Candidaturas

Programa Erasmus+ Estudos

Quem se pode candidatar

Estudantes regularmente inscritos na Faculdade de Ciências num curso conferente de grau (Licenciatura, Mestrado Integrado, Mestrado ou Doutoramento).

  • Estudantes de 1.º ciclo: a mobilidade Erasmus+ só é permitida a partir do 2.º ano aos estudantes que tenham concluído todas as unidades curriculares do 1.º ano (Licenciatura/Mestrado Integrado). 

  • Estudantes de 2.º e 3.º ciclo: os finalistas de Licenciatura e de Mestrado de Ciências que queiram realizar um período de estudos no 1.º ano de Mestrado ou Doutoramento, podem candidatar-se. Contudo, a candidatura fica condicionada à entrada em Mestrado/Doutoramento na FCUL e só poderão ir em Erasmus no 2.º semestre.

  • Estudantes interessados em realizar uma parte ou a totalidade da investigação conducente à tese ou dissertação, numa instituição de ensino superior ou organização estrangeira elegível, candidatam-se através da modalidade Estágio Erasmus. 

Condições de participação

Antes de se candidatar, leia com atenção as condições exigidas para realizar mobilidade de estudos Erasmus+ e obtenha resposta a algumas questões.

  • Só pode efetuar mobilidade numa instituição com a qual a Faculdade de Ciências estabeleceu um acordo institucional Erasmus - Consultar lista de países e universidades parceiras
  • A duração mínima da mobilidade é de 3 meses (90 dias) e a máxima de 12 meses.
  • Não pode realizar mais do que 12 meses de mobilidade no âmbito do ciclo de estudos que frequenta.
  • Os cursos de Mestrado Integrado contam como dois ciclos de estudo, sendo possível realizar 12 meses de mobilidade durante o 1.º ciclo, seguidos de um novo período de 12 meses de mobilidade no 2.º ciclo.
  • Ter concluído todas as unidades curriculares do 1º ano, se for aluno de Licenciatura ou Mestrado Integrado. 
  • Requisitos adicionais e específicos de alguns departamentos/cursos (cumulativos ao exigido nas condições gerais, ou seja, ter concluído todas as unidades curriculares do 1.º ano, se for aluno de Licenciatura ou Mestrado Integrado)
  • Licenciatura em Estatística Aplicada: ter aprovação às disciplinas de Cálculo III e Probabilidade e Aplicações do 1º semestre do 2º ano.
  • Licenciatura em Matemática Aplicada - Ramo de Estatística e Investigação Operacional: ter aprovação às disciplinas de Análise Matemática III e Probabilidade do 1º semestre do 2º ano.
  • Licenciatura em Matemática/Licenciatura em Matemática Aplicada (Ramo Aplicações Fundamentais): ter aprovação a pelos menos duas das disciplinas de Álgebra I, Análise Matemática III, Análise Numérica I, Probabilidade, do 1º semestre do 2º ano, sendo que uma das disciplinas com aprovação deverá ser Álgebra I ou Análise Matemática III.

Prazos e processo de candidatura

1 a 31 de dezembro (mobilidades a decorrer no 1.º Semestre e ou 2.º Semestre do ano letivo seguinte)

Aceder à conta de aluno em https://fenix.ciencias.ulisboa.pt/ e posteriormente aceder ao formulário de candidatura na secção “Candidato”.

Na candidatura online deverá indicar 4 instituições de ensino onde gostaria de realizar o seu período de estudos Erasmus, por ordem de preferência. Só pode escolher instituições do seu Departamento/Curso.

Critérios de seriação dos candidatos

  • Média aritmética ponderada pelos ECTS.
  • Nº de inscrições face ao ano de curso (ex: um aluno que se encontre no 3º ano, mas que já tenha feito 6 inscrições, ou seja, 3 a mais do que é normal, é-lhe retirada uma unidade na classificação).

Em caso de empate, tem prioridade o aluno que tiver o menor número de inscrições e realizado o maior número de ECTS.

