Obituário – Em homenagem

Maria Helena Carvalho de Sousa Andrade e Silva (1927-2021)

Última Revisão —
Maria Helena Carvalho de Sousa Andrade e Silva
Maria Helena Carvalho de Sousa Andrade e Silva
Imagem cedida por JNRC

Maria Helena Carvalho de Sousa Andrade e Silva, professora aposentada da Ciências ULisboa, faleceu aos 94 anos, no passado dia 31 de outubro. A Faculdade apresenta sentidas condolências aos seus familiares, amigos e colegas.

Para Ana Nunes e José Pedro Mimoso, professores do Departamento de Física (DF) da Ciências ULisboa e Ana Simões, professora do Departamento de História e Filosofia das Ciências da Ciências ULisboa, Maria Helena Carvalho de Sousa Andrade e Silva "continuará a ser recordada como uma professora ímpar, sempre disponível para aprofundar uma discussão ou esclarecer uma dúvida, e com uma personalidade excecional, fortemente empenhada em ouvir e ajudar os outros". Os docentes lembram episódios da vida académica da Professora: “Juntamente com o seu colega de curso João Luís Andrade e Silva, com quem viria a casar, iniciou a licenciatura em  Ciências Físico-Química, em 1947, na Escola Politécnica e integrou o grupo de estudantes desta faculdade,a quem António Sérgio dirige as “Cartas de Problemática”. Em 1953, já casada, parte para o exílio em Paris, onde a família viverá até 1971. Durante esse período, fez a tese de doutoramento na área da Física Atómica e Molecular, e frequentou o círculo dos físicos próximos de Louis de Broglie, de quem João Luís Andrade e Silva era um dos mais próximos colaboradores. O regresso a Lisboa aconteceu em 1971, durante a “Primavera Marcelista”, e o casal passou a integrar o corpo docente do Laboratório de Física, hoje DF Ciências ULisboa. Desde essa altura e até à sua aposentação em 1996/1997, dedicou-se sobretudo ao ensino, especialmente da Mecânica, da Mecânica dos Meios Contínuos e da Mecânica Analítica, contribuindo assim para a formação não só de centenas de físicos e químicos mas também de todos os que teve como colaboradores na docência”.

Grupo de pessoas
Maria Helena Carvalho de Sousa Andrade e Silva, Fernanda Palha Barros, José Nunes Ramalho Croca, Ana Isabel Seruya e João Luís Andrade e Silva
Imagem cedida por JNRC

"Continuará a ser recordada como uma professora ímpar, sempre disponível para aprofundar uma discussão ou esclarecer uma dúvida, e com uma personalidade excecional, fortemente empenhada em ouvir e ajudar os outros."
Ana Nunes, José Pedro Mimoso e Ana Simões

José Manuel Rebordão, presidente do DF Ciências ULisboa, também expressa a sua opinião sobre a vida académica da Professora. “Maria Helena é certamente uma das docentes do DF Ciências ULisboa de que os mais velhos guardam memória, respeito e afeto particulares, pela excelência da sua docência e humanidade do seu relacionamento com alunos, professores e funcionários, como professora e como pessoa”, acrescentando a propósito do triste acontecimento, que foi com muito pesar que soube do seu falecimento.

Também Pedro Almeida, subdiretor da Faculdade, declara que teve o prazer de conhecer a Professora, assim que iniciou os estudos em Física nesta faculdade, salientando a sua simpatia, o seu cuidado em esclarecer dúvidas e a sua preocupação com o rigor. “No fim das aulas encontrava sempre tempo para esclarecer os alunos. Foi com ela que aprendi Mecânica, uma das principais disciplinas da Física, e o que aprendi com ela não esqueci. Agora que se juntou aos que a memória torna imortais, permanecerá como uma das referências do meu trajeto académico. Deixo à sua família e aos seus amigos as minhas mais sinceras condolências”, conclui.

ACI Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas