week.

InovCarbon, Janus e o BreatheBio são os vencedores da segunda edição daCall for Projectsdo ScienceIN2Business.

Nos últimos anos a saída de quadros superiores seniores e de cientistas de Portugal acompanhou uma grande vaga de emigração, sobretudo para a Europa.

O tema deste ano é “A ciência não é só dos cientistas”.

Se a última Noite de Ciências foi dedicada ao Trânsito de Mercúrio e ao sistema solar, em maio é a vez do bosão de Higgs ganhar destaque.

AAlameda daUniversidadede Lisboa voltou a encher-se definalistas de Ciências e de tantas outras faculdades e universidades. Este ano a cerimónia ocorreu no dia 21 de maio de 2016. Para alguns este é um acontecimento especial -é que"há momentos que marcam a vida",por isso mesmo merecem ser recordados.

“A poor international standard for trap selectivity threatens carnivore conservation” - um estudo publicado online a 2 de maio de 2016 na revista “Biodiversity and Conservation” - revela falhas graves nas normas que regulam a legalidade de armadilhas para captura de carnívoros.

A 2.º edição daEscola de Verão de Energiada Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa acontece entre 27 de junho e 1 de julho de 2016. As candidaturas já abriram e terminam a 31 de maio.

Recentemente, a Google anunciou o SmartReply para diminuirmos a carga que muitos de nós têm com o serviço de correio (emails), as dezenas de mensagens que se vão acumulando enquanto as horas passam. Quem está interessado nesta facilidade? É segura, não invasiva, e quem ganha no fim?

Estão prestes a ser divulgados pela Reitoria da Universidade de Lisboa os resultados do inquérito à empregabilidade dos estudantes da Universidade. Estes indicadores passarão a ter cada vez mais importância, seja ao nível da Universidade como das políticas públicas. O tema da empregabilidade passa pois a ser crítico, e aJobshopanual um instrumento prioritário para a acção de Ciências.

O que fazem e o que pensam alguns membros da comunidade de Ciências? O quintoDictum et factumé com Andreia Rezende, técnica superior do Gabinete Jurídico de Ciências.

Trinta e três pessoas submeteram até ao final do passado mês de março mais de 200 fotografias no âmbito doConcurso de Fotografia de Ciências 2016. Durante o Dia de Ciências –a 19 de abril de 2016– foram atribuídos os prémios e as menções honrosas às melhores imagens do concurso.

Um grupo de investigadores doCentro de Química e Bioquímica de Ciências,da Osaka Prefecture University (OPU), no Japão, do Rutherford Appleton Laboratory,no Reino Unido e de duas instituições francesas - o Institut de Chimie de Clermont-Ferrande e o CNRS -sintetizou um novo nanomaterial considerado como catalisador verde de nova geração.

O Dia de Ciências 2016 foi celebrado no dia do aniversário da Faculdade – 19 de abril – e juntou, como em anos anteriores, alunos, professores, investigadores, outros funcionários desta faculdade, seus familiares e amigos.

António Branco, professor do Departamento de Informática de Ciências, participa na cerimónia “CPLP 20 anos - A Diversidade Cultural que Nos Une”, cujo objetivo é comemorar o Dia da Língua Portuguesa e da Cultura da CPLP, celebrado a 5 de maio de 2016, no Palácio Conde de Penafiel, em Lisboa.

Diz-se que nem sempre pensamos por linhas direitas, quase sempre seguimos por curvas, em ziguezagues, corrigindo o que estava confuso, unindo e simplificando, recorrendo a imagens e metáforas, para ajudar os outros a capturarem a essência das coisas.

A próxima sessão daCicloficinarealiza-se a 2de maiode 2016, pelas 17h00, no parque de bicicletas do C5.

A iniciativa doDepartamento de Informáticade Ciências - organizada no âmbito doGirls in ICTDay- visa promover umareflexão sobre as potencialidades das Tecnologias da Informação e Comunicação junto de jovens raparigas, pais e professores.

Ainscriçãono Dia Aberto é gratuita, obrigatória e não tem data limite.Os visitantes a 27 de abril de 2016 podem conhecer a faculdade sozinhos ou acompanhados, em 30 minutos ou o dia inteiro.

Páginas