Jorge Relvas preside Society for Geology Applied to Mineral Deposits

Um dos encontros da SGA. A próxima reunião realiza-se em Portugal a 7 de abril de 2016

SGA

Jorge Relvas

Jorge Relvas, professor do Departamento de Geologia de Ciências, é o novo presidente da Society for Geology Applied to Mineral Deposits. O mandato iniciado em janeiro deste ano termina no final de dezembro de 2017. Em 2014/2015, Jorge Relvas foi eleito vice-presidente da SGA e, por inerência, chairman do SGA Educational Fund Committee. Em 2006 integrou o Council SGA, a convite do presidente da sociedade científica internacional na época, David Leach. Atualmente, o Council SGA é composto por 31 membros de 18 nacionalidades, dos quais dez elementos constituem o seu Executive Committee.

“O congresso da ‘minha presidência’ será em agosto de 2017, em Québec City. Espero nessa altura dormir tranquilo com a consciência de que fiz tudo o que estava ao meu alcance para merecer a honra e a responsabilidade que representa para mim o cargo para que me elegeram colegas de todo o mundo que eu tanto respeito e admiro.”
Jorge Relvas

A próxima reunião do Council SGA realiza-se a 7 de abril de 2016, no campus de Ciências. A iniciativa inclui ainda excursões de campo às minas de Neves Corvo e Aljustrel e uma visita circunstanciada à aldeia mineira do Lousal, onde a Faculdade gere um Centro Ciência Viva e preside ao projeto integrado de reabilitação em curso.

“Nos últimos anos, o lugar da SGA reforçou-se muitíssimo no contexto da comunidade científica e profissional que serve. A SGA tem hoje uma presença e uma projeção verdadeiramente globais”, diz Jorge Relvas.

Objetivos do SGA

  • Promover o conhecimento científico aplicado ao estudo dos recursos minerais e do ambiente
  • Fomentar a profissão de geólogo de recursos minerais na ciência e na indústria
  • Favorecer e cultivar intercâmbios e redes, mutuamente benéficas, de contactos pessoais e institucionais nestes domínios
  • Defender elevados padrões profissionais e éticos entre os seus membros

Nova Zelândia, Escócia e Itália pretendem candidatar-se à organização do SGA Biennial Meetings em 2019. A Índia também manifestou interesse em organizá-lo em 2021. O próximo congresso científico internacional realiza-se em 2017, em Québec City.

Uma das faces mais visíveis da atividade da SGA consiste na publicação da Mineralium Deposita, publicada pela Springer. O fator de impacto - ISI Web of Knowledge - da Mineralium Deposita em 2015 foi igual a 2.561 ultrapassando o da Economic Geology. A Mineralium Deposita publica trabalhos sobre todos os aspetos da geologia de depósitos minerais e aspetos genéticos e ambientais associados aos depósitos minerais.

“Os objetivos e expectativas que tenho para este mandato são sobretudo manter esta trajetória de crescente relevância e visibilidade da SGA, incrementar o seu número de associados em todo o mundo, continuar a projetar a Mineralium Deposita como uma revista de referência neste domínio, apoiar cada vez mais o apoio financeiro a estudantes graduados e profissionais de regiões desfavorecidas através do Educational Fund [apoio a estudantes graduados e profissionais de regiões economicamente desfavorecidas, com vista à sua participação em reuniões científicas nacionais e internacionais organizados ou patrocinados pela SGA] e elevar cada vez mais alto o sucesso dos nossos congressos oficiais”, conclui Jorge Relvas.


Iniciativas da SGA
Fonte SGA

A SGA existe desde 1965. Atualmente, possui mais de 1300 membros de todos os continentes, sobretudo investigadores, académicos, estudantes graduados e profissionais da indústria mineira e prospeção mineral e de instituições governamentais e privadas.


Logotipo SGA

Ana Subtil Simões, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura de Ciências
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas