Best Early Career Scientist Presentation Award no ICES ASC 2018

Catarina Frazão Santos coordena OCEANPLAN

Catarina Frazão Santos

Nas instalações do Laboratório Marítimo da Guia de Ciências ULisboa, em Cascais, onde desenvolve o seu trabalho

Imagem cedida por CFS

O Museu do Mar Rei D. Carlos I, em Cascais, inaugura a 9 de fevereiro, pelas 17h30, a exposição “Alterações Climáticas e os Oceanos do Futuro”. A mostra fica patente ao público até 31 de julho de 2019. O OCEANPLAN é um dos parceiros da exposição, com um painel sobre os impactos das mudanças climáticas nos principais usos do oceano.

Catarina Frazão Santos, investigadora do Departamento de Biologia Animal e do polo de Ciências ULisboa do Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE) trabalha na área do planeamento, gestão e governança do espaço marítimo, procurando contribuir para a proteção dos ecossistemas marinhos e o seu uso sustentável.

O ano passado participou no International Council for the Exploration of the Sea (ICES) Annual Science Conference (ASC) 2018 - uma oportunidade para discutir ideias, atualizar conhecimentos e divulgar resultados - e foi distinguida com o Best Early Career Scientist Presentation Award. Em 2019 espera voltar a estar presente no acontecimento, que se realiza em setembro, em Gotemburgo, na Suécia. O prazo para a submissão de resumos já abriu e termina a 11 de março.

Na ICES ASC 2018 estiveram presentes cerca de 650 especialistas, de 34 países, entre eles investigadores do MARE, IPMA, universidades dos Açores, Aveiro e Coimbra, do ISPA, da Nova School of Business and Economics e do IMAR. Para Catarina Frazão Santos esta distinção “representa um reconhecimento relativamente à qualidade científica do trabalho apresentado, o que é extremamente gratificante e motivador para continuar o desenvolvimento do mesmo”, diz.

Catarina Frazão Santos
Além do Best Early Career Scientist Presentation Award recebeu em 2007 e 2011 dois prémios FLAD/IMAR, no âmbito dos quais estagiou em instituições científicas nos EUA
Imagem cedida por CFS

A apresentação de Catarina Frazão Santos – “Impacts of global environmental change in ocean planning and the Blue Economy”, durante a sessão temática “Assessing and analysing marine spatial planning”, focou-se no desafio que as alterações climáticas representam para o ordenamento do espaço marítimo, bem como na necessidade de garantir mecanismos de adaptação a essas alterações, apresentando um índice para avaliar a vulnerabilidade do ordenamento do espaço marítimo às alterações climáticas, na qual está a trabalhar, juntamente com outros investigadores, há já algum tempo, bem como os resultados preliminares da sua aplicação a nível europeu.

“Foi a primeira vez que estive presente no ICES ASC e foi uma experiência muito positiva. Foi um encontro com uma grande variedade de sessões temáticas - 18 sessões abordando temas muito relevantes e atuais -, bem organizado e com a presença de especialistas reconhecidos nas diferentes áreas. Foi muito bom para discutir resultados e estabelecer novas contactos.”
Catarina Frazão Santos

O tema da apresentação de Catarina Frazão Santos corresponde ao projeto de investigação “Marine Spatial Planning under a Changing Climate” (OCEANPLAN), iniciado em outubro de 2018 e que decorrerá nos próximos três anos. A Fundação para a Ciência e a Tecnologia financia esta investigação, que tem como parceiros a Fundação Gaspar Frutuoso e a Universidade dos Açores. “Durante este período iremos investigar os mecanismos através dos quais o ordenamento do espaço marítimo pode ser afetado pelas alterações climáticas, bem como mecanismos através dos quais este se pode adaptar a essas alterações, utilizando um conjunto de casos de estudo”, conta Catarina Frazão Santos, a investigadora principal do projeto, cuja equipa inclui investigadores de várias instituições nacionais e internacionais, especialistas tanto em ordenamento e gestão do mar como em alterações climáticas.

“Esperamos obter resultados interessantes e, acima de tudo, úteis.”
Catarina Frazão Santos

Catarina Frazão Santos estudou em Ciências ULisboa. Concluiu o doutoramento em Ciências do Mar em 2016, tendo desenvolvido o projeto de doutoramento em ordenamento do espaço marítimo em colaboração com o Duke University Marine Laboratory, nos EUA. Durante esse período foi convidada para apoiar a Agência de Execução para a Investigação da Comissão Europeia na avaliação de projetos submetidos ao programa H2020, tendo desde então desempenhado papeis de vice-presidente, avaliadora e relatora. A licenciatura em Biologia Ambiental variante Marinha foi concluída em 2006 e o mestrado em Ecologia e Gestão Ambiental, em 2008, ano em que integrou uma equipa de investigação responsável pela avaliação ambiental e monitorização de diversos projetos e planos nacionais.

Além do Best Early Career Scientist Presentation Award recebeu em 2007 e 2011 dois prémios FLAD/IMAR, no âmbito dos quais estagiou em instituições científicas nos EUA. É autora de várias publicações científicas, algumas das quais em revistas da especialidade de topo, como é o caso da Nature Geoscience, sendo ainda revisora convidada em várias revistas científicas internacionais, como por exemplo a Conservation Biology, Ecological Indicators, Ecosphere.

