Opinião

HortaFCUL em 2017/2018

Ação sem visão é uma desilusão. Visão sem ação é uma ilusão

HortaFCUL

O relatório de atividades está disponível no site da HortaFCUL

ACI Ciências ULisboa
Guardiões HortaFCUL
Guardiões da HortaFCUL
Fonte HortaFCUL

A HortaFCUL decidiu celebrar as conquistas alcançadas com o projeto através da produção de um relatório de atividades, tendo como base indicadores e métricas objetivas sempre que possível. Gostaríamos de partilhar com a comunidade alguns números.

A HortaFCUL é um projeto que investe sobretudo na sua dimensão social, pois considera que é a matriz vital da sua cultura, que suporta a componente económica e ambiental do projeto. Assim, importa começar por falar em pessoas.

No último ano a HortaFCUL foi suportada por 21 guardiões ativos, que reuniram 42 vezes para sonhar, planear e celebrar o projeto. Realizaram-se 45 quartas-feiras de trabalho “Mãos na Terra”, tendo tido uma média de nove voluntários por dia, o que equivale a 1.620 horas de trabalho voluntário na e para a Faculdade.

Ciclo Orgânico

Composto – processados 40 m3 de resíduos de jardim, tendo resultado em cerca de 11,2 toneladas de composto fino.
Vermicomposto – projeto piloto processou 1.3m3 de material orgânico alimentar dando origem a cerca de 900kg de composto de elevada qualidade.
Terra de laboratório – foram reutilizados cerca de 12.960 litros de terras de laboratório.

Ciclo da Água

Chuva – foram capturados e armazenados cerca de 42 metros cúbicos de água da chuva.
Paisagem de Retenção - toda a água da chuva que caiu na área de intervenção foi retida, infiltrada ou evaporada, não tendo havido escorrências para o sistema de drenagem.
Sistemas de Rega - 90% dos canteiros da HortaFCUL têm agora sistemas de rega gota a gota com regulação de caudal automatizados e otimizados, perfazendo um total de 490m de tubo.

Ciclo Biológico

Plantas - a horta de 150m2, com agora nove anos conta com 89 espécies e o PermaLab de 1500m2, com pouco mais de um ano, com 94 espécies.
Carbono Sequestrado - 12,7 t de carbono foram sequestrados só no PermaLab.
Sopa – Foram produzidos 213 litros de sopa e chá, exclusivamente com produtos semeados ou plantados nos espaços HortaFCUL.

A aprendizagem permanente afirma-se através de aprender fazendo e da investigação ação. Por outras palavras, as pessoas envolvidas gostam de planear e refletir sobre o que fazem, sem nunca perderem o sentido prático do projeto e o impacto que ambicionamos ter na Terra.

Para os outros indicadores não menos importantes como experiências científicas realizadas, projetos desenvolvidos, tecnologia aplicada, atividades de outreach, palestras e colaboração com escolas, basta ler o relatório!

Que venha mais um ciclo e que a comunidade continue cada vez mais envolvida na sustentabilidade do campus!

Nota da redação: Os Guardiões da HortaFCUL responsáveis por este artigo são Ana Catarina Narciso, Anna Grassi, António Lages, David Avelar, Diogo Mendes, Florian ulm, Gil Penha-Lopes, Guilherme Weishar, Jan Frederic, Julio Teixeira, Manuel Botelho, Maria Cardoso, Maria Nunez, Matias MG, Miguel Resende, Miguel Ribeiro, Pedro Farrancha,Pedro Rosa, Renata Reynaud, Rosa Val do Rio e Tiago Dias.

Guardiões HortaFCUL
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas