Opinião

A economia verde e a Faculdade de Ciências da ULisboa


Cristina Branquinho

Nos últimos anos o conceito de economia verde saiu dos circuitos dos especialistas para o discurso político e para os media. Em parte, esta recente adesão ao conceito tem sido facilitada pela generalizada desilusão com o paradigma económico vigente e pelas crónicas crises económicas, acrescida dos problemas associados às alterações climáticas, perda de biodiversidade, escassez de combustível e água e diminuição da segurança alimentar.

A maioria das estratégias de desenvolvimento económico e de crescimento incentivou a rápida acumulação de capital físico, financeiro e humano, mas à custa do esgotamento e degradação do capital natural (recursos naturais e ecossistemas).

Ao esgotar o stock mundial de riqueza natural - muitas vezes de forma irreversível - este padrão de desenvolvimento e crescimento provoca impactos negativos sobre o bem-estar das gerações atuais e apresenta enormes riscos e desafios para as gerações futuras.


Telhado verde em Ciências da ULisboa
Fonte cE3c

 

Embora este conceito de economia verde seja de difícil aplicação e operacionalização, os seus princípios parecem ser inspiradores na medida em pressupõem que a riqueza material não seja conseguida à custa do aumento dos riscos ambientais, da escassez de recursos ecológicos ou das disparidades sociais levando a uma melhoria do bem-estar humano e da equidade social.

De facto, este conceito parece ser apelativo pois cerca de 97% dos inquiridos num questionário online em Portugal consideraram que é “muito importante” ou “importante” promover a economia verde. Estes resultados foram obtidos recentemente através de uma amostra de 2875 cidadãos (com uma elevada representatividade do meio académico e escolar) no âmbito de um projeto coordenado pela Faculdade de Ciências da ULisboa.

Os problemas globais resolvem-se com ações locais e a sua operacionalização no terreno pode tomar várias formas e caminhos. Muitos exemplos associados à economia verde reconhecem o valor do capital natural, assim como, a necessidade do seu restauro; promovem tanto a substituição dos combustíveis fósseis por energias renováveis ou baixas em carbono, como a eficiência energética e a sustentabilidade da vida nas zonas urbanas. Esta ideia advoga ainda que a economia verde poderá promover o emprego e a equidade social e consequentemente diminuir a pobreza.

No contexto de Ciências da ULisboa as preocupações com sustentabilidade devem ser uma prioridade de todos. Os painéis fotovoltaicos e a cobertura ecológica são dois exemplos de ações que visam a sustentabilidade do nosso campus e que podem ser replicadas noutros locais do país contribuindo para o bem-estar humano, melhorando a eficiência na utilização de recursos naturais, aumentando os serviços prestados pelos ecossistemas e promovendo a criação de novos nichos de emprego.

Cristina Branquinho, investigadora do cE3c (Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais), Faculdade de Ciências da ULisboa

Quando Leibniz e Newton se enfrentaram no século XVII, sobre a origem do Cálculo, criaram um espaço para exercerem o contraditório, argumentando e criticando, em defesa dos seus argumentos. Esse exercício chama-se controvérsia (debate ou polémica), considerada por muitos como a máquina do progresso intelectual e prático. Cada um dos lados apresenta a sua explicação (causa) das suas razões, como factos (pro ou contra), e os quais sustentam e justificam a sua posição.

Ciências participou no Google Hashcode 2017. Das 12 equipas concorrentes, cinco resolveram corretamente os desafios de programação, numa maratona marcada, segundo os participantes, pela aquisição de competências e boa disposição.

Maria Amélia Martins-Loução, investigadora docE3c e professora doDBVCiências, é a nova presidente da Sociedade Portuguesa de Ecologia.

A 3.ª corrida de carros movidos a energia solar conta com a participação de 30 pilotos e dez carros construídos por alunos dos ensinos secundário e universitário.

“Estou a adorar a minha experiência académica. Ao estar no ramo da Matemática, consegui desenvolver algumas softskills, tais como a organização, a atenção ao detalhe, a capacidade para questionar e o rigor”, declara Diogo Ramalho, campeão nacional universitário de Taekwondo e aluno de Matemática de Ciências.

“Chocolate – do laboratório à fábrica” é uma das 159 palestras apresentadas por professores, cientistas a pedido das escolas secundárias.

No programa Novos Talentos em Matemática, edição 2016/2017, da Fundação Calouste Gulbenkian, foram distinguidos três alunos de Ciências. Desta vez, entrevistamos a aluna do 3.º ano do curso de Matemática de Ciências, Isabel Nobre.

Uma circulação de vento entre o equador e os polos foi detetada em ambos os hemisférios de Vénus pela primeira vez, e poderá contribuir para explicar a superrotação da atmosfera deste planeta, segundo estudo liderado por Pedro Machado, investigador doInstituto de Astrofísica e Ciências do Espaçoe professor do Departamento de Física de Ciências.

