Prémio para a rota de exploração do Euclid

Ismael Tereno, João Dinis, Carla Sofia Carvalho e António da Silva estão de parabéns!

Conceção artística do telescópio Euclid

Conceção artística do telescópio Euclid

ESA/ATG medialab ; NASA, ESA, CXC, C. Ma, H. Ebeling, E. Barrett, STScI

O consórcio da missão Euclid, um telescópio que irá penetrar no lado escuro do Universo e que tem lançamento previsto para 2022, atribuiu o prémio Euclid STAR 2020 na categoria “equipa” a um dos grupos do consórcio com uma forte participação portuguesa, nomeadamente de investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) e da Ciências ULisboa.

O grupo de rastreios (Euclid Survey Group – ECSURV) é responsável por produzir o calendário de mapeamento do céu com as cerca de 40 000 observações do telescópio Euclid, definindo qual a região do céu que este irá observar em cada momento dos mais de seis anos de duração da missão. O grupo formado em 2012 e com participação portuguesa desde o início inclui atualmente quatro membros do IA Ciências ULisboa, além de outros nove membros de Itália e França.

Ismael Tereno, investigador do IA Ciências ULisboa e coordenador da equipa portuguesa do ECSURV, afirma que o planeamento produzido pelo ECSURV é uma peça fundamental para toda a ciência e instrumentação do telescópio, e toca em quase todos os aspetos da missão.

“Os cientistas centrados no foco da missão querem conhecer a progressão das observações e o que estará disponível em cada momento de publicação dos dados científicos. Os que vão explorar outras vertentes científicas precisam de saber se os rastreios possibilitam esses casos científicos.”
Ismael Tereno

João Dinis é responsável pelo desenvolvimento do programa de computador que constrói o rastreio de referência. Este investigador do IA, do Laboratory of Optics, Lasers and Systems da Ciências ULisboa e membro do ECSURV lançou-se na tarefa em 2013, num trabalho de equipa que envolveu inicialmente também Carla Sofia Carvalho, colaboradora do IA e membro do grupo. Para João Dinis este reconhecimento dá alento: “Há uma miríade de constrangimentos que o satélite tem de obedecer e que condicionam o plano de observações - os seus movimentos e rotações são limitados, e cada campo de calibração tem de ser observado de forma específica”.

“O projeto Euclid é o mais ambicioso empreendimento humano para produzir um mapa do cosmos a partir do espaço, e que será uma referência por muitos anos.”
Jarle Brinchmann, investigador e membro da comissão de coordenação do IA, coordenador do legado científico no consórcio Euclid

O trabalho do grupo prossegue e uma fase importante aproxima-se. Em outubro irão submeter o plano de rastreios e calibrações a uma revisão da ESA, um momento de especial relevo, dada a proximidade do lançamento, previsto para agosto de 2022.

“É com muito orgulho em toda a equipa nacional que vejo este prémio acontecer”, diz António da Silva, investigador do IA Ciências ULisboa, membro da Direção do Consórcio Euclid e também membro do grupo de rastreios

O grupo foi nomeado para o prémio Euclid STAR 2020 – Equipas pela própria comunidade do consórcio Euclid, que reúne cerca de 1500 membros de 14 países europeus, EUA e Canadá. “Temos uma participação pequena comparada com a dos principais países, e é muito satisfatório ver que apesar disso tem tido um grande impacto e visibilidade”, conclui Ismael Tereno.

Iniciados em 2017, estes prémios, de natureza simbólica, reconhecem anualmente contribuições excecionais para missões realizadas por membros ou grupos do consórcio. Os prémios foram anunciados no dia 6 de maio e foram atribuídos também nas categorias de estudante, engenheiro júnior, cientista júnior, membro sénior e coordenação.

Grupo de Comunicação de Ciência do IA com ACI Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Alunos da FCUL no pátio do C6

O “6th SPJ-OCS” realiza-se pela primeira vez em Portugal. Os organizadores do evento acreditam que “este congresso contribui para dar uma imagem do potencial científico de Portugal” nesta área.