Afixação de resultados

Os resultados das candidaturas são divulgados em março, pelo Gabinete de Mobilidade, via e-mail, após a avaliação das candidaturas.

Terá que aceitar ou declinar a vaga no prazo de uma semana. 
Se aceita a vaga que lhe foi atribuída começa a preparar a mobilidade com o apoio do Gabinete de Mobilidade e dos Coordenadores Erasmus Departamentais.

Em caso de cancelamento da mobilidade, informar de imediato o Gabinete de Mobilidade! Não se esqueça que a partir do momento em que aceita participar na mobilidade, está a ocupar uma vaga e possivelmente uma bolsa e tanto a Faculdade de Ciências como a universidade de acolhimento estão a trabalhar no seu processo e a contar consigo.

Preparar a mobilidade 

O Gabinete de Mobilidade mantê-lo-á informado dos procedimentos seguintes, bem como dos documentos a serem entregues de modo a completar o seu processo de mobilidade e a sua candidatura para a Universidade de acolhimento.
Agradecemos pois, que consulte regularmente o seu endereço de e-mail e que responda atempadamente às nossa solicitações. O bom andamento do processo também depende de si.

Guia para a mobilidade - Estudos

Direitos e Deveres do Estudante Erasmus+

Bolsas Erasmus+

A atribuição de uma bolsa financiada pelo Programa Erasmus+, aos alunos selecionados, depende da verba que é alocada, anualmente, à Faculdade de Ciências.
Os resultados de atribuição das bolsas serão divulgados pelo Gabinete de Mobilidade, quando estiver na posse dessa informação. Estas bolsas visam cobrir as despesas suplementares resultantes da diferença do custo de vida entre o país de origem e o país de destino e não a sua totalidade.

Valores de referência em vigor no ano de 2018/2019:

335€/mês (estudos) 435€/mês (estágio): Dinamarca, Irlanda, Finlândia, Suécia, Reino Unido, Liechtenstein, Luxemburgo, Noruega, Islândia.

285€/mês (estudos) 385€/mês (estágio): Alemanha, Bélgica, Grécia, Espanha, França, Itália, Áustria, Malta, Chipre, Holanda, Portugal. 

235€/mês (estudos) 335€/mês (estágio): Bulgária, Estónia, Letónia, Lituânia, Hungria, Polónia, Roménia, Eslovénia, Eslováquia, Macedónia, República Checa, Croácia, Sérvia, Turquia.

Estudantes bolseiros da ação social

No sentido de possibilitar uma igualdade de oportunidades, os Estudantes Bolseiros da Ação Social universitária têm direito a receber uma Bolsa Suplementar SAS por cada mês de mobilidade. Este complemento de bolsa é atribuído diretamente pelo Serviços de Ação Social (SAS) da DGES, sob comunicação da ULisboa. Os estudantes Erasmus que sejam bolseiros SAS, informam os Gabinetes de Relações Internacionais/Erasmus da sua Escola, para que lhes possa ser atribuída a bolsa suplementar.

As bolsas e os empréstimos nacionais a que tenhas direito (por exemplo, a bolsa dos Serviços de Ação Social da UL) não devem ser cancelados ou suspensos durante o período de mobilidade.

Estudantes com necessidades educativas especiais

Para garantir que as pessoas com necessidades especiais que precisam de apoio financeiro suplementar para participar no Erasmus+ possam tirar pleno partido das oportunidades de mobilidade do programa, o Erasmus+ consagra uma atenção especial à orientação e ao acolhimento destas pessoas, à acessibilidade física das instalações, aos serviços de ajuda pedagógica e de apoio técnico e, em especial, ao financiamento dos custos adicionais. Mais informações aqui.

Gabinete de apoio em Ciências

Área de Mobilidade e Apoio ao Aluno
Edif. C4, sala 4.1.15
Campo Grande 1749-016 - Lisboa
Tel.: (+351) 217 500 443
E-mail: internacional@ciencias.ulisboa.pt

Horário de atendimento presencial
2.ª a 6.ª: 10h00 às 12h30
2.ª, 3.ª e 5.ª: 14h00 às 16h00