Smart Farm 4.0

Logótipo do projeto, sobre uma imagem relacionada com agricultura

Smart Farm 4.0: um projeto nacional para desenvolver soluções inteligentes na agricultura

O projeto “Smart Farm 4.0: soluções inteligentes para uma agricultura sustentável, preditiva e autónoma”, é um projeto que resulta de um esforço colaborativo entre 16 parceiros para alavancar a transferência para o mercado de novas soluções que visam otimizar a utilização dos recursos, a sustentabilidade e a resiliência dos sistemas agrícolas e a sua rentabilidade e valor acrescentado.

Este projeto, cofinanciado pelos FEEI, através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização e do Programa Operacional Regional de Lisboa, pretende contribuir de forma decisiva para a transição e democratização de uma agricultura inteligente, mais sustentável, preditiva e autónoma de forma a maximizar o valor acrescentado de produtos nacionais de horticultura, fruticultura e viticultura, com enfase na região Oeste de Portugal. Na prática estas entidades pretendem conceber e desenvolver soluções inovadoras e acessíveis tendo por base a indústria 4.0 (internet das coisas - IoT, inteligência artificial, big data, sistemas ciber físicos, robots autónomos) para a aplicação ao setor agrícola.

Liderado pela Tomix e coordenado pelo Smart Farm Colab, o consórcio conta com universidades, laboratório de Estado, entidades de inovação e desenvolvimento tecnológico e entidades da produção agrícola. As entidades que integram este consórcio são:

  • Tomix – Indústria de Equipamentos Agrícolas e Industriais

  • Smart Farm Colab – Laboratório Colaborativo para a Inovação Digital na Agricultura

  • Adega Cooperativa de São Mamede da Ventosa

  • Impactwave

  • SGS Portugal – Sociedade Geral de Superintendência

  • Flowake

  • Associação para a Valorização Agrária – AVA

  • Universidade Nova de Lisboa

  • Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária

  • Instituto Politécnico de Leiria

  • Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional (COTHN)

  • Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa

  • ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa

  • Quinta do Pinto – Sociedade Comercial e Agrícola

  • Luís Vicente

  • INESC TEC – Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência

 

Membros do projeto: Anabela Bernardes da Silva, Ana Reis, Ana Tenreiro, Andreia Figueiredo, Célia Miguel, Cristina Cruz, Cristina Máguas, Helena Trindade, Jorge Maia Alves, Jorge Silva, Lélia Chambel​, Luís Carvalho, Luis Catarino, Margarida Fortes, Octávio Paulo, Patrícia Correia, Ricardo Dias, Rogério Tenreiro, Rui Malhó, Rute Amaro, Sara Magalhães.

 

Para mais informações, contactar sustentabilidade@ciencias.ulisboa.pt..