Candidaturas

Estudos ano letivo 2021-2022

Informação aos estudantes admitidos a período de estudos em 2021/2022
Learning Agreement for Studies
Declaração de estada

----------------------------------------------------------------------------------

Programa Erasmus+ Estudos
Ano letivo 2022-2023

Quem se pode candidatar

Estudantes regularmente inscritos na Faculdade de Ciências da ULisboa, num curso conferente de grau (Licenciatura, Mestrado ou Doutoramento), no ano letivo da candidatura.

Condições de participação

Antes de se candidatar leia com atenção as condições exigidas para realizar mobilidade de estudos Erasmus+:

  • Estudantes de 1.º ciclo (Licenciatura): só podem participar no Programa os estudantes que já tenham concluído todas as unidades curriculares de 1.º ano. Esta condição deve estar preenchida até à conclusão da avaliação de conhecimentos relativa ao 1.º semestre do ano letivo em que é realizada a candidatura.

  • Estudantes de 2.º ciclo (Mestrado):  podem participar no Programa, no 1.º ano de Mestrado, os estudantes que se candidatam enquanto alunos finalistas em Ciências. Contudo, a candidatura fica condicionada à entrada em Mestrado, em Ciências, no ano letivo seguinte e só é permitida a realização de Erasmus no 2.º semestre desse ano letivo. Os estudantes já inscritos em Mestrado, no ano letivo da candidatura, podem realizar Erasmus logo a partir do 1.º semestre do ano letivo seguinte.

  • Estudantes de 3.º ciclo (Doutoramento): podem participar no Programa, no 1.º ano de Doutoramento, os estudantes que se candidatam enquanto alunos finalistas em Ciências. Contudo, a candidatura fica condicionada à entrada em Doutoramento, em Ciências, no ano letivo seguinte e só é permitida a realização de Erasmus no 2.º semestre desse ano letivo. Os estudantes já inscritos em Doutoramento, no ano letivo da candidatura, podem realizar Erasmus logo a partir do 1.º semestre do ano letivo seguinte.

  • Estudantes interessados em realizar uma parte ou a totalidade da investigação conducente à tese ou dissertação, numa instituição de ensino superior ou organização estrangeira elegível, candidatam-se através da modalidade Estágio Erasmus
  • A duração mínima da mobilidade é de 3 meses (90 dias) e a máxima de 12 meses.
  • Não pode realizar mais do que 12 meses de mobilidade no âmbito do ciclo de estudos que frequenta.
  • ​É recomendado que o plano de estudos a realizar na instituição de acolhimento corresponda a semestres completos (30 ECTS em cada semestre). Mobilidades com menos de 18 ECTS por semestre não serão aprovadas.

Prazos e processo de candidatura

Fase única de candidaturas - 1 a 31 de dezembro (mobilidades a decorrer no 1.º Semestre e ou 2.º Semestre do ano letivo seguinte)

Candidaturas fora de prazo não serão aceites.

Aceder à conta de aluno em https://fenix.ciencias.ulisboa.pt/ 

  • Na secção “Candidato” escolher Candidatura “Erasmus Outgoing”
  • Escolher Mobilidade de Estudos

Na candidatura online deverá indicar 4 instituições onde gostaria de realizar o seu período de estudos Erasmus, por ordem de preferência, de entre as opções disponíveis para o seu Departamento/Curso.

De modo a preparar devidamente a sua candidatura deverá responder a estas questões:

  • A quantos ECTS prevê inscrever-se em Ciências no(s) semestre(s) da mobilidade? ​
    É recomendado que o plano de estudos a realizar na instituição de acolhimento corresponda a semestres completos (30 ECTS em cada semestre). Mobilidades com menos de 18 ECTS por semestre não serão aprovadas.
  • A instituição de acolhimento tem uma oferta de cadeiras compatível com as unidades curriculares que prevê realizar em Ciências?
  • Qual é a língua de ensino na instituição de acolhimento para as cadeiras que gostaria de frequentar?
  • Qual é o nível de conhecimentos linguísticos exigido pela instituição de acolhimento (ex. B1, B2, C1)?
    Muitas instituições exigem conhecimentos de inglês de nível B2 ou C1 (certificados) quando é esta a língua de ensino. Ter conhecimentos da língua materna do país pode ser também uma das exigências, principalmente a nível de 1.º ciclo e se for essa a língua de ensino.
  • Possui os conhecimentos linguísticos e o nível exigido pela instituição de acolhimento (ex. B1, B2, C1)?

Caso não preencha os requisitos exigidos pela Instituição, deverá ponderar escolher outra opção.

Critérios de seriação dos candidatos

  • Média aritmética ponderada pelos ECTS.
  • Nº de inscrições face ao ano de curso (ex: um aluno que se encontre no 3º ano, mas que já tenha feito 6 inscrições, ou seja, 3 a mais do que é normal, é-lhe retirada uma unidade na classificação).

Em caso de empate, tem prioridade o aluno que tiver o menor número de inscrições e realizado o maior número de ECTS.

Afixação de resultados

Os resultados das candidaturas são divulgados em março, pelo Gabinete de Mobilidade, via e-mail, após a avaliação das candidaturas. Esta avaliação é feita pelo Gabinete de Mobilidade, em conjunto com os Coordenadores Erasmus Departamentais (após a conclusão da avaliação de conhecimentos relativa ao 1.º semestre do ano letivo em que é realizada a candidatura).

