Um ano do Centro de Testes Ciências ULisboa

Centro de Testes Ciências ULisboa

Desde 1 de maio de 2020 foram efetuados cerca de 1500 testes moleculares a utentes de lares, 4750 à comunidade ULisboa, e várias dezenas de milhar de testes para unidades de saúde, particulares e empresas

Centro de Testes Ciências ULisboa

Este sábado dia 1 de maio faz exatamente um ano que o Centro de Testes (CT) Ciências ULisboa recebeu o primeiro lote de 110 zaragatoas, provenientes de um conjunto de cinco lares de terceira idade do concelho de Mafra, no que viriam a ser os primeiros de várias dezenas de milhar de testes de diagnóstico molecular da COVID-19.

Nos dois meses que antecederam este dia, e em pleno confinamento geral, uma grande equipa de Ciências trabalhou arduamente para instalar de raíz um laboratório de segurança biológica de nível 3 no espaço que era o bar do edifício Tec Labs, aprovisionar todas as obras, equipamentos, consumíveis e reagentes necessários, elaborar planos detalhados de operação e segurança, criar um sistema de gestão de informação, estabelecer e validar procedimentos laboratoriais e obter a sua certificação pelas autoridades competentes - Instituto Nacional de Saúde (INSA) e Entidade Reguladora da Saúde (ERS). Este arranque foi apoiado pela colaboração aberta de instituições parceiras da ULisboa, onde se destacam a Faculdade de Farmácia e o Instituto de Medicina Molecular , pela partilha de procedimentos e amostras para a validação dos testes laboratoriais, e a Faculdade de Medicina Veterinária e o Instituto Superior de Agronomia, pelo empréstimo de equipamentos. O arranque das atividades de testagem só foi possível com o apoio de uma equipa de mais de 60 voluntários a quem aproveitamos para deixar o nosso mais profundo agradecimento. Vindos de dentro e fora de portas, das mais diversas áreas de atividade, suportaram as inúmeras necessidades de recursos humanos que uma empreitada destas exige - desde a preparação do material de colheita até ao envio dos resultados. Um exército de generosidade, a grande maioria “filhos de Ciências” nalgum momento da sua vida, que foi treinado na linha da frente e se encaixou numa máquina de operação complicada, recebendo o nome carinhoso de “covid-fighters”. 

Desde esse dia 1 de maio foram efetuados cerca de 1500 testes moleculares a utentes de lares, 4750 à comunidade ULisboa, e várias dezenas de milhar de testes para unidades de saúde, particulares e empresas, estes últimos no âmbito do protocolo estabelecido com a SGS, que permitiu a criação de um posto de colheitas fixo e de um posto móvel, com a presença de uma equipa de enfermagem especializada. Estes testes permitiram identificar mais de 1000 casos de infeção por SARS-CoV-2, que foram assim devidamente acompanhados.

Aos testes moleculares, acrescentam-se outros que foram também implementados no CT Ciências ULisboa: testes serológicos para deteção de anticorpos e testes rápidos de antigénio contra SARS-CoV, ou a codeteção de Influenza A e B. Em paralelo, a aposta do CT Ciências ULisboa em atividades de investigação e desenvolvimento permitiu o estabelecimento de um conjunto de metodologias inovadoras para deteção de SARS-CoV-2, incluindo a análise de saliva, métodos de amplificação isotérmica colorimétrica, métodos de análise direta de amostra e métodos de deteção de variantes virais por PCR e por sequenciação em tempo real, criando um portfólio flexível e adaptável à evolução da situação pandémica. Esta capacidade de inovação suportou o arranque de inúmeros projetos paralelos com diversos parceiros.

O CT Ciências ULisboa integrou desde o início o núcleo fundador que resultou na recém-criada Rede de Laboratórios Científicos para Situações de Risco e Emergências em Saúde Pública, mas quis ir ainda mais além na translação da capacidade instalada em Ciências para a comunidade.

Nasceu assim o Projeto Famílias Seguras que, com o alto patrocínio de sua Excelência o Sr.  Presidente da República e o apoio financeiro de um conjunto alargado de parceiros privados com relevância nacional, em estreita ligação com a Associação Nacional de Cuidadores Informais, garante a monitorização semanal gratuita de agregados familiares com pessoas com incapacidade extrema. O know-how existente em Ciências foi ainda capitalizado no envolvimento ativo na vigilância de variantes de SARS-CoV-2 por sequenciação genómica em colaboração com o INSA, com mais de 400 genomas virais sequenciados. No meio de tudo isto, o CT Ciências ULisboa conseguiu estabilizar-se com uma equipa profissionalizada, garantir a automatização integral da sua operação com um conjunto de equipamentos únicos a nível europeu, integrar a sua operação com um sistema de gestão de informação certificado, integrar com sucesso um programa internacional de certificação de qualidade organizado pela OMS. Em apenas um ano, o CT Ciências ULisboa passou de uma inquietação a uma realidade de aplicação diária das melhores práticas de conhecimento científico e inovação para o benefício da comunidade. Ciências está de parabéns. Juntos somos mais fortes.