Chieko Asakawa and Hironobu Takagi

17 Julho 2012 - 10h30
Anfiteatro da Fundação da FCUL

Chieko Asakawa and Hironobu Takagi

17 Julho 2012 - 10h30
Anfiteatro da Fundação da FCUL

Pormenor de obra artística

Os promotores do FP7 acreditam que “centenas de instituições científicas de toda a União Europeia irão apresentar propostas” e esperam captar novos participantes, nomeadamente pequenas e médias empresas, incrementando dessa forma a competitividade europeia.

Carlos Miguel Farinha, bioquímico docente do DQB e investigador do BioFIG , foi premiado em junho com o Romain Pauwels Research Award, atribuído pela European Respiratory Society.

 

2ª fase de candidaturas:  15 a 22 de Julho.

O mestrado em Matemática para Professores é uma excelente oportunidade para consolidar,  recordar e aprender muitos temas relacionados com a matemática escolar.

No dia 12 de Julho foram feitas as apresentações de quatro trabalhos feitos no âmbito da disciplina de Projecto em Matemática para o Ensino do Mestrado em Matemática para Professores.

A Universidade de Lisboa e a Fundação Amadeu Dias estão a atribuir bolsas aos alunos de 1º Ciclo de qualquer área do saber, leccionado na Universidade de Lisboa e que já tenham concluído o 1.º ano curricular, ou alunos que frequentem&n

Em 18 anos, o Programa de Estímulo à Investigação premiou 34 jovens investigadores e 19 instituições da Universidade de Lisboa. Na última edição, dos oito premiados, três são jovens cientistas da FCUL. As candidaturas à próxima edição decorrem até 21 de setembro.

Cartaz do Seminário

No dia dia 16 de Julho, pelas 11H00, na sala 6.4.30, realizar-se-á um Seminário organizado pelo Centro de Investigação Operacional com o título 'Lagrangian-Based Branch-and-Bound for Two-Echelon Uncapacitated Facility Location with Single Assignment Cons

Os resultados das experiências ATLAS e CMS divulgados recentemente pelo CERN, também foram apresentados publicamente na FCUL, numa sessão organizada pela professora do Departamento de Física Amélia Maio, a responsável pela participação portuguesa na experiência ATLAS.

Apresentações dos Projectos de Física dia 19 de Julho, às 10h, na sala 8.2.17:

O que faz o profissional que passa os seus dias no laboratório? E quem se dedica a resolver equações ou a estudar animais e plantas? Cinquenta alunos da associação EPIS descobriram as respostas a estas e a outras questões.

Servidor da FCUL

O projeto de reestruturação do Centro de Dados da FCUL, iniciado em junho, deverá estar concluído no próximo mês de setembro.

Duas pessoas fazem uma experiência no laboratório

A Faculdade de Ciências abre as portas dos seus laboratórios a 50 jovens, vindos de diferentes pontos do País, para mais uma edição da “Rota das Vocações de Futuro” da EPIS.

Apesar de ser uma das áreas mais recentes da FCUL, atualmente é uma vertente da ciência portuguesa em franca expansão.

“Um trabalho que reflita sobre o passado de uma instituição, ou o passado da ciência em Lisboa ou em Portugal, é sempre algo de muito importante para repensarmos o nosso trajeto”. A afirmação feita pela historiadora das ciências, Ana Simões, a propósito de um dos muitos projetos em curso é reveladora da importância, que a preservação do património científico tem na sua vida.

Kostas Gavroglu e Ana Simões assinam o primeiro livro “Neither Physics nor Chemistry: A History of Quantum Chemistry” sobre a emergência da disciplina Química Quântica, o pretexto ideal para conversar com a autora portuguesa.

O Grupo Azevedos oferece estágio profissional remunerado a recém licenciado na área da Estatística ou Matemática. Os interessados devem enviar a candidatura para

A edição deste ano d´O Botânico, uma revista propriedade da Associação Íbero-Macaronésica de Jardins Botânicos já se encontra online.

O Centro de Informática migrou todo o sítio antigo para o novo Portal da FCUL.

O Centro de Informática colocou em produção, durante a ultima semana de Maio, um equipamento de rede central na arquitectura de comunicações da FCUL.

Na Licenciatura em Matemática (LM) da FCUL, o leque de opções do 3º ano da LM foi alargado e passou a incluir as seguintes disciplinas, que estarão já disponíveis no ano lectivo de 2012/13:

Páginas