Terá que aceitar ou declinar a vaga no prazo de uma semana. 
Se aceita a vaga que lhe foi atribuída começa a preparar a mobilidade com o apoio do Gabinete de Mobilidade e dos Coordenadores Erasmus Departamentais.

O Gabinete de Mobilidade mantê-lo-á informado dos procedimentos seguintes, bem como dos documentos a serem entregues de modo a completar o seu processo de mobilidade.

Em caso de desistência, deverá informar de imediato o Gabinete de Mobilidade! Não se esqueça que a partir do momento em que aceita participar na mobilidade, está a ocupar uma vaga e possivelmente uma bolsa e tanto a Faculdade de Ciências como a universidade de acolhimento estão a trabalhar no seu processo e a contar consigo.

Bolsas Erasmus+

| O aluno cuja candidatura é aprovada é automaticamente candidato a uma bolsa Erasmus+.  

| No entanto, ser selecionado para uma mobilidade Erasmus+ não garante que irá receber uma bolsa de mobilidade. A atribuição da bolsa depende da verba que é alocada, anualmente, à Faculdade de Ciências. Existe maior possibilidade de financiamento total da mobilidade se a mesma tiver apenas a duração de 1 semestre.

| A mobilidade Erasmus pode decorrer sem a atribuição de financiamento comunitário, ou seja, com “bolsa zero”, sendo que o estudante beneficia de todas as condições e direitos de participação no Programa (não pagamento de propinas na Instituição de acolhimento, acesso aos serviços da mesma durante o período de mobilidade Erasmus).

| No sentido de possibilitar uma igualdade de oportunidades, os Estudantes Bolseiros da Ação Social universitária têm direito a receber uma Bolsa Suplementar SAS por cada mês de mobilidade. Este complemento de bolsa é atribuído diretamente pelo Serviços de Ação Social (SAS) da DGES, sob comunicação da ULisboa. 

| As bolsas serão atribuídas de acordo com o valor do país de destino e para um número definido de dias de mobilidade, que pode corresponder à totalidade do período de mobilidade ou combinado com um número adicional de dias a “bolsa zero” (sem financiamento).

Os resultados de atribuição das bolsas serão divulgados pelo Gabinete de Mobilidade, quando estiver na posse dessa informação. 

Valores de referência em vigor no ano de 2021/2022:

390€/mês (estudos) 490€/mês (estágio): Dinamarca, Irlanda, Finlândia, Suécia, Reino Unido, Liechtenstein, Luxemburgo, Noruega, Islândia.

340€/mês (estudos) 440€/mês (estágio): Alemanha, Bélgica, Grécia, Espanha, França, Itália, Áustria, Malta, Chipre, Holanda, Portugal. 

290€/mês (estudos) 390€/mês (estágio): Bulgária, Estónia, Letónia, Lituânia, Hungria, Polónia, Roménia, Eslovénia, Eslováquia, Macedónia, República Checa, Croácia, Sérvia, Turquia.

Estudantes com necessidades educativas especiais

Para garantir que as pessoas com necessidades especiais que precisam de apoio financeiro suplementar para participar no Erasmus+ possam tirar pleno partido das oportunidades de mobilidade do programa, o Erasmus+ consagra uma atenção especial à orientação e ao acolhimento destas pessoas, à acessibilidade física das instalações, aos serviços de ajuda pedagógica e de apoio técnico e, em especial, ao financiamento dos custos adicionais. Mais informações aqui.

Preparação Linguística

A ULisboa desenvolve uma política de preparação dos seus estudantes participantes no Programa Erasmus+, oferecendo-lhes, entre outras possibilidades, a oportunidade de frequentar um curso de uma das seguintes línguas: Alemão, Francês ou Italiano, no semestre antecedente à sua mobilidade.
 próprio Programa Erasmus+, através do Online Linguistic Support (OLS) disponibiliza cursos de língua online, para quem quiser melhorar as suas competências, durante a estadia.

A maioria das Universidades estrangeiras proporciona cursos de preparação linguística durante ou mesmo antes do período de estudos ter início.

Preparar a viagem e a estadia

É da responsabilidade do aluno procurar e garantir que tem alojamento no local de acolhimento e organizar a viagem (compete à instituição de acolhimento disponibilizar e informar os alunos de procedimentos inerentes à chegada, registo na universidade e estadia, incluindo eventuais opções de alojamento). Muitas universidades oferecem opções de alojamento em Residências Universitárias ou serviços de apoio à procura de casa.
Consultar a informação disponível na página web da Universidade de acolhimento; pedir ajuda a colegas que já tenham estudado nessa Universidade (alunos da FCUL ou alunos Erasmus estrangeiros presentemente a estudar na FCUL); solicitar informação diretamente à instituição de acolhimento.

links úteis:

http://www.esn.org/
http://www.erasmusu.com/

The Erasmus+ Student and Alumni Association (ESAA)  

Gabinete de apoio em Ciências

Área de Mobilidade e Apoio ao Aluno
Edif. C4, sala 4.1.15
Campo Grande 1749-016 - Lisboa
Tel.: (+351) 217 500 443
E-mail: internacional@ciencias.ulisboa.pt
 

Horário de atendimento presencial

COVID-19 | Retoma gradual de atividades presenciais em Ciências ULisboa

Saiba como proceder em https://ciencias.ulisboa.pt/pt/horarios-de-atendimento-covid