Centro de Testes Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Um grupo de membros de Instituições do Ensino Superior, onde se inclui CIÊNCIAS, está reunido em frente a um jardim, em visita à Siemens

 A iniciativa teve como objetivo aproximar a academia do tecido empresarial.

Nuno Gonçalves alcança o segundo lugar na competição 3MT ULisboa.

Nuno Gonçalves foi distinguido com o segundo lugar, na final da competição ‘Três Minutos de Tese – 3MT ULisboa’, que se realizou esta quint

Inês Ventura

Inês Ventura, a desenvolver o seu doutoramento no Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE) e no Instituto de Biossistemas e Ciências Integrativas (

Universidade de Lisboa

A Universidade de Lisboa alcança a 260ª posição no QS World University Rankings (SUR) 2025, tornando-se na universidade portuguesa mais bem classificada neste ranking.

Signatários do acordo

Dia 5 de junho foi assinado o acordo para a construção do espectrógrafo ANDES (ArmazoNes high Dispersion Echelle Spectrograph – Espectrógrafo Echelle de alta dispersão do Armazones), entre o Observatório Europeu do Sul (

 Luís Carriço, Diretor de CIÊNCIAS, e David Gonçalves, Dean do Instituto da Ciência e do Ambiente da Universidade de São José (USJ) assinam acordo sentados a uma mesa

CIÊNCIAS assinou no dia 5 de junho um acordo de cooperação com o Instituto da Ciência e do Ambiente da Universidade de São José (USJ), com vista à cooperação científica em várias áreas de interesse comum.

Equipa do projeto 'Ciências em Harmonia'

Esta terça-feira, 28 de maio, o projeto ‘Ciências em Harmonia’ assinalou o seu primeiro ano de atividades: um marco comemorado com um convívio informal com a comunidade, que

António Branco

António Branco, docente do Departamento de Informática de CIÊNCIAS, foi um dos oradores convidados da conferência que

Sabemos que no futuro um sismo de magnitude significativa voltará a atingir Lisboa. Não sabemos é quando. E se o pudéssemos prever? E se existisse uma probabilidade forte de ser já em 2027?

Ana Santos, finalista 3MT ULisboa

Ao longo dos próximos dias, daremos a conhecer os quatro finalistas de CIÊNCIAS que irão participar na final da competição

Painel e sessão de Perguntas & Respostas | Estreia de documentário

Perto de 120 pessoas assistiram este sábado, 25 de maio, à estreia do documentário ‘O que se esconde na luz? A ciência da missão espacial Euclid’, produzido pelo Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA).

Investigadores do Instituto Dom Luiz, de CIÊNCIAS, instalaram um sismómetro na Escola Básica Professor Delfim Santos, que se encontra a menos de um quilómetro do Estádio da Luz, em Lisboa, onde vão ter lugar os concertos.

Banner Bênção de Finalistas & Queima das Fitas 2024

Este fim de semana a Alameda da Universidade de Lisboa vai voltar a encher-se de finalistas de CIÊNCIAS e de tantas outras faculdades e universidades. A cerimónia de Bênção de Finalistas decorre amanhã dia 25 de maio, a partir das 11h30.

 

3MT ULisboa 2024

Quatro dos doze finalistas da competição ‘Três Minutos de Tese – Universidade de Lisboa’ são de CIÊNCIAS.

Pinguins-de-adélia

Num artigo agora publicado na Science, investigadores de instituições de renome a nível mundial propõem uma estratégia para envolver todas as partes interessadas na governança do Oceano Antártico através de um processo de ordenamento do espaço marinho (OEM) inteligente do ponto de vista climático.

Impressão artística da missão Euclides no espaço.

A 25 de maio (sábado), às 21h00, vamos ver e compreender as novas imagens de entre as maiores alguma vez feitas do Universo, no Grande Auditório de CIÊNCIAS (Edifício C3). A entrada é livre.

Redes Doutorais Marie Curie Projeto PROMOTE

CIÊNCIAS vai participar numa das propostas vencedoras do concurso 2023 das Redes Doutorais de Ações Marie Skłodowska-Curie (MSCA DN).

Foto de entrega de prémio aos vencedores

No âmbito do projeto Invasives e como atividade inserida na

Dia Nacional dos Cientistas - 16 de maio

O Dia Nacional dos Cientistas foi instituído em 2016 por Resolução da Assembleia da República com o objetivo de reconhecer e celebrar a contribuição vital dos cientistas para o progresso da sociedade.

CIÊNCIAS e OKEANOS em parceria para monitorizar biodiversidade e alterações dos ecossistemas marinhos

Projeto internacional SEAGHOSTS visa a monitorização e conservação das populações de painhos, as aves marinhas mais pequenas do planeta.

Reitoria da ULisboa

O CWUR 2024 avaliou de entre 20.966 instituições de ensino superior e atribuiu à ULisboa o 211.º lugar (top 1.1%) e a 80.ª posição no panorama europeu.

Páginas