Opinião

O que sou, o que deveria ser e o que desejaria ser…

Em psicologia considera-se a existência de três instâncias do eu: o eu real, o eu obrigatório e o eu ideal

unsplash - Randy Jacob

Andreia Santos
Fonte ACI Ciências ULisboa

Neste texto gostaria de falar dos nossos “eus”. Em psicologia considera-se a existência de três instâncias do eu: o eu real, o eu obrigatório e o eu ideal.

Genericamente pode-se dizer que o eu real está relacionado com a forma como nos vemos (o autoconceito), sobre a qual fazemos avaliações e temos atitudes mais positivas ou negativas perante nós mesmos (autoestima).

O eu ideal corresponde às avaliações que fazemos sobre aquilo que desejamos ser ou sentir ou aquilo que gostaríamos de ser.

O eu obrigatório é aquele que acreditamos que devemos ser, onde está presente um sentimento de obrigação e dever de ser de determinada maneira. Aqui estão geralmente incluídas as expectativas que consideramos que os outros têm sobre nós.

Mas para que serve esta distinção? A distinção entre estas três instâncias ou se quisermos a discrepância entre elas, informa-nos sobre a maior ou menor satisfação connosco próprios.

Se pensarmos que a forma como eu me vejo (eu real) é semelhante à forma como eu gostaria de ser (eu ideal), é mais provável que me sinta mais satisfeita comigo própria. Pelo contrário, se verificar que existe uma discrepância significativa entre o eu real e o eu ideal, é mais provável o surgimento de determinadas emoções como: a frustração, desapontamento, tristeza ou zanga.

E qual é o papel do eu obrigatório? A presença de um “devias” é muitas vezes uma barreira à congruência entre o eu real e o eu ideal. O eu obrigatório é aprendido desde muito cedo e é produto da educação e da cultura, que caracterizou o nosso processo de socialização. Muitas vezes este “eu obrigatório” manifesta-se numa voz que diz: ”tu devias ser assim…, tu não devias sentir aquilo…, devias ter um emprego…, devias relacionar-te com as pessoas…”. É claro, que muitos de nós vão identificar algumas destas vozes, mas o problema está quando ela dirige a maior parte da vida criando uma sensação de insatisfação.

Pergunte a si mesmo: como é que eu me descrevo? Como eu é que deveria ou tenho de ser e o que é que eu gostaria ou desejaria ser?

Andreia Santos, Gabinete de Apoio Psicopedagógico da Área de Mobilidade e Apoio ao Aluno de Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

O Dr. Rui Lopes ex-aluno do Departamento de Informática e investigador no LASIGE, actualmente a trabalhar na Google, foi um dos responsáveis da equipa de desenvolvimento do doodle de hoje (23 de Maio).

A Investigação dos Doutores de Amanhã

"O objetivo é partilhar com os colegas das outras faculdades a experiência que tivemos, e estamos a ter, com a implementação do modelo de gestão por objetivos, assente na identificação dos processos", diz Ana Rocha, secretária-coordenadora da FCUL.

A reunião de entrada livre e sujeita a prévia inscrição inclui sessões plenárias e workshops sob o tema genérico “Prosseguir a excelência, promovendo as competências da UL”.

“Partilhar o que se tem pode ser um convite a algum sacrifício – mas a solidariedade não pode ser só um sentimento, tem de ser um compromisso de ação”, refere Graça Vieira, professora aposentada da FCUL, a propósito da campanha "Vamos dar com o coração".

Hoje é um dia fascinante. Dia de nos fascinarmos com as plantas, com a sua beleza, com o que nos dão, e nos possibilitam – a vida tal como a conhecemos.

Nesta época do ano, não há nada que mais nos descanse o espírito como um campo repleto de cores: branco, amarelo, lilás, vermelho, com flores de diferentes tamanhos e odores.

Anúncio de Seminário do DF

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 (uma) Bolsa de Investigação, no âmbito do projecto de investigação “Erro de não-resposta nas sondagens telefónicas com telemóveis: causas, efeitos e correcçã

Para marcar uma visita ao novo lugar destinado ao estudos das ciências e das artes basta telefonar ou enviar um email.

Fascination of Plants Day - 18 de maio de 2012.

A reportagem multimédia realizada no âmbito da UL Open Night inclui declarações de Sofia Cruz, coordenadora do Núcleo de Comunicação da Reitoria da Universidade de Lisboa (RUL), Isabel Tadeu, coordenadora do Núcleo

A ação de voluntariado acontece entre 26 e 27 de maio. Inscreva-se até dia 18 de maio, através do site UL Alimenta esta Ideia.

 

Miguel Yus, professor da Universidade de Alicante, recebe o galardão na primeira de cinco conferências proferidas pelo premiado em Portugal.

A Direção de Marketing e Comunicação da RTP oferece estágio remunerado na Área de Audiências e Estudo de Mercado a alunos recém licenciados ou mestrandos em Matemática A

A exposição "O Cálculo de Ontem e de Hoje" está, agora, disponível em versão itinerante.

De 3 a 28 de Maio está patente na "Academia Sénior da Cruz Vermelha Portuguesa-Delegação de Lisboa".

Seminário "Serendipity and The Ups and Downs of Synthesis", apresentado pelo Prof.

Palestras, visitas, exposições e muitas experiências são algumas das atividades previstas.

O livro está à venda pelo valor de €18,40, no Atendimento Geral, sito no edifício C5, piso 3.

"As Jornadas tiveram um balanço bastante positivo (...) elucidaram e esclareceram algumas dúvidas importantes para os estudantes (...) ", conclui a Comissão de Curso de Engenharia Geográfica.

Museu do Quartzo é inaugurado e recebe o nome de Galopim de Carvalho, professor jubilado do Departamento de Geologia.

As candidaturas à oficina de formação terminam a 21 de maio. As sessões realizam-se às terças e quintas-feiras, entre as 17h30 e as 20h30.

A exposição “O Cálculo de ontem e de hoje”, elaborada pelo Departamento de Matemática em colabora&

Estudantes de Engenharia Biomédica e Biofísica da FCUL promovem reunião especializada. O Ne2b2 existe desde outubro de 2008.

Páginas