 Katherine Mills, Jörn Schmidt e Catarina Frazão Santos
Catarina Frazão Santos com os investigadores Katherine Mills, da Gulf of Maine Research Institute, nos EUA e Jörn Schmidt, da Kiel University, na Alemanha, com quem coorganizou a sessão sobre vulnerabilidade e adaptação a alterações climáticas, durante a conferência internacional The Effects of Climate Change in the World’s Oceans, ocorrida o ano passado em Washington
Imagem cedida por CFS

Ana Subtil Simões, Área de Comunicação e Imagem Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

“Este Prémio traz em si o incentivo de que é preciso continuar [a fazer] mais e melhor. Embora este Prémio tenha o meu nome, dedico-o e só o reconheço como sendo de um grupo de pessoas com quem trabalho, do meu centro de investigação e da Faculdade”, declarou Henrique Leitão.

Prémio Pessoa 2014

Henrique Leitão, investigador principal da Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências e membro do Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia, é o vencedor do Prémio Pessoa 2014.

Encontram-se abertas as inscrições para o "Management Trainee Programme" do Grupo Jerónimo Martins até ao final de Janeiro de 2015.

Henrique Leitão, Investigador Principal da Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências e do Centro Interuniversitário de História das Ciências e Tecnologia foi o vencedor do Prémio Pessoa 2014

No mesmo dia em que este prémio foi anunciado, a APOM atribuiu à Exposição “360º Ciência Descoberta”, que comissariou, o prémio para a melhor exposição organizada em Portugal em 2013 e para a melhor museografia.

Jorge Mendonça

Na sequência do falecimento de Jorge Miguel Oliveira Mendonça, estudante do 3º ano da licenciatura em Matemática da Faculdade de Ciências da ULisboa, ficam as palavras dos professores, amigos e colegas do Departamento de Matem&

Um grupo de nove alunos angolanos, finalistas do Departamento de Ciências da Computação da Universidade Agostinho Neto, visita o Departamento de Informática de Ciências da ULisboa na manhã de 17 de dezembro.

Paula Estrócio e Sousa

A ULisboa participou na Educa Angola – 4ª Feira de Amostras do Sistema Educativo e que se realizou em Luanda, entre 6 e 9 de novembro.

João Mata

A atual erupção do vulcão da ilha do Fogo, a primeira deste século, carateriza-se essencialmente por atividade havaiano-estromboliana. Os efeitos da destruição são muitos e têm sido noticiados pela comunicação social portuguesa gerando uma “onda” de solidariedade.

Melhores alunos 2013/2014 - "Maxdata Excelência em Informática"

A sessão de entrega dos prémios "Maxdata Excelência em Informática" aos melhores alunos dos cursos de Informática da Faculdade de Ciências da ULisboa, no ano letivo de 2013/2014, ocorreu no dia 3 de dezembro.

O projeto QTLeap, que explora formas inovadoras de alcançar traduções de maior qualidade, é coordenado pela Universidade de Lisboa, através do Departamento de Informática de Ciências. A primeira reunião anual está marcada para os dias 5 e 6 de dezembro, na Faculdade de Ciências da ULisboa.

O Instituto do Petróleo e Gás (ISPG) encontra-se a desenvolver em conjunto com a Universidade Heriot-Watt um curso de mestrado em Engenharia do Petróleo que irá realizar-se em Portugal, previsivelmente a partir de 02 de Fevereiro de 2015, no Campus da Faculdade de

Cinquenta e cinco pessoas aprenderam o que são os meios de primeira intervenção no combate a incêndios, nomeadamente os extintores. Houve ainda uma sessão onde se fez fogo real em condições de segurança, para pôr em prática os conhecimentos adquiridos.

A Education First promove amanhã, dia 29 de novembro,

Rede ERECON

Ciências da ULisboa participa no relatório sobre a estratégia europeia para as terras raras na Europa, da Rede ERECON.

A Associação Nacional de Farmácias pretende recrutar 2 colaboradores para a área da Estatística:

Henrique Cabral

O centro de investigação científica, desenvolvimento tecnológico e inovação reúne cerca de 500 investigadores de seis universidades portuguesas.

João Retrê

O estabelecimento e reforço constante da relação jornalismo-ciência devem ser considerados uma das grandes prioridades na promoção da ciência.

A Agência Espacial Europeia (ESA / UE) convida à apresentação de candidaturas para um estágio de um ano para 80 candidatos licenciados ou com o grau de pós-graduação em engenharia, física, biologia, medicina, economia ou direito e bons

O significado profundo das coisas... “Com motivação, trabalho e a equipa certa, tudo é possível”.

Estudo mostra que as galáxias que habitam a rede cósmica/os grandes filamentos têm uma muito maior probabilidade de formar estrelas. Os resultados mostram também que isso se deve, muito provavelmente, à maior probabilidade de interação entre galáxias nestas estruturas.

O Link2Jobs, projeto da TESE, vai realizar dia 10 de Dezembro em Lisboa (no CNAI, das 14:30h-18:30h) o workshop "Tens as competências que os empregadores procuram?", para jovens entre os 18 e os 25 anos que querem dar o salto

O Seminário Informal de Matemática (SIM) é uma iniciativa dos alunos do Mestrado em Matemática e do Doutoramento em Matemática.

SASULisboa App

A aplicação móvel foi desenvolvida pelo Departamento de Informática da Faculdade de Ciências, pela Unidade de Tecnologias de Informação dos SASUlisboa e pelo Departamento de Informática dos Serviços Centrais, em articulação com a SAPO Labs da PT Comunicações.

Este novo dinossáurio foi encontrado em 1999 num bloco caído das arribas na Praia de Porto das Barcas, na Lourinhã.

Páginas