No filme “The man who knew infinity” (sobre a colaboração de Ramanujan com Hardy em Cambridge, Reino Unido) aborda-se a resolução de problemas e a discussão do recurso à intuição. O terreno da Matemática é o escolhido, tal como no problema de Kadinson-Singer (sem resolução durante 50 anos), e onde se trata da reconciliação da Física Quântica com a Matemática (Marcus, Spielman e Srivastava, 2015).

Filipe Duarte Santos foi designado presidente do Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável (CNADS), segundocomunicadodo Conselho de Ministros de 9 de março.

O que fazem e o que pensam alguns membros da comunidade de Ciências? ODictum et factumde março é com Rui Batista, especialista em Informática da Área de Sistemas de Informação e Desenvolvimento da Direção de Serviços Informáticos de Ciências.

Proteger a biodiversidade. Engane-se quem pensa que só os biólogos participam nesta árdua tarefa.

Um estudo publicado na revista “Quaternary Science Reviews”, fruto de cinco anos de trabalho de investigadores portugueses e espanhóis, permitiu reconstruir a evolução da vegetação, paisagem e clima da ilha de São Miguel nos últimos 700 anos, através da análise dos sedimentos da Lagoa Azul.

A American Physical Society (APS) já anunciou a lista de homenageados pelo"Outstanding Referee Program" em 2017 e José Pedro Mimoso, professor do Departamento de Física e investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, é um deles.

As populações de várias espécies de anfíbios na Serra da Estrela estão a diminuir drasticamente, devido a uma infeção por uma nova estirpe de vírus, também já detetado noutras partes de Espanha e da Europa, segundocomunicado de imprensaemitido recentemente pelo cE3c– Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais.

Durante oGreen Dayocorrido esta segunda-feira nocampusde Ciênciasfoi apresentadoo Ecokart Twin, o primeirokartelétrico português dedoislugares.

“Pequenas ações fazem a diferença, não tenham medo de sair da zona de conforto”. João Paulo Silva, um dos membros do projeto Movetech Telemetry, “apaixonado pela natureza”, dedicado ao estudo da ecologia das aves dos meios agrícolas, nomeadamente em projetos de seguimento remoto de vida selvagem como o Lince ou a Águia Imperial, deixa este conselho aos jovens que se interessam por esta área da Biologia. Saiba mais sobre este cientista, antigo aluno de Ciências ecoordenador da componente científica e de desenvolvimento desoftwaredoMovetech Telemetry.

João Paulo Silva, doutorado em Ecologia por Ciências, investigador doCentro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticose docE3c, é um dos membros da equipa doMovetech Telemetry, no âmbito do qual estão a ser desenvolvidos equipamentos ultraleves e de grande autonomia para monitorização eficaz da vida selvagem.

O mercado do processamento da língua natural (PLN), segmentado em codificação automatizada, análise de textos, reconhecimento de carateres óticos, resposta interativa em voz, reconhecimento de padrões e imagens, e analítica da voz, tenderá a aumentar muito nos próximos dez anos.

O “XV Encontro de Jovens Investigadores em Paleontologia(EJIP)” realiza-se de 19 a 22 de abril de 2017, na cidade de Pombal, um concelho cuja riqueza paleontológica é salientada pela comissão organizadora desta 15.ª edição. Carlos Marques da Silva e Mário Cachão, professores do Departamento de Geologia e investigadores do Instituto Dom Luiz, são oradores convidados do encontro, cujas inscrições decorrem até ao final de março.

“Este programa dá-nos acesso a artigos, livros e outros materiais propostos pelos nossos tutores que nos dão uma grande ajuda a compreender melhor o gigante mundo que é a Matemática”, diz Rodrigo Duarte, estudante de Ciências, galardoado com uma bolsa Novos Talentos em Matemática 2016/2017.

Anny Caroline Muniz, aluna do mestrado em Bioestatística de Ciências, participou no estudo “Perfil Tabágico dos Estudantes dos 2.º e 3.º ciclos das Escolas do ACES Arco Ribeirinho”, dos concelhos de Alcochete, Barreiro, Moita e Montijo, desenvolvendo igualmente um modelo matemático para a previsão do adolescente/tipo com maior probabilidade de começar a fumar precocemente.

Qual o principal fator que provocou o crescimento das regiões exteriores das galáxias elípticas na época mais recente do Universo?Esta pergunta motivou a investigação liderada por Fernando Buitrago, investigador doInstituto de Astrofísica e Ciências do Espaçoe professor convidado do Departamento de Física de Ciências, dando origem ao mais detalhado estudo publicado online em janeiro na Monthly Notices of the Royal Astronomical Society.

O inquérito desenvolvido pelo cE3c - no âmbito do projeto europeu “Green Surge - Green Infrastructure and Urban Biodiversity for Sustainable Urban Development and the Green Economy” -, pode ser respondido até 15 de abril de 2017.

OLisbon Green Hackathon 2017 acontece nos dias 11 e 12 de março. As inscrições terminam a 1 de março. No âmbito do evento estãoprevistas outras atividades, nomeadamente um ciclo deworkshops, sessões denetworking, debates e apresentações destartups.

Páginas